sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Tarte Salgada de Bacalhau e Grelos



Eis uma sugestão alternativa para aproveitamento das sobras do bacalhau da Consoada que não a famosa “Roupa Velha”. O princípio é quase o mesmo: tudo junto numa tarte salgada deliciosa, que mantém todo o sabor do Natal…

Ingredientes
1 base de massa quebrada fresca
1 cebola
azeite
1 cenoura
1 molhinho de grelos
2 dl de leite
4 ovos
queijo da Ilha ralado q.b. (facultativo)
sal e pimenta

Preparação


Forrar uma tarteira com a massa, picá-la e cozer por 10 minutos a 180ºC e reservar. Colocar o bacalhau num tacho e levar a cozer por 17 minutos. Lascar o bacalhau cozido e reservar. Cozer os grelos e uma cenoura num pouco de água com sal por 15 a 20 minutos. Escorrer bem os grelos e reservar. Fatiar a cebola em rodelas bem finas e refogar no azeite por uns 5 minutos. Juntar o bacalhau cozido, os grelos e a cenoura às rodelas e envolver bem. Numa taça, bater os ovos com o leite e temperar com sal e pimenta. Sobre a massa, pré-cozida, espalhar o recheio de bacalhau com legumes e colocar um pouco de queijo da Ilha ralado (facultativo). Verter a mistura de ovos e leite sobre a tarte. Levar a cozer, em forno pré-aquecido, nos 180ºC, por 25 minutos. 

Bom Apetite!


6 comentários:

foodwithameaning disse...

Estou a adorar o teu desfile de receitas de bacalhau. Um verdadeiro primor.
Que as festas sejam felizes.
Um abraço.
Patrícia

Mar disse...

Gosto ainda mais do dia a seguir. A comida do dia anterior fica mais apurada, em alguns casos, ou mais a jeito para se reinventar, como nesta tua tarte.
Os fins de festa não têm de ser deprimentes. Uma das sugestões mais importantes, nestes teus posts recentes.

Um bom fim-de-semana!

Mar

Anónimo disse...

Sim... fantástico!

www.amsk.org.br disse...

É tempo de ler as linhas da mãos, com sabedoria e altivez,
com humildade e discernimento.
Se a sorte te visita,
não a deixe fugir,
Se a tristeza te acompanha,
te esforça para recordar os momentos felizes,
a sabedoria sempre encontra o caminho,
a serenidade sempre recobra os sentidos,
a magia sempre ilumina a alma
o céu te protegerá por teto,
as estrelas por manto,
e que a liberdade seja sempre gaiola aberta
a guiar serenamente,
as estradas que se abrem.
Porque são nas linhas da tua mão
que se contam as vitórias,
que se tece o tempo,
que se constrói o presente
que se aprende com o passado
que se colhe o futuro.


Nevo Bersh e Lacho Krechuno

(Feliz Natal e Próspero Ano Novo)

Babette disse...

Patrícia,
Muito obrigada! Um beijo para a tua Ilha. E que tenham também umas Boas Festas

Mar,
Muitas sugestões para aproveitar bacalhau. E sim, o fim das festas pode ser mais simpático, com uma tarte destas ;)

Babette

Inês Ginja disse...

Maravilha, adoro as sobras da consoada assim, nesta bela tarte!
Feliz natal Babette.
Um beijinho.