quinta-feira, 12 de maio de 2011

Mesa para um Dia da Mãe



A Mesa para o Dia da Mãe foi uma mesa simples. Sem toalha, apenas um chemin longo que atravessava a mesa. Mais uma vez, foram os tons da ementa impressa a dar o mote: o vermelho dos corações transbordou para o apontamento de cor dos copos e das flores. Uma mesa posta no mundo real que me fez recordar pessoas deste mundo virtual que estão cada vez mais presentes nos meus dias. Quando escolhi as duas taças da Kosta Boda  - a branca e a cinzenta - para alegrar a mesa, pensei na Fa, que as elogiou noutra utilização e fez o voto de as ver mais vezes nas minhas mesas. Ao escolher flores frescas para esse dias, recordei-me da Mar, que usa frequentemente elementos naturais à mesa. O resto compôs-se naturalmente, numa mesa de linhas depuradas e que juntou uma vez mais a família, num dia de Festa!...

7 comentários:

Fa disse...

Olá, Babette

Antes mesmo de ler o texto as taças já tinham chamado a minha atenção (de novo). Obrigada pelo simbolismo da mistura entre Mar e Fa no centro de mesa.

Desejo-lhe uma boa quinta-feira

bjs

Anónimo disse...

atrevo-me a dizer
"mas que rica babettice"

Mar disse...

Uma forma tão bonita de estar à tua mesa. De me sentir incluída. Enquanto tua amiga e enquanto mãe. E sim, como a Fa disse: uma mistura entre a Mar e a Fa:) Na mesa das mães.

Um beijo pela lembrança. Obrigada.

Mar

Susana disse...

Uma mesa bem bonita. Este ano a minha filhota ainda não "ajudou" na mesa pois nasceu em Janeiro. Mas uma mesa assim é uma bonita contribuição para o dia ter ficado ainda mais expecial.
Parabéns.
Bj ;)

SarinhaT - No Conforto da Minha Cozinha... disse...

Que linda mesa.

Anónimo disse...

que mesa requintada babette!
tal como nos tens habituado!

Mar disse...

O blogger trocou-nos as voltas e apagou os nossos comentários a propósito da mesa do dia das mães. Esta em particular, porque as flores frescas te fizeram pensar em mim. E eu gostei muito de ser associada a flores frescas.

Um beijo com carinho para a minha amiga Babette.

Mar