terça-feira, 12 de junho de 2012

Pescada Gratinada com Camarão




Um prato leve e saboroso. E também versátil e prático, pois pode ser preparado com alguma antecedência e ser levado ao forno apenas para gratinar. Optei por tornar o molho ainda mais leve, utilizando em partes iguais água de cozedura do peixe e leite. Os espargos que tinha comprado eram tão bonitos que decidi não os misturar no gratinado, mas servi-los com honra de acompanhamento. Fcou delicioso!...

Ingredientes

6 medalhões de pescada
400 gr de camarão cozido com casca
40 gr de margarina
1 colher de sopa bem cheia de farinha
2,5 dl a 3 dl de água de cozer o peixe
2,5 dl a 3 dl de leite
sal, noz-moscada, sumo de limão
margarina 
salsa picada
queijo ralado q.b.

1 molho de espargos verdes
água e sal

Preparação

Para a Pescada: Cozer a pescada em água com um pouco de sal por 15 a 20 minutos. Escorrer, reservando a água da cozedura do peixe. Descascar o camarão e reservar. Num tachinho, deixar derreter a margarina e juntar a farinha, mexendo bem até se formar uma bola. Deitar em fio o caldo de cozer o peixe e o leite (devem estar quentes) mexendo sempre. Quando terminar o caldo e o leite, deixar o molho ferver um minuto só até engrossar. Fora do lume temperar com noz-moscada e umas gotas de sumo de limão. Rectificar o sal, se for necessário. Barrar uma travessa de ir ao forno com um pouquinho de margarina. Colocar o peixe desfeito em lascas grossas e o camarão. Polvilhar com salsa fresca. Cobrir com o molho e colocar um pouco de queijo ralado. Levar ao forno a gratinar, a 190ºC, por 15 a 20 minutos ou até adquirir um tom tostado. Servir com arroz branco e espargos cozidos.

Para cozer os espargos: Lavar os espargos cuidadosamente. Retirar a cada um a parte mais grossa do talo (cerca de 2 dedos), que poderá mais tarde ser usada num caldo de legumes, numa sopa ou numa omolete (como foi o caso!...). Com um descascador de legumes, retirar a parte mais fibrosa de cada espargo (incluindo do talo que se aparou). Num tacho largo e baixo colocar os espargos um a um mantendo-os afastados uns dos outros. Depois de ocupar a base do tacho, colocar uma segunda andada de espargos, no sentido perpendicular, formando uma quadrícula. Proceder assim sucessivamente até terminarem. Cobrir com um pouco de água, apenas o necessário para os cobrir, e temperar com um pouco de sal. Cozem por 10 a 12 minutos. Retirá-los, um a um, com uma pinça, de forma a não quebrar nenhum. Guardar a água de cozedura para utilizar numa sopa, por exemplo.

Bom Apetite!

 

12 comentários:

são33 disse...

NÃO SOU GRANDE APRECIADORA DE PESCADA MAS ACHEI ESTA SUGESTÃO UMA DELICIA.
UMA MANEIRA DIFERENTE DE COZINHAR A PESCADA.
BJ

Mónica Silva disse...

Gosto imenso destes pratos com pescada, faço uma receita parecida mas da próxima experimento a tua.

Beijinho

Luisa Alexandra disse...

Realmente é uma sugestão maravilhosa, gostei de tudo!

O Cantinho da Sophia disse...

Adorei, adorei. Tem um aspecto mesmo delicioso!
Beijocas

Anónimo disse...

Parece-me delicioso...este gratinado agrada-me bastante! Os espargos ficaram com uma cor linda, mesmo como eu gosto, assim, verdinhos. Hei-de experimentar...a sua primeira ideia...

Tenha uma tarde feliz

Regina

Babette disse...

Sao33:
Ficou muito saborosa, esta pescada gratinada num molho guloso...

Monica:
É um prato que permite muitas variações... mas experimenta esta, sim.

Luísa:
Qe bom! Obrigada

Sophia:
Bom e fácil de fazer!

Regina:
Os espargos ficaram uma delícia. Tanto que achei um crime misturá-los com a pescada!...

Beijinhos
Babette

Mar disse...

Gratinados deste género são mesmo acolhimento. Costumo dizer que é o género de comida que não dá trabalho a quem é recebido. Não é preciso partir nem descascar. Pronto a comer. E com essa vantagem enorme de se poder antecipar e colocar no forno quando for a altura certa.
Vou experimentar esta maneira de cozer espargos. Muito bem explicada:)

Um beijo para ti.

Mar

Babette disse...

Mar:
Recebeste-me desta vez com um deste gratinados que são uma forma de presente. Em todos os sentidos, que nem trabalho dão a quem vai comer! É um prato muito bom para uma refeição volante. Os espargos assim ficam deliciosamente no ponto. Pena que os farás para não comeres muitos, não é? A explicação ficou melhor depois da intervenção da senhora professora ;)
Beijo
Babette

Cristina disse...

Já fiz alguns gratinados com pescada, mas este com os camarões tem mais piada :)

Cristina disse...

Já fiz alguns gratinados com pescada, mas este com os camarões tem mais piada :)

Sandy disse...

olá!
Pareceu-me muito bem esta receita. E até estava a considerar fazê-la para o jantar de hoje...mas na receita falta a quantidade de farinha...
visito o seu blog várias vezes e aprecio as receitas e o cuidado que dispensa à apresentação das mesmas!
O filme "A Festa de Babette" já o vi há muitos anos, mas ficou-me na memória. Gostei muito!
Boa escolha! :)

Babette a festa de disse...

Tem toda a razão, Sandy!
Vou já corrigir.... Irá a tempo do jantar de hoje?...
beijinhos!