segunda-feira, 8 de abril de 2013

Doce de Maçã com Vinho do Porto



Foi uma descoberta deste Inverno... Que bom que é o doce de maçã, com o seu aroma a canela e Vinho do Porto. Faz lembrar o Natal, apesar de também conseguir ser fresco e leve. Um doce vencedor, por isso, que vai passar a ser habitual cá por casa. Também na Primavera...

Ingredientes

1 kg de maçãs arranjadas e cortadas em pedaços
500 gr de açúcar
1 pau de canela
1 colher de café de canela em pó
sumo de meio limão
1 colher de sopa de Vinho do Porto

Preparação

Levar a maçã envolvida no açúcar e no sumo de limão ao lume, num tacho largo. Juntar o pau de canela, a canela em pó e o Vinho do Porto. Deixar ferver até obter um ponto estrada (colocar um pouco do doce num prato raso: com uma colher traçar um sulco; se esse sulco se mantiver, ou seja, se ficar uma "estrada" no doce, está obtido o ponto), cerca de 45 minutos. Retirar do lume. Com uma colher de pau, esmagar grosseiramente a maçã, que já está cozida, ou passar com a varinha mágica, se não se pretender sentir a textura em pedaços. Guardar em frascos esterilizados, que só devem ser fechados depois do doce completamente arrefecido.

Bom Apetite!


7 comentários:

Joana (Palavras que enchem a barriga) disse...

Nunca comi, mas realmente deve ser delicioso :D Vou guardar a receita :D

Beijinhos e tem uma óptima semana :D

Cristina Costa Amaral a.k.a Romã disse...

Não dispenso as maçãs assadas no forno com Vinho do Porto, portanto este doce desde logo me cativou.
Terei que experimentar.
Boa sugestão.
Bjnhs
ROmã:*

Su Delícia disse...

Que óptima sugestão!
Beijinhos
http://sudelicia.blogspot.pt/

Babette disse...

Joana:
Experimenta! Deve ficar bem nos teus muffins;)

Romã:
Foi o que eu pensei. Se gosto da combinação noutras receitas, esta tb só podia resultar!

Susana:
Experimenta!!!

Babette

Vera Ferraz disse...

Parece delicioso! Fiquei curiosa até porque já o estou a imaginar combinado com um queijo creme numa tarte :)
Obrigada Babette, por mais esta!

Mar disse...

Este foi o doce de que gostámos muito, naquele lanche rápido no dia das mentiras. Um pouco de verdade, naquele dia difícil. Tu, a tua casa ao final da tarde e este doce. Obrigada por essa verdade. E por tudo o mais.

Um beijo.

Mar

Babette disse...

Vera,
Que boa ideia...

Mar,
Foi um lanche com intenção de te amenizar o dia. Às vezes não conseguimos mais do que isso. Não resolvemos os problemas, náo aliviamos as dores, mas damos coisas boas pequeninas. E todas juntas vão somando.

Babette