quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Cinza e Roxo



Outra das mesas de todos os dias. Desta vez o mote dado pelo pano bordado pela minha mãe, a que se juntaram uns individuais cinza claro. Foi uma mesa para um jantar de sexta-feira. Normal, rotineiro. Apesar de tudo, uma espécie de início, esse que acontece à sexta-feira. O fim-de-semana que começa com um jantar mais tranquilo, enquanto se antecipa o bom dos dias que se vão seguir. Folar de azeitonas e a espera pelo resto. Aguardar serenamente, descansar, sonhar (porque não?). E mais uma mesa quotidiana para registar. 


3 comentários:

foodwithameaning disse...

Linda, a mesa e os pormenores.
beijos
Patrícia

Mar disse...

A sexta-feira à noite é um compasso de tempo que faz bem só de escrever:) Ansiosa pela sexta à noite. E sim. Uma mesa de rotina parece quase mágica, quando é assim. Com essas cores, se quiseres: cinza e roxo.

Um beijo.

Mar

Babette disse...

Patrícia,
De ritualizar, a sexta-feira. Mesmo que comece tarde, a noite do início do fds!

Mar,
Às vezes tenho de insistir comigo. Venho tão cansada da semana que apetece uma mesa qualquer, sopa, fruta e cama. Mas depois penso que isso não é aproveitar esse fim de dia que já é um início. E então esmero-me um bocadinho. Como puder ;)
Babette