quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Das Férias - II




Londres é uma das minhas cidades. Revisitada sempre que é possível. Porque há sempre alguma coisa de novo, porque é obrigatório rever alguns lugares, porque se há pessoas que são de Paris eu sou definitivamente de Londres! Este ano, num contexto muito diferente. Com os meus dois meninos, num programa ajustado ao que os olhinhos de 5 anos querem ver. Por isso, muitos dinossauros. Duas idas ao Museu de História Natural. Experiências no Museu das Ciências. Muitos passeios nos autocarros de 2 andares. Corridas no Hyde Park à procura de esquilos. O Relógio que aparece no filme do Harry Potter. 





Houve poucas concessões aos divertimentos dos adultos, mas ainda consegui almoçar num dos meus sítios preferidos - o jardim do Victoria and Albert Museum -, rever duas ou três salas da Tate Modern, e dar um salto a Covent Garden e outro a Notting Hill, ao Portobello Market. Aos meus meninos, a certeza de lhes estar a dar mundo. De lhes abrir horizontes e incutir a curiosidade e o prazer de viajar... Memorável, esta sensação...




Por último, uma nota de perplexidade e de tristeza relativamente aos dias de violência que se têm feito sentir um pouco por toda a Inglaterra. Reflexos do mundo estranho em que vivemos... Lamentável.

14 comentários:

Luísa Alexandra disse...

São locais lindíssimos, que saudades!

S. disse...

Adoro Londres e não me canso de lá ir! Bonitas fotos. Beijinho.

ameixa seca disse...

Quero lá voltar, agora numa viagem um bocadinho mais gastronómica :)

Sofia.Lopez disse...

Nunca fui, mas gostava muito de ir... Gostei muito das fotos, principalmente as do mercado, gosto muito de bancas cheias de coisinhas lindas e deliciosas... :)

guida c disse...

Igualmente fascinada por Londres. Contudo, ainda sem me atrever a viajar com as minhas pequeninas.

Babette disse...

Luísa, S. e Ameixinha:
É uma cidade vibrante, não é?

Sofia:
Vais gostar! Tem muito que ver e fazer. E o ambiente é fantástico. Deixa é acalmar os ânimos...

Guida:
Foi uma aventura. A 1ª viagem para fora com os rapazes. Baptismo de voo, etc e tal. Mas superou todas as expectativas. Foram bons companheiros de viagem!... E fica-lhes o bichinho...
Babette

Graça Pereira disse...

Ainda bem que os nossos "pequeninos" gostaram de viajar...Abre o espírito e ficam com a imagem real do mundo!
A imagem do Mercado é cativante e apetecia-me "vasculhar" especiarias para um pulau que já não faço há tanto tempo!!
Beijocas
Migá

Belocas disse...

Vai fazer 1 ano em Setembro que também fui a Londres. As minhas crianças também adoraram, principalmente a filhota que está em plena adolescência. Estas saidas do Pais dão-lhes outra visão do mundo e ajuda-os a crescer.

É uma tristeza o que se está a passar,.., e o mais preocupante é que percebemos que se vive num mundo e numa sociedade que pode ser um barril de polvora e que apenas falta um rastilho,.., mesmo pequenino e insignificante,..., pode destruir tudo...
esperemos que tudo se resolva rapidamente.

Um grande Bjs

Babette disse...

Graça:
É isso mesmo! E Londres tem essa capacidade de ser um caldeirão do mundo. Com muitos e diferentes cheiros e sabores! Incluindo o das especiarias do pulau ;)

Belocas:
É realmente bom poder dar-lhes mundo, tal como os meus pais mo puderam dar também...
Estou estupefacta com este vazio de valores que se instalou no mundo. Tanta revolta, tanto egoísmo, tanta violência gratuita, tanto desrespeito pelos outros... Espero que sim. Que melhore.
Bj
Babette

Receitas ao Desafio disse...

Imagens tão bonitas e memórias registadas de uma cidade que neste momento está inserida numa realidade triste de violência e devassidão. O mundo está cheio de antagonismos.
Tudo isto é aprendizagem para as crianças. Queremos criar-lhes um mundo perfeito que, infelizmente, só existe parcialmente.
Gostei muito das imagens do mercado.

Obs. Sou uma professora de Inglês que nunca foi a Londres. Que vergonha!:)
bj
Patrícia

Mar disse...

Acho que escolheste um bom destino para levares os teus meninos pela primeira vez. Para lhes ensinares o olhar. Fundamental, essa noção. Já te disse que levei essa noção muito a sério. E que levei o António a Paris quando tinha pouco mais de um ano. Também te disse que foi desastroso:) E que andei aflita em busca de uma sopa decente para ele, sem gratinados e coisas que os bebés não gostam:) Essa experiência ensinou-me a saber esperar. Depois disso, já houve mais viagens. Destas, ele lembra-se. Tal como Londres há-de ficar indelével na memória dos teus meninos. Em tempos conturbados, em que a barbárie assume rostos imprevistos. O mundo é um lugar cada vez mais estranho. Daí ser cada vez mais importante acrescentarmos-lhe afecto, coisas boas e crianças felizes. Uma boa conclusão, a retirar da tua passagem por Londres. Crianças felizes numa cidade em tumulto.

Um beijo para ti. E mais dois para eles.

Mar

Katia Bonfadini disse...

Babette, Londres é realmente uma cidade linda, que tive a oportunidade de visitar durante três anos seguidos, de 1996 a 1998. Por acaso, ela faz parte dos 20 lugares mais interessantes que conheci pelo mundo afora e que publiquei lá no blog ontem. Assim como vc, me identifico mais com a cidade do que com Paris, apesar de amar o sotaque francês. Que vontade de voltar e conhecer também a Escócia, Irlanda e País de Gales!!!!!! Quem sabe um dia... Bjs!

Sandra Barradas disse...

Ai que saudades de viajar....Eu nunca me consigo decidir Paris ou Londres...sou das duas!!
Depois de um período longo da minha vida em que as viagens eram uma constante, estou sem viajar a mais de um ano...muito difícil!!
Mas agora estou dedicada a pequena, vale bem a pena :)

Babette disse...

Patrícia:
Um mal que tem de ser remediado! Ir a Londres, então!

Mar:
Conseguimos esperar até aos 5 anos e meio. Para tentar não ter as complicações e desilusões que as viagens até lá proporcionariam. Além do mais, sempre vezes dois. Lembrei-me de ti, por lá. A imaginar-te em Paris à procura da sopa!

Katia:
Já vi que partilhamos este gosto imenso por viajar! É tão bom...

Sandra:
Viajar é bom e deixa saudade. Mas tudo tem o seu tempo. Agora o teu mundo é a pequena. E pronto!
Beijo
Babette