sexta-feira, 12 de setembro de 2014

A pensar no Mar






Estava a pensar no mar. No bom que é viver numa cidade com mar. Bastam dois passos e estamos lá. No mar confidente, revolto ou contemplativo. No mar que desbravámos com toda a coragem e que aprendemos a respeitar. Pensava nisso enquanto preparava o jantar. E a inspiração para a mesa desse dia teve de ser o azul do mar, motivos náuticos e cheiro a maresia...






6 comentários:

Mar disse...

Muito náutica, a mesa a pensar no mar. Foste ao pormenor dos pratos e tudo:)

Significativa, a água que nos é tanto. E sim, uma cidade com mar dá uma noção de liberdade que é difícil nos lugares onde não há água por perto. Já falámos nisto. Custar-me-ia imenso viver num sítio muito longe de água. Tive sorte, que a minha casa está perto de dois rios lindos e a cerca de quarenta minutos de mar:)

Um beijo.

Mar

Tulipa disse...

Que linda mesa! Fiquei com vontade de ir ver o Mar;)

Ilídia disse...

Um privilégio, mesmo. Apesar de, nós, açorianos, às vezes, termos uma relação ambígua com o mar. Belo e generoso, por um lado, mas limitador, por outro.
Linda mesa. Gostei especialmente dos pratos com motivos náuticos.

Um beijo,

Ilídia

Tulipa disse...

... E lá fui eu ver e sentir o mar, que bem que me soube!

Babette disse...

Mar,
Mesmo assim ;) Com pratos azuis e brancos às riscas numa onda muito náutica. Vi-os numa loja na Baixa e vieram logo comigo ;) Somos privilegiadas! Em tantos sentidos!
Beijo
PS. Hoje de manhã 1h05 ao telefone ;) Foi bom :)

Tulipa,
Ver o mar faz sempre bem...

Ilídia,
Compreendo essa limitação que pode ser o mar numa Ilha. Mas é tão imenso, tão cheio de possibilidades, também... Um beijo grande para aí! Com o mar no meio ;)

Babette

life in paradise disse...

Adorei os pratos com as riscas azuis! Lindos!
Beijinhos!