segunda-feira, 13 de junho de 2011

E A'Mar acontece


Foi imediata a empatia quando, por acaso, como aqui já o descrevi, me cruzei na vida com a Mar.  Foi muito natural entrarmos na vida uma da outra. Com muita naturalidade, muitas sintonias, muitos mimos e muita atenção. Como se querem as amizades. Ainda é recente, nós sabemos, mas é muito cheia e intensa, a nossa amizade. Por isso foi muito natural receber a Mar e a sua família aqui em casa. Muito ansiada, até. Preparada a pensar em coisas de que a Mar gosta. Ervilhas. Pato. Esparregado. Maracujá. O último pedacinho de chutney de pimentos com maçã. Coisas d'amar para a Mar. E foi a primeira vez que os nossos rapazes se encontraram. Os grandes e os pequenos. Superou as expectativas: muita conversa entre os crescidos e brincadeiras cúmplices dos 3 mais pequenos. Um almoço prazeiroso e uma tarde longa que soube a amizade. Grata pela Mar. Grata pelas coisas boas que uma amizade pode trazer. Um sábado feliz porque, afinal de contas, a'Mar acontece...



Tartelettes de Ervilhas com Chèvre
Magret de Pato Caramelizado com Vinho do Porto e Uvas
Bolo de Maracujá

7 comentários:

turistaocasional disse...

Óptima novidade, descobrir aqui que já recebeste em tua casa a Mar, com um almoço preparado com todo o cuidado, carinho e atenção, como a vossa amizade assim o merecia.

Uma ementa com uma apresentação muito bonita e com um conteúdo muito apelativo.

As fotos também deixam espreitar um pouco, ainda que muito pouco, da mesa, da qual sobressaem cores neutras como o branco ou creme, e decorações com predominâncias da cor do estanho. Tal deve ter feito as delícias da Mar, já que nas suas mesas também predominam normalmente essas cores.

Beijinhos e bom início de semana (a minha começa com mais um dia feriado, e não estou em Lisboa ;-))

Fa disse...

Olá Babette,

Imagino o desafio que foi pensar numa ementa e numa decoração de mesa dedicadas à Mar. Momentos de descoberta, mas também de cumplicidade que importa registar na memória.

Um grande beijo

Fa

Mar disse...

Uma aula às nove da manhã não permitiu que pudesse deixar um comentário logo cedo. Porque é muito importante registar o meu afecto. Todos os dias. Mas muito especialmente hoje.
Recebeste-nos de muitas maneiras lindas. Coisas de mesa. De comida. Dos detalhes que são inevitáveis em ti. Mas o melhor. O mais bonito. O teu acolhimento. Cheio de carinho. Para mim. E para os meus dois homens. Que gostaram muito de vos conhecer. Um dia para guardar. A primeira vez que provei comida feita por ti. E era como pressentia: aromática, delicada. Queria dizer obrigada, sabes? Mesmo sabendo que não se consegue dizer tudo. Ainda assim, registar a minha gratidão. E dizer que estou a pensar numa mesa para ti. E para os teus. E que isso me faz feliz.

Um beijo de bom dia. De boa semana. Para a minha amiga Babette.

Mar

Ilídia disse...

Pude perceber, pelo post que li no Coisas d'Amar e, agora, pelo comentário da Mar, que o almoço foi um sucesso. Fico feliz. Percebe-se a dedicação com que pensou em todos os pormenores. Um beijo para as duas. Ilídia

Ana disse...

Ementa com um conteúdo muito apelativo.
Muito bonita essa amizade.
Falta mais fotos da mesa.
Beijinhos.

Babette disse...

Turista, Ilídia e Ana:
Foi realmente um sábado memorável! E amanhã poderão vir aqui espreitar a mesa...e depois as receitas...a cedência do costume!

Fa:
Foi realmente uma ementa e mesa pensados com especial cuidado. Mas estava tão, tão feliz por receber a Mar, que esse sentimento se sobrepôs ao nervosismo. Foi muito natural, sabe? Pessoas reais, como diz a Mar. E sabe que a Mar ainda me ajudou a arrumar a cozinha? No alto dos seus saltos? Tudo com muita espontaneidade. Foi muito bom...

Mar:
Muito grata também pelas palavras. E por seres minha amiga. As palavras não chegam, de facto. Mas ficam estes registos. Estas memórias. E o 11 de Junho. Como o dia em que todos passámos a ter rostos. Com direito a abraços ;)
Babette

M. disse...

Que rica ementa! E que deliciosa amizade!!!
Beijinhos, boa semana!
Madalena