quinta-feira, 16 de maio de 2013

"Babette" e o Bolo de Fubá





O restaurante dos meus sonhos chamar-se-ia "Babette". Seria o restaurante de uma pequena guest house,  situada num edifício recuperado, com um pequeno jardim interior onde se pudessem servir refeições quando o tempo fosse convidativo. Serviria pequenos-almoços, lanches e jantares. Aos hóspedes, mas também a quem aparecesse à procura de comer bem. As mesas seriam de madeira, os pratos antigos todos diferentes entre si e os copos de várias cores. Não haveria toalha, mas os guardanapos seriam de linho crú ou amarelo. Haveria flores campestres sobre as mesas, durante o dia, e velas brancas ao jantar. Na sala interior de refeições, haveria uma estante com livros e uma parede enfeitada com pratos e travessas de outros tempos e lugares. A comida seria "de coração". Feita com amor e respeitando as estações. Teria influências diversas e seria, por isso, uma miscelânea de coisas boas. Haveria sempre doces caseiros, sumos naturais e pão acabado de fazer. A qualquer hora do dia haveria sempre o meu bolo de fubá. Servido com requeijão e doce de goiaba com maracujá.

Ingredientes

320 gr de farinha de milho fina
400 ml de leite
220 gr de açúcar
130 ml de óleo
3 ovos grandes (gemas e claras separadas)
1 pitada de sal
1 colher de chá de erva doce
1 colher de sopa de fermento
manteiga para untar a forma
canela e açúcar para polvilhar a forma

Preparação

Num tacho largo e baixo, deitar a farinha, o açúcar, o leite e o óleo. Mexer bem com uma vara de arames. Levar a lume médio, mexendo sempre bem e vigorosamente com a vara de arames até que a massa engrosse e se apresente homogénea.  Deitar a erva doce e mexer bem. Retirar do lume e deixar arrefecer por 10 a 15 minutos. Nessa altura, adicionar as gemas, uma a uma, mexendo bem entre cada adição. Bater as claras em castelo com uma pitada de sal e envolver delicadamente. Por fim, adicionar o fermento mexendo apenas para incoporar na massa. Untar uma forma com buraco com manteiga e polvilhá-la bem com açúcar e canela. Deitar a massa na forma e levar ao forno, sem pré-aquecer, por 50 minutos, a 170ºC.

Bom Apetite!



Participação no 12º desafio do "Convidei para Jantar"
este mês promovido pelo blog "A Minha Cozinha é a Cores"

10 comentários:

panelasemdepressao disse...

Um restaurante de sonho o teu. Quem dera que fosse de verdade. Tem tanto a ver com os meus gostos... também podia ser o "meu restaurante" :)
Um abraço
Guida

frango do campo disse...

eu quero muito ir ao Babette!
para quando a inauguração?
a sério, gostei muito de ler a tua descrição, tão pormenorizada e tão calorosa :)
um beijinho

Manuela Maia disse...

Olá Babette
Um restaurante num lugar que nos mima desta maneira só pode ser um sonho !!
Encantador, uma belissíma participação que enriquece as propostas do roteiro de restaurante de sonho que temos vindo a desenhar.

Beij
MM

Regina disse...

Gostei do texto, muito bonito, muito...romântico!!! Tudo a ver comigo! Tínhamos que fazer fila, para poder ter uma mesa, no " Babette" :)
Esse bolo, tenho que experimentar, parece ser delicioso!
Resto de semanita feliz,
Bj

Graça Pereira disse...

Quando abrires o teu restaurante "Babette", nome que casa bem com um restaurante rústico com mesas num jardim, velas brancas e talvez muitas rosas amarelas...eu serei a primeira a visitá-lo, convidada pelos odores que saem da cozinha e comerei de certeza o teu bolo de fubá com sabor a poesia.
Beijos
Migá

MJ MyBigStore disse...

No seu blog o que começou por me despertar a atenção foi o titulo: “A festa de Babette”, é um filme me “acompanha”. Depois disto, encontrei as suas “ementas”. Gostei muito da ideia, tão usual e ao mesmo tempo uma novidade (concretizam e sistematiza o cuidado do “receber”). Muito interessante. Agora, sou visita frequente deste seu lugar. Parabéns pelo bom gosto e pela partilha. Gostei muito do post de hoje (vou “descobrir” os endereços que colocou).MJ

Manuela Teixeira disse...

Um restaurante que faria as minhas delícias. Desde o jardim interior, até à comida feita com amor adorei todas as descrições e ainda mais esse bolinho de fubá delicioso.

Bjnhos e um final de semana maravilhoso.
http://saborescomtempo.blogspot.pt/

Micas disse...

Para quando esse sonho se materializar - seria uma perda enorme se não acontecesse - tenho imenso gosto em contribuir com um prato antigo cá de casa, para a parede ou para servir nas mesas. É uma mensagem simbólica do meu enorme apreço pela ideia e pela sua executora, a Babette. Vou embrulhar.
Um abraço, Conceição

Anónimo disse...

O bolo de fubá, um espectáculo.
A descrição do "restaurante" um sonho!

Beijos

Babette disse...

Guida:
Que bom que gostaste desta descrição imaginária!
Um beijo

Frango do Campo:
Obá! Uma fã ;) ainda que virtual! Obrigada

Manuela:
Foi muito bom participar...

Regina:
Outra fã? Olhem que ainda me entusiasmo!!!

Graça:
Sonhar não custa, não é mesmo? Mas o bolo é bem real! Vai gostar!

MJ:
Um visitante novoi é sempre motivo de alegria. Obrigada ;)

Manuela:
Obrigada!

Micas:
Seria uma aventura!... Mas quem sabe as voltas que a vida dá? Teria muito gosto em concretizar este projecto e era muito especial pensar que podia haver um prato seu!

Babette