segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Mesa para um Jantar de Transição




Não tem faltado chuva neste Outono, mas as temperaturas estão ainda bastante amenas. É difícil vestir-me e aos meninos, pois ora temos frio ora temos calor. À mesa é mais ou menos a mesma coisa: já sabe bem uma sopa à lavrador e covilhetes da Pastelaria Gomes em Vila Real, mas ainda há bons tomates coração de boi e alfaces bem viçosas. Por isso, tudo junto. E cores à mesa muito vivas, adequadas a qualquer Estação.



6 comentários:

Diogo Marques disse...

Realmente este tempo está cada vez mais estranho, uma pessoa nunca sabe o que está à espera.

Quanto a esse belo jantar, adorei, essa sopa deve ser uma delicia!

Carla Carmo disse...

Uma mesa tão diferente do costume, mas linda como sempre com as cores do Outono.
Beijinhos

Cela disse...

Aqui no Brasil está a mesma loucura climática!

Tertúlia da Susy disse...

Fantástica mesa!
Kiss, Susana

Mar disse...

Já começa a ser menos de transição. Aqui está a começar aquele frio de Inverno. Já me apeteceu acender a lareira e tudo.
A tua mesa é acolhedora. De família em casa. E a gostar muito disso. E a sopa pareceu-me aquela de que te falei, da minha mãe. Também acolhedora. Também de casa.

Um beijo.

Mar

Babette disse...

Obrigada pelos simpáticos comentários!

Penso que esta semana está, definitivamente, a fazer-se a transição. Já tinha guardado as sandálias e hoje guardei os sapatos de Verão. A ideia das minhas sabrinas amarelas nos pés de repente passou a não fazer sentido algum!!!

Babette