quinta-feira, 14 de junho de 2012

Arroz de Camarão com Folha de Caril



Um dia de Primavera pediu um arroz diferente. Com tomate, camarão, um atrevido piri-piri e folhas frescas de caril a polvilhar no final. A utilização da água de cozer umas postas de corvina conferiu-lhe um delicado mas pronunciado sabor a mar. E um belíssimo vinho branco bem fresco fez-lhe companhia. Ficou muito aromático. Uma refeição que sabe bem recordar, pelo que fica a receita e as imagens!...

Ingredientes

200 gr de miolo de camarão congelado (grande)
1 chávena de chá de arroz basmati
2 chávenas de chá de caldo de cozer corvina
1 cebola
1 dente de alho 
1 fio de azeite
1/2 tomate fresco
1/2 chávena de chá de polpa de tomate
1 golpe de vinho branco
1 piri-piri esmagado com um pouco de sal
folhas de caril
uma pitada de noz-moscada

Preparação

Num tachinho, reforgar a cebola e o alho picado num pouco de azeite. Refogar por uns minutos e adicionar o camarão, o tomate fresco picado, a que se tirou previamente a pele, e a polpa de tomate. Deitar o piri-piri esmagado com um pouco de sal. Refogar mais uns minutos. Deitar o vinho branco e deixar evaporar. Juntar então o caldo de peixe e temperar com um pouco de noz-moscada. Aumentar o lume. Quando ferver, juntar o arroz e umas folhinhas de caril picadas. Baixar o lume para o mínimo e deixar cozinhar por 13 minutos. Polvilhar com mais folhinhas de caril picadas. Servir de imediato!

Bom Apetite!


17 comentários:

Anónimo disse...

Sawubona

Como sabia bem um petisco desta qualidade aqui na swazilandia....

Beijinhos

panelasemdepressao disse...

Olá Babette
Tem a minha cara a tua proposta de hoje. Apesar da grande dificuldade de encontrar folha de caril por aqui, apetece experimentar.
Um abraço
Guida

O Cantinho da Sophia disse...

Que belo aspecto! Deve estar muito bom.
Beijinhos

Luisa Alexandra disse...

Uma refeição bem apetitosa!

Mar disse...

Um arroz aromático e ligeiramente atrevido:) Pelo picante ligeiro. Apetece-me que seja o meu jantar de hoje. Logo te digo:)
E reparei que alguém na Swazilândia sente a falta da tua comida:)

Carinho e alegria para ti. Apesar do dia cinzento com gotas de chuva indecisas. Acho que já disse que não acho piada a chuva indecisa, não disse?:)

Mar

CNS disse...

Comprei recentemente umas folhas de caril e acho que vou experimenta-las nesta receita :)

frango do campo disse...

que deliciosa sugestão :)
fiquei cheia de vontade de experimentar folhas de caril :) beijinho

Cristina disse...

Babette, que bela sugestão! Tantas vezes que faço arroz de camarão, mas juntar-lhe sabores "carilados" nunca me passou pela cabeça! O atrevimento do piripiri, a "maresia" do camarão e a cor dourado/alaranjado desse arroz convenceram-me de imediato :)

pedra de sal disse...

Estou aguada com o aspecto divinal... Obrigado pela partila

são33 disse...

ESSE ARROZ FICOU PERFEITO ,SINCERAMENTE NÃO CONHECIA FOLHA DE CARIL.
BJ

Santa Gastronomia disse...

Quando vi as fotos, bem que achei o arroz diferente. Fui ver na receita e (pimba!): arroz basmati!
Isso deve ter ficado divino, minha amiga!

Bjus para ti!

Diogo Marques disse...

Esse arrozinho ficou uma maravilha mesmo, e o facto de ter usado a agua do peixe, dá-lhe um toque e sabor ainda mais especial :) Muito bom!

Babette disse...

Faço-te outro em breve ;)

Guida:
Que bom que gostaste!... As folhas de caril vieram num dos cabazes da Prove.com, e foi a minha produtora que me disse que ficava muito bem em arroz de marisco ou apenas de camarão.

Sophia e Luísa:
Obrigada!

Mar:
Por esta hora já o fizeste... já viste como um blog pode ter tanto de aproximação. Ontem aqui e hoje na tua Serra...

CNS:
Folhas de caril e marisco: uma combinação muito feliz!

Frango do campo:
Vale pois!

Cristina:
Que bom que a imagem e a receita te prenderam a atenção. Mar e folhas de caril combinam perfeitamente.

PedradeSal:
Obrigada

Sao33:
É muito aromática, esta planta que entra na confecção da mistura de temperos que compõem o que chamamos de caril. Não é picante, pelo que o sabor se revela muito suave:

Santa Gastronomia:
Confesso que na altura era o único arroz que tinha em casa! Mas gostei do resultado...

Babette

Babette disse...

Diogo:
Não acontece com outros peixes como a pescada, mas a água de cozer a corvina torna-se um pouco "gelatinosa", o que deu uma textura ao caldo maravilhosa!

Babette

Joana disse...

Adorei a receita.
Óptimo aspecto!
Um beijinho

Mar disse...

Só para dizer que soube mesmo bem:) Obrigada pela inspiração. Pela receita que deu origem a um jantar que soube bem.

Um beijo.

Mar

Larissa Banister disse...

Vc é boa mesmo, estou salivando com todas as suas receitas, que arroz lindo! Bjs