segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Lombinhos de Porco Assados no Forno



Reza a história que, quando a minha mãe engravidou pela primeira vez (de mim, por sinal...), enjoou de tal maneira e por tão longo período de tempo que o meu pai - que até aí pouco entrava na cozinha -, só tinha uma de duas opções: ou passava fome ou aprendia a cozinhar! Optou pela segunda, e em boa hora o fez: hoje é um "cozinheiro" de mão cheia e alguns pratos e bolos da casa dos meus pais são sempre feitos por ele. "Apanhou-lhe o jeito" - diz a minha mãe...
Esta receita de lombinhos de porco foi-me passada pelo meu pai. O sabor é parecido, mas nas mãos do pai fica sempre um bocadinho melhor....

E assim seguem as iguarias servidas no Aniversário do Z...

Ingredientes

Lombelos de Porco
Alho
Piripiri
Sal
Azeite
Colorau
Polpa de tomate
Vinho Branco
Louro
Salsa

Preparação

Numa taça, colocar um dente de alho picado por cada lombelo. Num almofariz, desfazer um piripiri por cada lombelo com a quantidade de sal suficiente para o processo (cerca de uma colher de chá, no total) e juntar ao alho. Regar com bastante azeite (até cobrir bem os temperos) e mexer o preparado com um garfo. Juntar uma colher de café bem cheia de colorau por cada lombelo. Também por cada lombelo, juntar uma colher de sopa de polpa de tomate e uma colher de sopa de vinho branco. Colocar os lombelos na assadeira e picar a carne com uma faca de cozinha, para que o molho se incorpore bem. Pincelar abundantemente cada lombelo, de ambos os lados. Verter a marinada restante sobre a carne. Colocar uma folha de louro e um ramo de salsa por lombelo. Fica a marinar por 12 horas. Assar em forno baixo, 150ºC, por 2 horas e 30 minutos. Virar a meio da cozedura para tostar dos dois lados.

Bom Apetite!

12 comentários:

Drica disse...

Curiosamente no sábado ao jantar também fiz um assado, mas de lombo de vaca "recheado" com fatias de fiambre (de peru já que a validade acabava nesse dia e não convinha desperdiça-las por completo) e de presunto. Quanto à receita... andei a pesquisar na internet algo que se adequasse, e acabei por inventar pelo meio já que não tinha ou não gostava de alguns dos ingredientes que encontrava na receita.

Admito que a ideia original de quem comprou a carne (e não fui eu) era que eu fizesse "Rinderbraten", mas primeiro para decifrar as receitas em alemão, falta-me o nível linguístico, depois acho que a cozinha portuguesa é muito mais rica gastronomicamente que a alemã.

Se na altura tivesse conhecimento da tua receita, Babette, acho que a minha adaptação teria sido a partir da tua...

Beijinhos e óptima semana

(Um segredo: durante o fim-de-semana, aguardo sempre por segunda-feira, para espreitar o teu blog e ficar a conhecer o teu novo post, o primeiro semanal a que nos tens habituado...)

Sónia Meirinho disse...

Lol... o teu pai fez a escolha acertada em optar por aprender a cozinhar!! Realmente deve-se ajeitar muito bem! O teu lombo ficou optimo mas acredito que o do pai te saiba melhor...nada melhor que as comidinhas dos papás ou dos avós!! comigo é a mesma coisa! beijinhos muito grandes!!

Babette disse...

Drica:
se seguisses esta receita não te ias arrepender!
Sónia:
pois...os miminhos dos pais sabem sempre melhor!
Obrigada pelas visitas assíduas!
beijinhos

Luísa Alexandra disse...

Então o teu nascimento foi uma benção!!!!!
Ganhou-se mais um cozinheiro graças a ti!

Ficou óptimo este lombinho, parece bem suculento.

Margarida disse...

Eu acho que no fundo todos os homens sabem cozinhar, basta vontade e paciência. O meu marido raramente cozinha mas quando o faz esmera-se e saem sempre óptimos cozinhados. : )
boa semana!

PINTOR disse...

Desta vez não é uma aguarela, mas um óleo de natureza morta VIVIFICANTE!
Dava-lhe já uma trinca.
Beijinhos do PINTOR

M. Groumet disse...

Olá Babette. O assado está lindo e tenho a certeza que de sabor excelente. Ora aí anda também aptidão genética: mãe, agora o pai...
Já anotei no meu carnet a receita e sabe com que nome? - "Rôti au Père de Babette".
Ficará bem se temperar um frango da mesma maneira?
Parabéns e au revoir,
Marie Groumet.

Babette disse...

Sem dúvida! Pode ser necessário ajustar a quantidade de molho. Considere os temperos indicados por lombelo de cerca de 0,5 Kg, cada. O tempo de cozedura do frango é naturalmente inferior...

isabel disse...

Que tempero delicioso! Estes lombinhos ficaram maravilhosos!
Beijinho Babette.

Maria disse...

Estes lombinhos de porco, estão com um aspecto...Divinal!
Já uma vez me deram uma receita parecida mas, não consegui que ficasse igual à do autor...estou como tu dizes faltou o toque, o jeito de quem sabe... mas vou tentar pela tua "via", talvez resulte!
Beijo
Maria

Marisa disse...

Que óptimo aspecto! Pena não ter uma cozinha minha onde experimentar... Dava jeito para surpreender o namorado :) ♥ Convido-te a visitar o meu cantinho de acessórios e bijuteria. Espero que gostes e voltes mais vezes. Bjinho e obrigada ♥

gasparzinha disse...

Eu tenho um pai que tb é um às na cozinha.
Na verdade, a necessidade faz mesmo milagres. :)

Beijinhos.