quarta-feira, 19 de março de 2014

Arroz de Nabiças e Feijão Fradinho




Adoro arroz. Simples, de festa, basmati, carolino, malandro ou com legumes. É talvez o meu acompanhamento favorito, do qual raramente me canso. Talvez seja de família... Para o meu avô materno, qualquer refeição tinha de ser acompanhada por um pouquinho de arroz branco. Mesmo que fosse peixe cozido com batatas e legumes, ou empadão de qualquer coisa, a travessinha de arroz branco tinha lugar. O arroz branco era, para ele, o mesmo que o pão à mesa. Sempre presente. Este arroz de hoje ficou muito saboroso,. e acompanhou na perfeição uns bem portugueses pasteis de bacalhau.

Ingredientes

1 cebola pequena
azeite
1 molho de nabiças
1 golo de vinho branco
feijão frade cozido (usei seco, que demolhei de véspera e cozi, no dia seguinte)
1 chávena de chá de arroz agulha
2 chávenas de chá de arroz de cozer o feijão
sal

Preparação

Num tachinho, refogar uma cebola picada num pouco de azeite. Ao fim de uns minutos, juntar as nabiças previamente lavadas e arranjadas, partidas em pedaços. Temperar com um pouco de sal, aromatizar com um gole de vinho branco e tapar o tacho, deixando cozinhar por cerca de 15 minutos. Juntar depois a água de cozer o feijão e retificar os temperos, se necessário. Deixar ferver e adicionar o arroz, baixando a temperatura para o mínimo, deixando cozer por 13 a 15 minutos. Servir de imediato.

Bom Apetite!



10 comentários:

Luisa Alexandra disse...

Ficou fantástico!

Marlene (Da Panela para o Coração) disse...

Adorei! Também não me canso de arroz...uma bela sugestão!
Beijinhos*

Tertúlia da Susy disse...

Que delicia!

Anónimo disse...

Olá Babette!

Em primeiro lugar, queria felicita-la por fazer jus ao nome do blogue e, todos os dias serem de festa, independentemente das celebrações deste dia em particular.

Não há publicação só porque é dia "de" nem receita especial para o dia "tal".

É sincero, genuíno.

Mais um motivo, na minha opinião, para participar desta "festa" quotidiana!

Também eu sou grande apreciadora de arroz (devo ter vivido na China noutra encarnação)!

Como tal, elego o arroz para acompanhamento quase sempre e é bom encontrar receitas diferentes (ontem foi o arroz de molho inglês da Mar).

E como bom "garfo" e apreciadora das nossas especialidades (feijoada, cozido á portuguesa) arroz com couve e feijão parece-me muito bem!

Já está anotada!

Um beijo do Sul e desejo que seja um dia muito feliz na companhia dos seus homens, pais e filhos!

Sandra Martins




Mar disse...

Olá Babette:

Também sou do género de gostar de arroz. Nas mais variadas versões. Tanto solto, como caldoso e aromático. Elementar ou generoso.
E é-me especial por isto: foi a primeira coisa que fiz sozinha. Um arroz branco. Como a minha mãe me tinha ensinado. Tinha oito anos:) Não ficou logo maravilhoso, mas fui aperfeiçoando a técnica:)

Gostei muito desta tua narrativa em torno do arroz. E da receita. Inspiradoras, as duas coisas.

Um beijo.

Mar

Susana Machado disse...

belo pratinho!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

pimentinha disse...

Adoro!!
Bjos

Anónimo disse...

Olá Babette!

Já agora venho acrescentar (como eu já "falo" pouco!) que ontem chegou um carregamento de espinafres lá a casa, vindos da horta do meu amigo "green" e também "red" (é o que me dá as framboesas).

Por isso, como eu já estou a imaginar este arrozinho a acompanhar carne ou peixe grelhados (com este solinho!), acho que as nabiças dão lugar aos espinafres e voilá!

Um beijo do Sul, quase de fim de semana!

Sandra Martins

Babette disse...

Luísa, Marlene, Susy, Susana e Pimentinha
Obrigada!

Sandra,
Os dias são sempre de celebrar. Está em nós a ideia de Festa. ;)
Então somos duas arrozeiras! Uma delícias, todas as variações. Com espinafres o melhor será reduzir o tempo total de cozedura...
Um beijo para o Sul!

Mar,
Eu aos 8 anos andava muito longe do fogão ;) Mas a minha primeira experiência culinária foi precisamente um arroz branco. É a primeira receita escrita no meu livrinho de receitas mais antigo.
Um beijo!

Susana Gomes disse...

É o arroz, as nabiças e o feição, um trio que me enche o olho e, de bom grando, tb a barriga. Gosto tanto! :(
Um beijinho.