quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Doce de Laranja


É um dos doces favoritos cá de casa. E absolutamente odiado por mim quando era criança. Os gostos mudam, realmente, e o paladar vai-se alterando com a idade e as experiências. O sabor amargo das laranjas num doce parecia-me abominável. E achava muito esquisito ser o doce favorito do meu pai, sobretudo as compotas escocesas de laranja com whisky. Mas depois crescemos. E percebemos que aquele travo amargo é o que torna este doce especial. Por isso quando, no outro dia, ao pedir scones para o lanche me perguntaram se para além de manteiga queria doce de morango ou de laranja, eu respondi, sem hesitar: de laranja!...


Ingredientes

1 Kg de laranjas
3 litros de água
cerca de 3,5 a 4 chávenas de chá de açúcar

Preparação

Lavar as laranjas e cortá-las em fatias muito finas. Guardar as sementes, colocando-as num saquinho de musselina. Colocar a fruta, as sementes e a água num recipiente não metálico e deixar repousar por uma noite. No dia seguinte, deixar levantar fervura e cozinhar, em lume forte, por 45 minutos a 1 hora ou até a fruta estar tenra. Retirar o saquinho de musselina e deixar arrefecer. Calcular 1 chávena de chá de açúcar mal cheia para cada chávena de polpa (mais ou menos 3,5 a 4 chávenas). Deitar de novo a polpa no tacho, adicionar o açúcar e mexer até que este se dissolva. Ferver em lume forte durante cerca de 45 minutos ou até o doce estar no ponto. Deixar arrefecr cerca de 10 minutos antes de guardar em frascos previamente esterilizados em água a ferver. Vedar depois de frio.

Bom Apetite!



7 comentários:

Ana - Lady ao fogão disse...

Imagino so o cheirinho desse doce por toda a casa hummm :)

Sabores Autenticos disse...

Que delicia de doce!
Bjs

Susana Machado disse...

Deve ser delicioso!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

panelasemdepressao disse...

Olá Babette
É sem qualquer dúvida a minha compota preferida. Casa muito bem com as panquecas de fim de semana. Mas confesso que nunca tive paciência para a fazer eu própria. Tenho a sorte de ir cá chegando a casa por mãos amigas, e basta-me!
Um abraço,
Guida

Mar disse...

Também me acontecia. Não gostava nada. Demasiado cítrico. Depois mudou. Mas quanto ao de laranja com whisky, nem pensar:) É muito "à frente" para mim:)
Sabias que estes doces tipicamente ingleses têm matriz portuguesa? A nossa Catarina de Bragança levou para lá a ideia. Não havia marmelos para fazer o doce de que tinha saudades, adaptou-se assim, que havia muitos citrinos.

Um beijo.

Mar

panelasemdepressao disse...

Acrescento ao comentário da Mar:
por isso eles designam a compota por "marmalade", porque é uma "colagem" à nossa marmelada ;)
Bj para ambas
Guida

Babette disse...

É uma delícia, este doce!

Nós portugueses somos assim ;) Levámos o chá para Inglaterra e ainda lhe ensinamos a melhorar o lanche da tarde! Com a marmalade, agora tão tipicamente british ;)

Obrigada!

Babette