segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

Quase no Fim do Verão




Receber amigos quase no fim do Verão, é ter uvas e figos à mesa. É misturar cores frescas e outonais. É já querer pensar numa sopa quente ou em pratos de forno reconfortantes. À sobremesa, o gengibre de Verão, a canela de Outono e pêras guardadas em frascos doces. Uma ementa saborosa a pensar nos últimos raios de Sol do fim do Verão...

sexta-feira, 12 de Setembro de 2014

A pensar no Mar






Estava a pensar no mar. No bom que é viver numa cidade com mar. Bastam dois passos e estamos lá. No mar confidente, revolto ou contemplativo. No mar que desbravámos com toda a coragem e que aprendemos a respeitar. Pensava nisso enquanto preparava o jantar. E a inspiração para a mesa desse dia teve de ser o azul do mar, motivos náuticos e cheiro a maresia...






quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Baixa Burger



A Baixa do Porto está num frenesim só! Uma explosão de sítios para petiscos, sabores vários de outras culturas. Literalmente várias opções em cada esquina. Recentemente experimentei os sabores da Baixa Burger. Um espaço agradável, cheio de lousas,  tábuas em madeira e bons hamburgers para almoços de dias ligeiros. Gostei!




segunda-feira, 8 de Setembro de 2014

Salada de Manga e Camarão



Tem sido uma das saladas deste Verão. É uma combinação bastante esperada, eu sei, mas ainda assim sempre deliciosa. Manga e Camarão. As misturas de alfaces que quisermos, com ou sem tomate, e um bom vinagrete no final. Não é preciso mais nada!...

Ingredientes

alface
camarões cozidos
1 manga
sal, azeite e vinagre

Preparação

Lavar bem a alface, descascar a manga e cortá-la em cubinhos. Descascar também o camarões, que se devem reservar inteiros. Nos pratos de servir, dispor as folhas de alface e colocar os cubinhos de manga e os camarões, a gosto. Temperar com sal, azeite e vinagre. Acompanhar com pão de cereais tostado e um bom vinho branco bem fresquinho.

Bom Apetite!



sexta-feira, 5 de Setembro de 2014

Doce de Pêssego com Cascas de Limão



Os pêssegos chegaram de uma só vez. Estavam maduros e não havia forma de os comer todos ao natural. Por isso os doces. Para mais tarde lembrar um fim de tarde de Verão, em volta de tachos e panelas, a cheirar a pêssego, a canela e a limão... Para além do já habitual Doce de Pêssego com Vinho do Porto e Canela, duas receitas novas: Doce de Pêssego com Moscatel e Cardamomo (em breve!) e Doce de Pêssego com Casca de Limão. Este último passou a ser o meu doce de pêssego favorito. Gostei especialmente do travo ácido do limão e da junção das cascas, que conferem ao doce um sabor ainda mais cítrico e uma textura muito especial. Aprovadíssimo!...

Ingredientes

1 Kg de pêssegos
500 gr de açúcar amarelo
2 limões
água

Preparação

Tirar a casca aos limões e cortá-la em palitos muito finos. Levar uma panelinha ao lume com as cascas e um pouco de água. Deixar ferver por 2 ou 3 minutos, escorrer a água e reservar. Descascar os pêssegos e cortá-los em cubinhos. Juntar o açúcar, o sumo dos dois limões e as cascas reservadas e deixar macerar por 30 minutos. Levar então ao lume, por 35 a 40 minutos, mexendo de vez em quando até que o doce tenha atingido a consistência desejada (colocar um pouco do doce num prato raso: com uma colher traçar um sulco; se esse sulco se mantiver, ou seja, se ficar uma "estrada" no doce, está obtido o ponto). Colocar o doce, ainda quente, em frasquinhos previamente esterilizados. 

Bom Apetite!



quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Mil Folhas de Beringela com Ragú de Vitela


Inspirada pelos sabores de Itália, um jantar leve mas delicioso... Beringelas, que eu tanto gosto, um molho de carne bem saboroso e um pouco de queijo a unir os sabores. Uma refeição que me soube mesmo bem, com pão e vinho tinto a acompanhar...

Ingredientes

400 gr de vitela da rabadilha picada
1/4 de um bom chouriço de carne também picado
1 cebola
1 dente de alho
1/2 tomate fresco
4 colheres de sopa bem cheias de polpa de tomate
1 gole de vinho branco
1 cenoura pequena
azeite, sal, pimenta, noz-moscada, louro moído
2 beringelas

queijo pecorino ralado

Preparação

Lavar as beringelas e cortá-las em rodelas bem finas. Temperar com um pouco de sal e reservar. Refogar a cebola e o alho picados num pouco de azeite por uns minutos. Juntar o tomate picado, a cenoura às rodelas e a polpa de tomate e cozinhar mais uns minutos. Temperar com louro moído, um pouco de sal, de pimenta e de noz-moscada. Refrescar com um gole de vinho branco. Triturar o molho com a varinha mágica. Adicionar a carne picada com o chouriço, deitando mais um pouquinho de sal, e deixar cozinhar em lume médio por 40 a 45 minutos. Rectificar os temperos, se necessário. Reservar. Grelhar as fatias de beringela num pouquinho de azeite, mais ou menos 2 minutos de cada lado. Dispor num prato fatias finas de beringela, intercalando com um pouco do recheio de carne. Repetir as camadas de beringela e carne, a gosto. Polvilhar com queijo ralado e um fio de azeite e servir de imediato.


Bom Apetite! 



segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Escaroupim




Um sítio mesmo de registar. Em Salvaterra de Magos, junto ao rio, um misto de vila piscatória e paisagem quase de África. Comida muito boa. Naquela base de comida de casa, com sabores bem temperados e sorrisos a servir. Tarte de caça, cogumelos gratinados, janquizinhos com arroz de tomate e linguadinhos com arroz de feijão.Tudo servido de forma irrepreensível e muito, muito saboroso!...