terça-feira, 28 de junho de 2011

S. João




É a Festa do Porto, por excelência. Uma Festa democrática, de todos. Vivida por toda a cidade, na rua, em festas e bailaricos. Com martelinhos e alho porro. Sardinhas e Fogueiras de S. João. E balões S. Joaninos, os meus preferidos... A cidade de granito que é por norma solene e austera, fica nessa noite mais leve e descontraída. E o nosso, em particular, foi um S. João tão bom.... Tripeiro, caseiro, com caldo verde e sardinhas. Lançámos balões de S. João e, como em todos os anos, pedimos um desejo quando vimos o primeiro balão lá no alto, um ritual de fertilidade e de adoração ao sol. Os meninos ficaram eufóricos a ver os seus balões a conquistar o céu: "o meu já está em Lisboa" ... "o meu está a chegar à Lua"...







11 comentários:

Massapão & Companhia disse...

Nasci no Porto e na véspera de São João,não poderia ser indiferente à magia da festa que nessa noite "ressuscita" minha sombria cidade natal. No entanto dispenso sempre a rua e os martelinhos à minha popularucha mana - confesso que sou fã da tua versão: tripeira, caseira.
Hoje em dia, longe do Porto, o meu hobbie mantém-me perto da tradição. Recentemente publiquei um trabalho feito há 1 ano e o meu serão de hoje será uma decoração alusiva a São Pedro - por isso estou neste momento na net, em busca de inspiração.
Se tiveres curiosidade está atenta ao blog próximos dias...
Beijinhos!

SarinhaT - No Conforto da Minha Cozinha... disse...

Aiiiiiiiiiiiii que maravilha... ficou mesmo muito bem. Bjs

Moni disse...

Babette S. João é no Porto e mais nada :) Adoro a magia desta noite.

Beijinho

turistaocasional disse...

Pois, S. Joao é no Porto, o que é sinónimo de este ano não ter vivido essa noite como o fazia outrora (embora sempre tenha dispensado as sardinhas em favor das fêveras na brasa).

Eu era fã de acompanhar a "popularucha" mana da autora do Massapao & Companhia.

Aqui nem a couve para o caldo verde existe :-(

Beijinhos

turistaocasional disse...

Ah!!!! esqueci-me de dizer que o teu enfeite de S. João das cores do Arco-iris, por cá é mais frequente encontrar no S. Martinho, mas seguro por uma vara, iluminado por uma vela, e nas mãos de uma criança, durante uma procissão de lanternas.

Gisela disse...

Nunca passei o São João no Porto, mas acredito ser uma festa bem divertida. E com sardinhas a acompanhar que eu gosto tanto.
Um beijinho

Anónimo disse...

que espectáculo!

Lume Brando disse...

O São João traz-me recordações tão boas! E também costumamos festejar a preceito, com fogo de artifício e balões, em casa de uma prima que faz anos na véspera, mas este ano faltámos à festa. O Douro das vinhas falou mais alto!
Gostei do manjerico de papel ;-)
Bjs
Teresa

Ilídia disse...

Penso que a seguir ao São João do Porto, o mais festejado do país seja o terceirense. Temos uma semana de festa e a noite de São João é o ponto alto. Cá, a noite é festejada com marchas de S. João, seguidas de bailaricos, fogueiras e sardinhas. Apesar de o meu marido ser do Porto, nunca passei lá o S. João, mas, pelo que dizem, e pela forma como a Babette o descreve, o espírito deve ser muito semelhante em ambos os sítios. Um beijinho, Ilídia

Mar disse...

Gostei muito da ideia de ser uma festa democrática. Que se espalha pela cidade, a pedir para ser vivida. Sabes que nunca fui a um S. João no Porto? Estranho, não é? Com família daí e tudo. Nunca calhou. É invariavelmente dia de trabalho por aqui. Gostei do manjerico meio minimalista:)A ser rei numa mesa alegre, cheia de pessoas.

Um beijo da tua amiga Mar.

Anónimo disse...

A "popularucha" falhou à noite mágica... pelo nobre motivo do aniversário da sua mana :)conforme já foi comentado neste blog, para mim, esta noite tem de facto algo de magia.

Gostei do balão e do manjerico :) da Babette... e recordei noites são joaninas na companhia da turista ocasional.

R.