segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Torta de Morangos e Mirtilos


Esta torta foi feita pela minha irmã para o F., no dia do seu aniversário. Apesar de ter levado um "lifting" em relação à versão original (torta de ananás), bastou-me uma garfada para me levar direitinha à minha infância.... A par do bolo de chiffon de chocolate, esta era a outra receita de bolo caprichado lá de casa. Presente nas ocasiões especiais, como os aniversários e outras celebrações. E tinha a particularidade de ser confeccionada com sumol. Nesse tempo o consumo de refrigerantes era especialmente raro, e em nossa casa não havia o hábito de os ter fora de uma ou outra ocasião muito especial. O mesmo se passava com o chantilly, que era feito de tempos a tempos, para comer com morangos ou então para ser usado nesta torta. A maior parte das vezes, a minha mãe fazia apenas 1/2 receita, utilizando por isso apenas 1/2 sumol. Depois chamava-me a mim e à minha irmã e dividia o resto por 2 copinhos. Nós as duas ficávamos deliciadas e aquele quarto de sumol era bebido aos golinhos e sabia maravilhosamente bem, enquanto pensávamos no chantilly que íamos comer mais tarde por cima da bela torta!.... Eram dias de festa!.... E como com tão pouco nos faziam tão felizes!...

Ingredientes

Para uma torta grande / Para meia torta:
240 gr de açúcar/ 120 gr
200 gr de farinha / 100 gr
8 ovos / 4 ovos
2 colheres de chá de fermento / 1
2 pacotes de natas frescas / 1
120 gr de açúcar confeiteiro / 60 gr
1 Sumol pequeno de ananás / 1/2
morangos e mirtilos q.b.

Preparação      

Bater o açúcar com as gemas e juntar 6 colheres de sopa de sumol (3, no caso de meia receita). Acrescentar a farinha e o fermento, envolvendo logo de seguida as claras em castelo. Colocar a massa em tabuleiro bem untado com manteiga e farinha. Depois de cozida em forno a 170º, por 40 minutos, colocar na travessa em que se vai servir.  No caso de se fazer meia receita, dividir a torta em três porções iguais que deverão ser sobrepostas, depois de regadas com o sumol, incluindo entre as camadas um pouco de chantilly e morangos. Finalmente, cobrir com o restante chantilly e enfeitar com mais fruta, a gosto. No caso de receita total, deve-se dividir a torta só em 2 partes em vez de 3, para evitar uma altura demasiado elevada. O restante procedimento é idêntico. Para o chantilly, bater o açúcar com as natas até obter uma consistência firme.

Bom Apetite!

20 comentários:

♥♥ belinhagulosa ♥♥ disse...

E que bem que sabem os sabores da nossa infância né amiga,ficou lindo o bolo,jinhosss

Carla Oliveira disse...

Tem um aspecto delicioso!
E relembrar a nossa infância é do melhor que há.
Beijinhos

Drica disse...

Aspecto delicioso e memórias que dá sempre vontade recordar, é um dois em um cheio de sucesso, sem dúvida alguma.

Beijinhos e óptima semana

life in paradise disse...

Que bom aspecto!! :)
Uma delícia, estou a babar!!!
Beijinhos

Fla disse...

Adoro o colorido das frutas. Ficou linda.
Bjs

Carla Vicios e Sabores disse...

Agora é que valoriza-mos as pequenas coisas/sabores da nossa infância,sabores caseiros e nada de coisa artificiais...
Essa torta está fantástica!!!
Boa semana!

Gisela disse...

Que receita deliciosa!!
Adorei
beijinhos

Filipa disse...

Muito bom! Gostei da receita e da história do sumol....um beijjinho :)

ameixa seca disse...

Apesar de não apreciar chantilly, confesso que dá um aspecto fabuloso ao bolo ;)

Luísa Alexandra disse...

Como sempre, fantástico!

Mana disse...

É sempre uma responsabilidade confeccionar uma receita para ti, Babette... Mas, maninha, esta viagem à nossa infância tinha de acontecer! E o meu êxtase ao comprar uma garrafa de litro e meio de Sumol?! Bebi um copo inteiro, eheheh! Bons velhos tempos, minha linda. Volto a dizer, é um orgulho ter-te como irmã (mais velha, já agora). Beijocas muito docinhas.

croquete disse...

Pelos vistos, irmã de Babette sabe "nadar"!
Parabéns a ambas...

Babette disse...

Mana:
Estava tal e qual a da mãe!... um espectáculo!
Recordo-te entretanto que em ti, mana mais nova, a veia culinária despertou bem mais cedo do que em mim... lembras-te nas férias da I., quando fazias o souflé de bacalhau? ou o bolo de chiffon, ou o caril?... ah pois é!....
E se eu gosto de cozinhar para os outros, gosto também tanto que me convidem!!!!... nem que seja para um ovo estrelado!
Babette

são33 disse...

QUE TENTAÇÃO...TB QUERO UMA PEDAÇINHO.
BJS

conceicao disse...

Além de bonito deve ser uma delicia. Por momentos recordei a minha infância, nos dias de festa os bolos levavam chantilly e morangos.
Bjs

SoraiaSilva disse...

Que gulodice tãao boa :p
beijinhos*

Jana!!! disse...

Adorei esse bolo todo colorido e certamente maravilhoso no sabor...
AMEI

bjim
Jana
http://janainamechi.blogspot.com

Daniana Bittencourt disse...

Que bolo espetacular...
Que delícia esses morangos no recheio!!


Abraços, Daniana
http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

Edite Moments disse...

Mas que Bolo Delicioso! Já sei a quem o dedicar quando o fizer, ao meu maninho que ama morangos!
Parabéns pelo blogue é fantástico eu sou nova nestas andanças :)

http://editemoments.blogspot.com/

moranguita disse...

os sabores que nos levam ao passado soa fantasticos
ainda nos sabem melhor a coisas.
que delicia esta torta e tao bonita
beijinhos