sexta-feira, 5 de abril de 2013

Lanche para os Tios






Os meus tios vieram passar um fim-de-semana ao Porto, a casa dos meus pais. Nós, por outro lado, não íamos estar em casa nem nesse sábado nem nesse domingo. Por isso só restava um bocadinho do fim de tarde de sexta-feira para estarmos juntos. Um bocadinho mesmo, já que foi, para nós, dia de trabalho e, pais e tios, iriam assistir, ao início da noite, a um concerto na Casa da Música. Um lanche ajantarado, então. Com uma mesa "retro-colonial". Uma toalha bordada em África pela minha mãe e uns guardanapos que foram resgatados do baú das coisas que a mãe não usa. Tacinhas da República das Flores, oferecidas pela Mar, serviço da SPAL e copos da Marinha Grande. Uma mesa a pensar num lanche descontraído. O ponto alto (e único prato quente!) foi a bôla de frango, cogumelos e chouriço feita pela minha tia pantagruélica. Uma delícia!...








As Receitas:

12 comentários:

Anónimo disse...

Bom dia Babette!

Hoje deixo um comentário por causa de um pormenor que li no seu texto.

Os seus pais estiveram em África? Não me diga que nasceu lá!

Eu nasci em Angola, na Ilha do Cabo.
Talvez por isso tenha uma atracção tão grande por ilhas e o sonho de poder ver o pôr do sol em África!

Quanto ao resto do post, palavras para quê?

Nota-se sempre o bom gosto e o carinho para receber alguém em casa!

Bjs e votos de um excelente fim - de - semana!

Sandra Martins

Raquel Alabaça disse...

A mesa está linda, como habitual. O prato alto, branco, é da Bordalo?

Babette disse...

Eu já nasci cá. Tripeirinha de gema, sem gostar de tripas ;) Mas tanto o meu pai como a minha mãe nasceram em Moçambique. E apesar de nunca ter lá estado, tenho também uma enorme atracção por arte e objectos africanos e pelas histórias que ouço de lá.
Um beijo, querida Sandra!
Babette

Babette disse...

É sim, Raquel. Obrigada pelo carinho ;)
Babette

turistaocasional disse...

Um lanche com um aspecto absolutamente delicioso. Realmente só mesmo sendo um lanche ajantarado, porque depois de uma mesa tão farta é impossível jantar mais tarde.

Beijinhos e um fim-de-semana delicioso e de preferencia luminoso de Primavera

turistaocasional disse...

Um lanche com um aspecto absolutamente delicioso. Realmente só mesmo sendo um lanche ajantarado, porque depois de uma mesa tão farta é impossível jantar mais tarde.

Beijinhos e um fim-de-semana delicioso e de preferencia luminoso de Primavera

Doces em Casa disse...

Tanto cuidado e esmero com os tios á absolutamente adorável.
Eles devem ter adorado todo o carinho que receberam com esse lanchinho delicioso!

Beijinhos,

Aida

Susana Machado disse...

Que bela mesa!
Beijinhos
http://sudelicia.blogspot.pt

Receitas ao Desafio disse...

Mais uma mesa bonita, recheada de coisas extraordinárias para um daqueles lanches que eu adoro - longos e descontraídos.
Bom fim de semana.
Maria

delicatessen disse...

Olá Babette,

Mais uma mesa linda para um lanche que é assim como gosto. Longos e preguiçosos. A saber tão bem no final de uma semana de trabalho.
Sabe que também nasci em Moçambique?

Bjs e bom fim de semana

Babette disse...

Obrigada pelos comentários ;) Soube realmente bem estar com eles. E que engraçado haver desse lado quem seja oriundo de Moçambique ou descendente de lá.

Babette

Mar disse...

Que bem que ficaram, as taças da República das Flores. Vazias, cheias. Têm um quê de étnico muito especial. Olhei para elas e soube logo que seriam para ti. Para as tuas mesas, junto dos teus objectos vindos de países que não sei. Havemos de ir juntas ao Príncipe Real. Tens de conhecer a Júlia daquela loja de que te falei. Há lá tecidos que atravessam ruas (e continentes).

Um beijo.

Mar