quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Linguado com Amêndoa e Salsa




É um dos peixes que mais gosto. E para mim tem de ser comido de forma simples, para não ofuscar o seu sabor subtil e fresco. Aqui fica uma versão saborosa, com um quê de especial dado pela amêndoa. Um prazer de refeição...


Ingredientes 

2 linguados frescos, amanhados e com um golpe em diagonal
Azeite, sal, um golpe de pimenta
Sumo de meio limão
Salsa cortada grosseiramente
1 nozinha de manteiga
Amêndoa aos palitos

Preparação

Põe-se o linguado numa assadeira barrada com azeite. Tempera,-se com os ingredientes descritos, põe-se a salsa e volta-se a regar com um fio de azeite e uma noz de manteiga. Vai ao forno com temperatura moderada (170 ºC) , cerca de 45 min. A 15 min. do final, colocam-se as amêndoas e batatas cozidas cortadas em palitos grossos. 

Bom Apetite!


9 comentários:

babero disse...

Pero que pescado tan hermoso!

panelasemdepressao disse...

Também é peixe muito apreciado cá por casa. Na próxima oportunidade vou experimentar esta versão que me parece muito apetecível!
Abraço!

Carla disse...

Também gosto bastante de linguado e gostei muito desta preparação. A experimentar.
Beijinhos

Luisa Alexandra ♥ disse...

Uma refeição tão simples e tão apetitosa!

tavares disse...

Que óptimo aspecto. Boa quarta-feira.

anasbageri disse...

Perfeito, perfeito, perfeito. Nada acompanha melhor o sabor deste peixe do que limão e manteiga. Adorei as amêndoas, o complemento perfeito.

bjs

Babette disse...

É de facto um peixe que vale só por si. Receitas muito elaboradas até podem prejudicar!...
Babette

Mar disse...

Acho que os peixes acabam por valer por si a maior parte das vezes. Excepto talvez a pescada, que para mim, precisa sempre de uma pequena ajuda:) E o bom de haver sempre hipótese de introduzir um elemento qualquer que faz com que um peixe não seja só um peixe. Como as tuas amêndoas. Que terão certamente transformado este peixe. Ao ponto de se tornar indelével, muito provavelmente.

Um beijo da tua amiga Mar. Muito cansada, hoje. Mas correu bem aquilo com os meus alunos. Eu é que fiquei com as minhas reservas de energia luminosa cá em baixo:) Nada de mais, que amanhã estou pronta para mais. É sempre assim.

Babette disse...

É isso. A maior parte dos peixes valem por si. E querem ser comidos simples. Talvez quando nos apetece peixe é porque nos apetece a simplicidade e pronto.
Babette
PS. Já falámos um bocadinho (é sempre pouco, não é?). E sim, que essas actividades dão mais de nós do que aparentemente pressupõem. Mas vale a pena!