quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Pudim de Pêssego e Hortelã


Mais uma variação da "sobremesa-moda" deste Verão. Uma combinação que me parecia excelente e que a prova confirmou. Mais um final feliz!

Ingredientes

1 embalagem de gelatina de manga e pêssego em pó
250 ml de água a ferver
2 iogurtes gregos açucarados
150 gr de pêssegos maduros (mais um pouco para decoração)
folhas de hortelã


Preparação


Numa taça, deitar a água a ferver e a gelatina e mexer vigorosamente com uma vara de arames até estar completamente dissolvida. No liquidificador, bater os iogurtes com os pêssegos partidos em pedaços, até obter um preparado homogéneo. Verter esta mistura na gelatina, e voltar a mexer bem, até todos os ingredientes estarem ligados. Deitar em taças individuais, enfeitar com folhas de hortelã (para um sabor mais intenso poderá triturar-se a hortelã juntamente com a fruta) e levar ao frigorífico por umas horas. Imediatamente antes de servir, enfeitar a superfície com fatias de pêssego e folhinhas de hortelã. Servir frio.


Bom Apetite!


14 comentários:

a dona do tacho disse...

Uma sobremesa òptima
Aprendi que se pode substituir o leite condensado pelo iogurte grego

Luísa Alexandra disse...

Que lindo, parece bem saboroso!

Margarida disse...

Seja qual for a fruta esse pudim fica sempre uma maravilha! : )
bjinhos

Tuquinha disse...

que bela taça de pudim........
Beijinho

Daniel F. Moura disse...

uia, esse pudim deve ser delicioso ...

abraço
Daniel Moura
http://feitonahora.blogspot.com/

Carina disse...

Hmmm... que belo pudim!!!!
Uma variante bem original e saborosa!!!!

Beijinhos :)

Fla disse...

Deve ter ficado com um sabor delicioso. Adoro pêssego.
Beijos

Rachel disse...

Que lindo, o aspecto aveludado é de encher os olhos, já posso imaginar o sabor!

Adorei as batatinhas do post abaixo, anotada!

Bjuss!!!

Carla Oliveira disse...

Nham nham, que guloso.
Beijinhos

Drica disse...

Um aspecto óptimo e acredito que um sabor ainda melhor, a avaliar pelas fotos a documentar a receita.

Uma dúvida: o que têm de especial os iogurtes gregos em relação aos outros, para ser preferível usar os primeiros?

Muitos beijinhos

Babette disse...

Drica:
os iogurtes gregos têm um sabor mais intenso e são muito mais espessos e cremosos do que os ditos "normais". A diferença de textura, mais encorpada, permite melhores resultados finais.
beijinhos
Babette

Maria disse...

Independentemente do sabor que deve ser muito bom, ficou com uma apresentação muito bonita.

Daniana Bittencourt disse...

Que delícia mais refrescante...
Amei!
Abraços, Daniana
http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

isabel disse...

Um remate excelente e lindamente apresentado!
beijinho Babette.