sexta-feira, 29 de maio de 2015

Arroz de Pato



Um prato recorrente na cozinha portuguesa, mas que é muitas vezes maltratado... Ou porque fica muito desenxabido, ou muito gorduroso, muito claro ou muito torrado, o certo é que as desilusões com o arroz de pato são mais frequentes do que as vezes que me sabe bem. Por isso, e depois de uma série desses "encontros não amigáveis", este passou a ser um dos pratos que evito comer fora de casa. Sobretudo desde que acertei com a receita que me sabe mesmo bem... Esta:

Ingredientes


1 pato pequeno

1 ramo de cheiros
1 laranja
sal
1 folha de louro

1 chávena almoçadeira de arroz carolino bem cheia

1 cebola
2 dentes de alho
azeite
molho inglês
1/2 de chouriço de carne
50 gr de bacon pouco gordo
1/2 de cenoura
sal, pimenta preta
2 chávenas almoçadeiras de água de cozer o pato
1 pouco de leite

Preparação


Arranjar o pato, retirar a pele e levar a cozer em água com um pouco de sal, uma folha de louro, uma laranja e um ramo de cheiros (usei apenas salsa). Quando estiver bem tenro, retirar e reservar a água, mantendo-a quente. Desfiar o pato, removendo todos os ossos e cartilagens. Num tacho de base larga, refogar uma cebola e dois dentes de alho bem picadinhos com um fio de azeite. Quando estiver bem alourado, juntar um pouco de molho inglês (umas 2 a 3 colheres de sopa) e deixar evaporar uns segundos. Adicionar o arroz e envolver bem, deixando fritar por um minuto ou dois. Adicionar depois 1/4 do chouriço e 1/4 do bacon partidos em cubinhos. Juntar depois o caldo da água de cozer o pato (no dobro da medida do arroz), o pato desfiado, rectificar o sal (se necessário) e polvilhar com um pouco de pimenta preta. Deixar cozinhar até ficar quase cozido. Entretanto, ligar o forno a 180ºC e cozer umas rodelas de cenoura em água e sal por uns 5 minutos. Numa assadeira, colocar o arroz de pato e pincelar com um pouco de leite. Cobrir com o restante chouriço às rodelas, o restante bacon em fatias e as rodelas de cenoura. Levar ao forno por uns 10 minutos (ou mais se se gostar dele bem tostado) e servir bem quentinho.


Bom Apetite!


PS. Outra receita deliciosa de arroz de pato (provada e aprovada ;)), com o toque exótico das passas e dos pinhões a acompanhar a doçura da cenoura, pode ser encontrada aqui, no site da minha amiga com nome de água... 



4 comentários:

cozinha100segredos disse...

Ora aí está um arroz bem apetitoso e cheio de sabor!

Ana disse...

Boa tarde, Babette.
Já experimentei e ficou aprovada a versão da Mar. Esta versão também está com muito bom aspecto. A experimentar.
Bom fim de semana.
Bjs
Ana

Babette a festa de disse...

Cozinha
Obrigada

Ana
Esta minha versão será mais dentro das tradicionais. A da Mar é mto boa, sim!
Bom fds
Babette

Mar disse...

Bem difícil encontrar/comer arroz de pato bem feito. E isso é uma lástima. Esta tua receita parece mesmo bem. Reforçada com os aromas e com os sabores dos enchidos. Comida que anuncia fim-de-semana, esta.

O p.s. no teu post fez-me pensar que não faço arroz de pato há imenso tempo. A ver se faço, por estes dias.

Um beijo de bom fim-de-semana.

Mar