terça-feira, 14 de junho de 2011

Mesa para A'Mar





Tal como a ementa, também a mesa foi pensada para receber a Mar com as coisas de que gosta. Tons sóbrios e flores eram imperativos. A base foi dada por uma toalha cinza rato da Casa Alvarinho, com um chemin de linho crú e guardanapos brancos da mesma Casa. Marcadores da Area, pratos ladeiros da Bordalo Pinheiro e pratos de sobremesa da SPAL. Faqueiro das Continhas da Topázio e uma mistura de copos: flûtes da casa da avó do Z., copo de água da Leonardo e cálices de licor da Atlantis. Chávenas de café da Vista Alegre. No centro, flores brancas, um bule de outros tempos e um açucareiro em forma de maçã.  Uma composição a pensar nos bons momentos que seriam passados em torno da mesa. A Babette e a Mar...





15 comentários:

turistaocasional disse...

Uma mesa muito bonita, sem sombra para duvidas. Mas aqui isso já não é uma novidade, antes uma certeza.
Uma mesa que revelou como sempre tudo ter sido pensado ao pormenor, cheio de carinho e cuidado como a ocasião também te pedia.

Uma curiosidade, afinal alem do serviço da Vista Alegre Samatra, tens chávenas de Café da colecção Anna. E por falar em porcelanas hoje pelo meu blog também se encontram peças de porcelana, mas que jamais conseguiriam compor um serviço.

luarte disse...

Linda a vossa amizade e o vosso encontro. Linda a mesa :)

Guidinha disse...

A mesa está lindissima... Aliás como todas as mesas que decoras. O que se faz com dedicação, carinho e amor fica sempre muito bonito.

Conceição Pimentel e Elizabete Pimentel disse...

Olá amiga

eu adoro o requinte, gosto muito de ver decoração e esta sua mesa ficom fenomenal

bjs

http://pimentinhasnacozinha.blogspot.com/

Ana disse...

Adoro as suas mesas, tudo pensado ao pormenor, com muito requinte.
Beijinhos.

Mar disse...

A mesa do nosso almoço. Branca e sóbria. Com copos diferentes. Para o lemoncello que acompanhou o bolo de maracujá. Lembro-me das texturas e das cores. Associadas aos sabores que são de nunca esquecer. As flores muito juntas. A serem uma composição poética. Compradas de manhã cedo, pela Babette. Qual Mrs. Dalloway:)
Muito carinho e gratidão pela tua mesa, minha amiga. Que fizeste coisas lindas que me fizeram feliz. Espero corresponder.

Um beijo num dia de sol. Da tua amiga Mar.

Mar disse...

A propósito...já sabes como se chamam as flores que estão junto aos cravos? Muito campestres, as flores sem nome.

Mais um beijo.

Mar

Atitude Zen disse...

Olá,
Que mesa super requintada!
Adorei. Bela sugestão :)
Passe na minha cozinha (www.atitudezen.com) para tomar um chá :)
Beijinho

Betis
http://www.atitudezen.com

Babette disse...

Turista:
Sim. Tenho o serviço de café do Anna. Mas só esse. E tenho pelas razões mais óbvias...como poderás deduzir facilmente!

Mar:
Foi tudo muito natural. A combinar contigo, sobretudo. Obrigada eu pela tua presença na minha vida. E ainda não sei o nome das flores. Talvez a Emília saiba, não achas? Ou a Fa, quem sabe...

Às outras meninas:
Muito obrigada pelos comentários. Coisas daqui e dali, misturadas sempre de maneira diferente, só isso.

Babette

Ilídia disse...

Uma mesa para a Mar. Pensada por quem já a conhece. Branca, sóbria, depurada, com objetos com história. Parabéns, Babette. Está lindíssima. Gostei especialmente do bule "de outros tempos" e das flores brancas. Que a vossa amizade perdure e que haja muitas mais mesas.Um beijo para as duas.

Babette disse...

Obrigada, Ilídia. Sim. Haverá mais mesas. Com toda a certeza. O bule antigo é de família e foi a inspiração do momento. A pensar na minha Mar. Que ia gostar.
Um beijo para si.
Babette

Sérgio Gomes disse...

Uma mesa linda como sempre!

Beijos.

guida c disse...

Muito bonita a sua mesa.
Curiosamente na mesma noite, no jantar cá de casa, usei pratos iguais. E embora não tenha usado nesta ocasião, também tenho os copos Leonard e as flutes (de herança). Coisas da globalização e do gosto individual, claro!

Babette disse...

Sérgio:
obrigada!...

Guida:
Que engraçado essa coincidência. Também gostei muito de espreitar o seu jantar indiano e de ver que bem ficaram lá os "nossos" pratos

Babette

Bergamo disse...

A Mar com lindos e delicados textos, e Babette com lindas e preciosas mesas.
Abraços,
Bergamo