segunda-feira, 30 de Abril de 2012

Doce de Três Citrinos e Uma Pausa



O vício do momento... Um dos melhores doces que já comi! Sem o travo tão amargo da marmelade, este doce intenso equilibra na perfeição o doce com os sabores cítricos da toranja, da laranja e do limão. E fica bem com tudo: barrado em pão, em tostas, sobre fatias de bolo, com queijo e com tudo mais que a imaginação permita.... 


E entretanto uma pausa. A tão desejada mudança de casa está a acontecer. Vou precisar de algum tempo para me organizar. E arrumar tachos, panelas e outros que tais. Novos electrodomésticos (medo da indução!!!), dias agitados e criar novas rotinas. Até já... Num novo lar!...


Ingredientes
(Receita da minha querida amiga P., a metadinha da minha mãe...)

2 toranjas rosa
4 laranjas
3 limões
6 cups de açúcar
4 cups de líquido de cozer as cascas (feito a partir de 6 cups de água)


Preparação

Com um cortador de cozinha, retirar a casca de todos os frutos, tendo o cuidado de não chegar à "parte branca". Cortar todas elas em tiras fininhas e com cerca de 3 a 4 cm de comprimento. Num tacho, colocar 6 cups de água fria e as cascas dos citrinos. Levar ao lume e deixar ferver por 1/2 hora. Entretanto, retirar a parte branca dos frutos, que não se aproveita. Cortar os frutos em gomos, por entre as membranas. Com um prato por baixo para apanhar o sumo que vá pingando, retirar as membranas dos gomos e os caroços. Com essas membranas e os caroços, fazer uma pequena trouxa, envolvendo-os numa gase fina. Entretanto, coar as cascas dos frutos, e medir 4 cups do líquido de as cozinhar. Numa panela grande e de fundo pesado, colocar as cascas, os gomos da fruta, os 4 cups de líquido, os 6 cups de açúcar e a trouxinha com os caroços e as membranas da fruta. Levar a ferver por cerca de 30 a 40 minutos, em forno alto e mexendo com regularidade. Para saber se ficou no ponto, colocar um pratinho vazio no frigorífico por meia hora. Passado esse tempo retirar e colocar um pouco de doce no prato. Se, depois de arrefecer,se apresentar firme ao toque, está pronto. Já fora do lume, mexer energicamente por um minuto. Deitar em frascos esterilizados.

Bom Apetite!

sexta-feira, 27 de Abril de 2012

Casa Branca


No dia em que completam 6 anos, ofereço aos meus filhos poesia. Com um título que terá um significado literal, já que, por estes dias, acontece a mudança para a nossa nova casa. Uma casa branca, apesar de não ser em frente ao mar, mas dentro da qual esperamos ser muito felizes. Aos meus dois índios, poesia, então, e também uma casa branca. Que se lembrem mais tarde que aos 6 anos receberam uma casa. Para a qual estão desejosos de ir...

Casa Branca

Casa branca em frente ao mar enorme,
Com o teu jardim de areia e flores marinhas
E o teu silêncio intacto em que dorme
O milagre das coisas que eram minhas.

A ti eu voltarei após o incerto
Calor de tantos gestos recebidos
Passados os tumultos e o deserto
Beijados os fantasmas, percorridos
Os murmúrios da terra indefinida.

Em ti renascerei num mundo meu
E a redenção virá nas tuas linhas
Onde nenhuma coisa se perdeu
Do milagre das coisas que eram minhas.

Sophia de Mello Breyner Andresen
in Poesia I (1944)

segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Bolo de Iogurte com Amêndoa


O fim-de-semana chuvoso pediu um bolo e uma chávena de chá. Numa variação do que agora é a minha receita de bolo de iogurte. Com o sabor da amêndoa a dar uma graça e a permitir honras de post. O bolo certo para qualquer fim-de-semana...

Ingredientes


1 iogurte grego natural açucarado
2 vezes a medida do copo de iogurte de açúcar
3 vezes a medida do copo de iogurte de farinha
1 vez a medida do copo de iogurte de amêndoa moída
1 vez a medida do copo de iogurte de óleo 
5 ovos inteiros 
manteiga e farinha para a forma

Preparação

Bater muito bem os ovos com o açúcar. Juntar o iogurte e continuar a bater. Adicionar a farinha, a amêndoa e o óleo e envolver bem. Levar ao forno, sem pré-aquecer, a 170ºC durante 50 minutos. Desenformar ainda quente.

Bom Apetite!


sexta-feira, 20 de Abril de 2012

Biscoitos de Nozes


É viciante. Um meio biscoito / meio bolo, que desaparece rapidamente sempre que se faz. Para acompanhar um chá ou o café, nestes dias tímidos de Primavera que ainda pedem algo quente para confortar. E nada mais a dizer. A não ser que é mesmo de experimentar...

Ingredientes

200 gr de nozes
250 gr de farinha 
250 gr açúcar
4 ovos
manteiga e farinha para polvilhar


Preparação


Bater os ovos, com o açúcar e a farinha. Partir as nozes grosseiramente e envolver na massa. Levar ao forno num tabuleiro rectangular untado de manteiga e polvilhado com farinha, a 180ºC, por 25 a 30 minutos ou até se apresentar cozido. Depois de desenformar, partir em palitos. Guardar (em vão!...), numa caixa hermética, para se conservarem melhor.


Bom Apetite! 


quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Frango de Fricassé



As comidas que nos transportam para a infância... Adorava quando a minha avó A. fazia frango de fricassé. Ou lulas guisadas. Ou croquetes, bifes enrolados, aletria e mais uma meia dúzia de coisas que nunca mais me hão-de-saber tão bem... Era uma grande cozinheira, essa minha avó. Com uma mão muito certa para os temperos. Depois de uns dias a falar do frango de fricassé da avó, a minha mãe fez-me o mimo. Quase, quase com o sabor de antigamente... Obrigada, mãe. No teu colo somos sempre pequeninas e deixas-nos molhar o pão todo no prato para rapar o molho....

Ingredientes

4 pernas e 4 peitos de frango partidos em pedaços
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de azeite
1 cebola
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 dl de vinho branco
1 caldo de galinha natura dissolvido em 250 ml de água quente
1 gema
salsa picada
sumo de 1/2 limão


Preparação

Levar ao lume a manteiga, o azeite e pôr a refogar a cebola bem picadinha. Juntar o frango e mexer até alourar um pouco. Adicionar o vinho branco e deixar ferver por uns minutos. De seguida, adicionar o caldo de galinha dissolvido na água. Deixar cozinhar lentamente, cerca de 25 minutos. Retirar um pouco do molho para uma tigela, deixando arrefecer. Dissolver nesse molho 1 colher bem cheia de farinha, 1 gema e o sumo de 1/2 limão. Adicionar este preparado ao frango e ao restante molho, envolvendo bem. Deixar cozer em lume brando por 2 a 3 minutos, mexendo continuamente até engrossar por igual. Rectificar o sal, se necessário. Polvilhar abundantemente com salsa picada. Servir imediatamente.

Bom Apetite!



segunda-feira, 16 de Abril de 2012

Bacalhau Gratinado com Espinafres


O fiel amigo mais uma vez revisitado. A receita que costumo fazer de bacalhau gratinado, a que acrescentei um bom molho de espinafres. Ficou muito saboroso, envolto naquele molho que lhe dá uma cremosidade especial. Para repetir muitas vezes!...

Ingredientes (6 pessoas)

7 batatas médias
2 boas postas de bacalhau
4 ovos
1 cebola picada
1 colher de sopa de azeite
noz moscada, piripiri (opcional)
1 colher de sopa bem cheia de farinha
1 colher de sobremesa de margarina
1/2 litro de leite

1 molho de espinafres
queijo ou pão ralado

Preparação

Cozer os espinafres em água com sal por 15 minutos, escorrer a água em excesso e reservar. Cozer e cortar em cubos as batatas, o bacalhau e os ovos. Num tacho largo colocar, em frio, a cebola picada, o azeite, as batatas, o bacalhau e os ovos. Juntar a noz moscada, e o piripiri (opcional). Adcionar a margarina e polvilhar com a farinha. Em lume brando juntar, aos poucos 1/2 litro de leite até formar um creme. Cortar os espinafres finamente e adicionar ao creme de bacalhau, envolvendo bem. Colocar num pirex e polvilhar com queijo ou pão ralado. Vai ao forno a gratinar, no 200ºC, por 20 minutos.



Bom Apetite!

sexta-feira, 13 de Abril de 2012

Creme de Aipo com Alho Francês



Uma sopa muito cremosa e de sabor delicioso. Os meus filhos votaram como a sopa preferida. À frente da "canja com ovinhos", como disseram. Não é preciso muito para uma sopa saborosa. Ingredientes misturados na proporção certa. Se possível, biológicos, com aquele sabor verdadeiro...


Ingredientes

3 batatas 
2 cebolas
2 alhos franceses
1 talo de aipo grande
1 raminho de salsa
cerca de 1 litro de caldo de legumes
sal, azeite q.b.

Preparação
 

Cortar todos os legumes finamente, cobrir com o caldo de legumes (o necessário para cobrir todos os legumes) e levar a ferver, reduzindo depois o lume e deixando cozinhar por cerca de 40 minutos. Reduzir a puré com a varinha mágica. Rectificar o sal, se necessário, e adicionar um fio de azeite. 

Bom Apetite!



quarta-feira, 11 de Abril de 2012

Para início



O início de uma refeição pode ser como quisermos. Penso nisso muitas vezes. No sentido metafórico e também no literal. A maneira como uma família se senta à mesa. Como convivem amigos e conhecidos. Como se encara esse momento de partilha. A estação do ano em que acontece e os produtos disponíveis. O início, sobretudo o início, pode ter muitas formas: uma sopa ou uma tarte salgada. Uma salada, um pudim de legumes, patês ou tapas. Petiscos muitas vezes breves e quase imperceptíveis. Como estes palmiers mistos ou os folhadinhos de salsicha. Que na mesa tiveram a atenção sobretudo dos mais pequenos. Pequenas delícias...


Ingredientes

1 base de massa folhada rectangular (usei do Lidl)
queijo e fiambre
1 lata de salsichas cocktail
mostarda
1 gema de ovo


Preparação

- Folhadinhos de Salsicha

Cortar a massa folhada ao meio. Cortar uma das metades em tiras de largura ligeiramente inferior ao tamanho da salsicha para que, depois de prontos, fiquem à vista as extremidades da salsicha. Barrar a massa levemente com mostarda e enrolar a salsicha, tendo o cuidado de os colocar no tabuleiro do forno, forrado a papel vegetal, com a dobra para baixo. Pincelar com metade da gema de ovo.  Levar ao forno pré-aquecido, a 180ºC, por 20 minutos.


- Palmiers Mistos

Rechear a restante massa folhada com fatias de fiambre e de queijo. Cortar rectângulos e enrolar cada um de fora para dentro até que se encontrem no centro as duas extremidades, obtendo-se assim o formato de palmiers. Pincelar com a restante gema de ovo. Levar ao forno pré-aquecido, a 180ºC, por 20 minutos, em tabuleiro forrado a papel vegetal.

Bom Apetite!

segunda-feira, 9 de Abril de 2012

Páscoa doce



A minha Páscoa soube a doce, a amêndoa e a chocolate. Sob a forma de um presente de uma amiga da blogosfera. Muito generosa, que foi a Teresa. Que me enviou um presente doce e outro para usar, como ela disse. Almendrados de Chocolate que nos deliciaram. Meninos ao redor da mesa a tentar surrupiar o terceiro... E um avental alegre, que espero em breve estrear na minha cozinha. Tudo isso um presente. O poder de arrancar sorrisos e de o coração bater mais forte enquanto se abre uma caixa. A expectativa do que de lá irá sair... Ternura em forma de selo. Palavras que aproximam. Obrigada à Teresa, e ao Lume Brando. Que fazem parte dos meus dias...



quinta-feira, 5 de Abril de 2012

Pão de Ló de Laranja e uma Páscoa Feliz



Para mim, a Páscoa sabe a Pão-de-Ló. Costumo fazê-lo na sua versão tradicional, forrado a papel e com ovos caseiros guardados para a ocasião. Mas este ano vou substituí-lo por este de laranja. A Pipinha chama-lhe apenas bolo de laranja, mas eu baptizei-o de Pão-de-Ló, por ser fofo e não levar gordura. Uma Páscoa doce, então. Com pão-de-ló simples ou de laranja.

Ingredientes

6 ovos
1 chávena de chá de açúcar mal cheia
1 chávena de chá de farinha bem cheia
raspa e sumo de uma laranja 
margarina e farinha para untar e polvilhar a forma

Preparação

Bater as gemas com o açúcar, até obter um creme volumoso. Adicionar o sumo e a raspa da laranja. Envolver a farinha, peneirada e, por fim, as claras que foram previamente batidas em castelo. Levar ao forno em forma untada de margarina e polvilhada de farinha, a 175ºC, por 40 a 45 min.

Bom Apetite!


terça-feira, 3 de Abril de 2012

Tortilha de Espinafres e Requeijão



Mais uma sugestão de refeição ligeira: uma tortilha leve e fresca para servir nestes dias de Primavera. A combinação de espinafres com queijo branco - como o requeijão - é um clássico, mas agrada sempre. Na versão tortilha, fica mesmo irresistível!...

Ingredientes

300 gr de espinafres
200 gr de requeijão
5 ovos
2 batatas cozidas
1 cebola roxa
sal, pimenta

Preparação

Lavar os espinafres e reservar. Numa frigideira, saltear a cebola partida em rodelas finas. Juntar as batatas partidas em cubos e deixar saltear por mais uns minutos. Adicionar as folhas de espinafres e deixar murchar por uns 3 minutos. Numa taça, esmagar o requeijão com um garfo e juntar os ovos. Misturar bem e temperar com sal e pimenta. Verter sobre os legumes e deixar cozinhar. Quando a parte de baixo parecer cozida, virar a tortilha com a ajuda de um prato. Deixar cozinhar do outro lado. Está pronta a servir!

Bom Apetite!