quarta-feira, 13 de março de 2013

Doce de Toranja



Antes que o Inverno acabe, um doce da estação. Um dos mais apreciados cá em casa, apesar do amargo dos doces cítricos como a laranja e a toranja não ser, de forma alguma, consensual. Este é encorpado, forte, amargo e doce ao mesmo tempo. Uma tentação que acompanha queijos, pão, bolo de iogurte e permite tantas outras variações. A meu ver, delicioso...

Ingredientes

1 Kg de toranjas
3 litros de água
cerca de 5 chávenas de chá de açúcar

Preparação

Lavar as toranjas e cortá-las em fatias muito finas. Guardar as sementes, colocando-as no saquinho de musselina. Colocar a fruta, as sementes e a água num recipiente não metálico e deixar repousar por uma noite. No dia seguinte, deixar levantar fervura e cozinhar, em lume forte, por 45 minutos a 1 hora ou até a fruta estar tenra. Retirar o saquinho de musselina e deixar arrefecer. Calcular 1 chávena de chá de açúcar para cada chávena de polpa (mais ou menos 5 chávenas). Deitar de novo a polpa no tacho, adicionar o açúcar e mexer até que este se dissolva. Ferver em lume forte durante cerca de 45 minutos ou até o doce estar no ponto. Deixar arrefecr cerca de 10 minutos antes de guardar em frascos previamente esterilizados em água a ferver. Vedar depois de frio.

Bom Apetite!



9 comentários:

Joana (Palavras que enchem a barriga) disse...

Nunca comi doce de toranja, deve ficar bem interessante :D

Beijinhos e tem um bom dia! :D

panelasemdepressao disse...

Olá Babette
A minha compota preferida é, sem sombra de dúvida, a de laranja, obviamente pelo travo ácido. Por isso, esta tua compota de toranja deixou-me curiosa e com vontade de experimentar. Eu ofereço o café e tu trazes a compota ;)
Um abraço,
Guida

Carla disse...

Babette,
Já fiz uma adaptação do "doce de 3 citrinos" (acho que foi assim que lhe chamaste) que apareceu um dia neste blogue e adorei. Ficou deliciosamente com umas bolachas de chocolate que fiz no mesmo dia. O travo amargo do doce a contrastar com o choclate e a cortar o sabor amanteigado...simplesmente divinal. Portanto, esta deve seguir-lhe o rasto e fico já a sonhar com ela.
Beijinhos

saborescomhistoria disse...

Não desfazendo o doce, devo dizer que os detalhes da foto são lindos. A colher... o prato... é um regalo vir aqui e poder apreciar sempre as mesas e os detalhes. Fantástico. Continuação de boa semana.

Um toque de canela disse...

Boa noite!
Nunca experimentei este doce, mas a cor ficou muito convidativa!
Obrigada pela simpática visita! Volte sempre1 Eu vou voltar de certeza!
Bjs
Paula

Ilídia disse...

Este ano ando preguiçosa para as compotas. Nunca provei de toranja, mas deve ter um contraste bem interessante. Talvez na pausa da Páscoa me passe a preguiça :)Com uma fatia de regueifa, deve ficar perfeita! Aposto que a Mar adorou ;)

Beijos,
Ilídia

delicatessen disse...

Olá Babette,

Vou testar esta receita, a ver como corre. Tem um aspecto divinal.

Bjs

Helena disse...

Olá Babette
Eu gosto do doce da cor!
Beijo

Babette disse...

É um dos doces preferidos cá de casa. E sei que nada consensual, de facto...
Babette