sexta-feira, 30 de Setembro de 2011

Salada de Presunto com Maçã e Ovo


Fecho o mês que fecha o Verão com uma última salada. Os dias de Outubro, ainda que amenos, já não condizem com saladas frescas. Para mim, o fim deste mês de Setembro, de que gosto tanto, encerra definitivamente a temporada de Verão, dos dias compridos e quentes, das férias com dias preguiçosos e lânguidos. Outubro já quer dizer frio, talvez chuva, aconchego e casa. Dias mais curtos e cheios de escola, de trabalho e de rotinas. Na cozinha, tartes e bolos. Chá e marmelada. Mudam-se as cores e mudam-se as vontades... Adeus, Setembro!...

Ingredientes

Alface
Presunto
2 ovos cozidos
2 maçãs
azeite e vinagre


Preparação

Numa saladeira ou em pratos individuais, dispor folhas de alface e, por cima, a maçã partida em cubos grandes, o ovo também cortado em cubos e tiras de presunto, a gosto. Temperar com um pouco de azeite e vinagre. Servir de imediato.

Bom Apetite!


quinta-feira, 29 de Setembro de 2011

Tarte de Côco e Maracujá



Uma Tarte deliciosa. E ainda por cima muito simples de fazer. Usei a receita da Pipoka com pequeníssimas alterações e, por opção, resolvi cobrir com um creme de queijo. A combinação da amêndoa, do maracujá e do coco surpreendeu e conquistou. Ficou perfeita!

Ingredientes


4 ovos
3/4 de uma chávena de chá de açúcar
80 gr de margarina sem sal, amolecida
60 gr de amêndoas moídas
1 chávena de chá de coco
1 chávena de chá de polpa de maracujá (sem grainhas)
1 chávena de chá de leite 
½ chávena de chá de farinha, peneirada

3/4 de uma embalagem de queijo-creme light
3 colheres de sopa de açúcar em pó
1 colher de sopa de polpa de maracujá
polpa de maracujá para enfeitar

Preparação

Aquecer o forno a 170°C. Num liquidificador, juntar os ovos, a margarina, a amêndoa, o coco, o sumo de maracujá, o leite e a farinha, misturando bem. Colocar numa tarteira (sem fundo amovível), previamente untada com margarina. Levar ao forno durante cerca de 50 minutos a 1 hora, até ficar dourada. Deixar arrefecer. Entretanto, preparar a cobertura batendo bem todos os ingredientes. Barrar a Tarte com este creme e colocar no frigorífico até à hora de servir. Servir às fatias, enfeitadas com polpa de maracujá. 


Bom Apetite!
 

quarta-feira, 28 de Setembro de 2011

Penne com Molho Pesto, Espargos e Nozes



Um bom prato de massa é sempre uma comida bonita e que agrada. Esta, totalmente vegetariana, satisfez pela combinação feliz de ingredientes. 3 à mesa com 3 ingredientes mais saborosos que a Troika: pesto, espargos e nozes!...

Ingredientes

250 gr de penne
1 molho de espargos cozidos aos pedaços
Nozes a gosto
3 colheres de sopa de Pesto (caseiro ou de compra)
sal e azeite
Queijo das ilhas ralado, a gosto

Preparação

Cozer a massa em água abundante com sal, seguindo as indicações da embalagem para que fique al dente. Escorrer e reservar, guardando um pouco da água da cozedura. Numa frigideira grande (usei o wok), saltear a massa com as 3 colheres de sopa bem cheias de pesto. Juntar os espargos e envolver bem. Regar com um fio de azeite. Servir imediatamente com as nozes e o queijo das Ilhas.

Bom Apetite!

terça-feira, 27 de Setembro de 2011

Folhados de Vieiras com Salada Verde


Uma entrada muito saborosa e requintada. Um béchamel suave aromatizado com um pouco de massa de pimentão envolveu umas vieiras salteadas em azeite e alho. Um petisco que abriu com chave de ouro o almoço para a minha Babalú...

Ingredientes

1 placa de massa folhada
100 gr de vieiras
1 colher de sobremesa de margarina
1,5 colheres de sobremesa de farinha
250 ml de leite (magro)
1 colher de café de massa de pimentão
sal, noz-moscada e sumo de limão


Preparação

Lavar bem as vieiras e salteá-las juntamente com um dente de alho inteiro em azeite bem quente, até alourarem (cerca de 2 a 3 minutos de cada lado). Picá-las com uma faca e reservar. Entretanto, preparar o molho béchamel: Num tachinho, deixar derreter a margarina e juntar a farinha, mexendo bem até se formar uma bola. Deitar o leite (deve estar quente) em fio mexendo sempre. Quando terminar, juntar a massa de pimentão e deixar o molho ferver um minuto só até engrossar. Fora do lume temperar com noz-moscada e umas gotas de sumo de limão. Adicionar as vieiras e rectificar o sal, se for necessário. Cortar a massa folhada em 8 porções (com uma faca ou usando cortadores de bolachas com formatos, por exemplo).  Rechear cada uma de 4 porções com o o creme de vieiras, cobrir com a restante massa e pressionar bem dos lados, de forma a não abrirem ao cozinhar. Levar ao forno pré-aquecido, a 200ºC, por 20 minutos. Servir mornos com uma salada de alface.

Bom Apetite!

segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

Mesa para o Almoço da Babalú



Foi uma mesa geométrica. Dos motivos dos individuais aos das ementas. No centro, uma caixa-cigarreira, também geométrica, trazida de outras paragens... Um conjunto de maçãs a contrapor. Uma mesa simples em tons de verde com o resto das coisas de sempre ...





sexta-feira, 23 de Setembro de 2011

Dias Felizes



Uma data muito especial. Há 10 anos atrás era o dia em que somos princesas de vestido branco. Entrava de braço dado com o meu pai num dos dias mais felizes da minha vida. Um dia de início de Outono, que teve sol e chuva. Um tapete de flores e a família e os amigos a olharem-nos enternecidos. Somam-se outros 10 anos de namoro e temos uma conta que este ano é muito redonda. Feliz! E é bom  lembrar que a felicidade está nos dias, nos momentos que se somam em conjunto. Cada vez mais me convenço que somos felizes na sucessão das pequenas coisas....






quinta-feira, 22 de Setembro de 2011

Almoço para a Babalú...


Uma amiga muito especial, a minha "Babalú"... A F. foi minha colega de curso mas, curiosamente, poucas palavras trocámos durante a Faculdade. Houve apenas uma conversa muito inusitada sobre pés (já muito mais tarde ambas a recordámos!...) e alguns "olá, como estás?". Não seríamos amigas se o destino não tivesse querido que começássemos juntas o nosso percurso profissional. No mesmo dia, na mesma Instituição, no mesmo gabinete. A partir desse momento tornámo-nos muito amigas. Cúmplices e confidentes dos bons e maus momentos. Juntas percorremos muitas fases importantes da vida. Hoje já não vive no Porto, mas a distância não foi um entrave à amizade. Muitas e muitas vezes telefonamo-nos, "e-mailamo-nos" e mais importante que tudo, sabemos que quando há algo a partilhar, seja bom ou seja mau, somos das primeiras a saber. Como há pouco tempo uma notícia profissional muito boa para a F. Partilhada quase em directo. Este almoço foi um presente para a minha amiga. Para lhe dizer que é bom que uma mulher, jovem e do Norte, dê cartas destas. Como diria o outro "Porreiro, pá". E as maiores felicidades!... 


quarta-feira, 21 de Setembro de 2011

Bolo de Nectarinas


No dia em que nos despedimos do Verão, um doce com uma fruta do tempo quente. Um adeus  ao Verão num ano abundante em nectarinas, comidas ao natural, em doce e também neste bolo muito húmido e saboroso. Sirvo a última fatia de Verão...


Ingredientes
(Adaptado da Cozinha da Tecas, do Lume Brando)


750 gr de nectarinas maduras
Sumo de meio limão
40 gr de manteiga
3 colheres de sopa de açúcar mascavado
1/2 colher de chá de canela
+
150 gr de manteiga (usei apenas 170)
200 gr de açúcar amarelo
3 ovos grandes ligeiramente batidos
200 gr de farinha
1 colher de chá de fermento em pó

Preparação



Pré-aquecer o forno nos 175ºC . Untar uma forma de fundo amovível anti-aderente ou forrá-la com papel vegetal e untá-lo. Descascar as nectarinas e cortá-las em pequenos pedaços, colocando-as numa taça com sumo de meio limão. Reservar. Levar ao lume a manteiga e o açúcar mascavado, deixar derreter e juntar a fruta entretanto escorrida. Deixar cozinhar até caramelizar e os sucos derem origem a um xarope espesso, o que deve demorar cerca de 10 minutos. Pouco antes de terminar, juntar a canela. Entretanto, preparar a massa do bolo. Bater a manteiga com o açúcar até ficar esbranquiçado. Juntar alternadamente os ovos e a farinha e o fermento. Juntar a esta massa a fruta caramelizada, envolver e verter para a forma. Levar ao forno a cozer por cerca de 45 minutos. 


Bom Apetite!




terça-feira, 20 de Setembro de 2011

Brunch no BB Gourmet





O pequeno-almoço é sem dúvida a minha refeição favorita... E por isso quando uns amigos, no domingo passado,  me falaram do brunch que o BB Gourmet serve ao fim-de-semana eu só tive de esperar até ao sábado seguinte para ir experimentar. Muito bom e muito bonito. Do brunch consta uma selecção variada de pães, croissants, scones, quiches, pasteis de massa tenra, saladas, queijos e carnes frias. Está também incluído um prato quente, a escolher entre uma omolete, ovos benedict, ovos mexidos com espargos ou panquecas. Há ainda salada de fruta, bolo inglês, pasteis de nata e água ou chá a acompanhar. Uma óptima opção para um brunch de fim-de-semana, a dois, em família ou com amigos. Para ir. Aos fins-de-semana entre as 12h00 e as 16h00... Na internet a oferta do brunch acaba a 30 de Setembro, mas eles prometem continuar...



segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

Parabéns à Mãe e um Bolo de Aniversário





Parabéns Mãe! Hoje o post é em directo e dedicado a ti. Como se fosse uma breve carta. Sei que daqui a uns minutos estás a ligar o computador para ver o que a tua filha Babette terá publicado. O primeiro presente é este. O teu bolo de aniversário, que mais logo estaremos a provar. Claro que não ia cometer o pecado de abrir o bolo para fotografar o interior, por isso amanhã acrescento a imagem ... Quero que tenhas um dia feliz, com sol e coisas boas. E quero que saibas que te adoro e que tenho muito orgulho em ti. Mais tarde estaremos juntos, com a mana e os meninos e lá iremos nós colocar neste bolo a vela da "família" que já canta sózinha os parabéns, ainda que num tom cada vez mais arrastado... Um beijo grande. E muitos parabéns!...  


Ingredientes
(Receita da D.ª Benilde, mãe da minha amiga X., ligeiramente adaptada) 


"Bolo de Aniversário da Benilde"
6 ovos
12 colheres de sopa de açúcar (coloquei 10)
6 colheres de sopa de farinha
um pouco de sumol de ananás
+
3 ovos
6 colheres de sopa de açúcar (coloquei 5)
2 colheres de sopa da farinha
1 colher de sopa de chocolate em pó
1 colher de sopa de cacau em pó


Recheio e Cobertura
400 gr de queijo-creme light
100 gr de açúcar em pó
2 colheres de sopa de sumol de ananás


Raspas de chocolate
Nozes para enfeitar


Preparação


Bater muito bem 6 gemas de ovos com 10 colheres de sopa de açúcar. Noutra taça, bater as claras em castelo. Juntar à mistura de gemas e açúcar, de forma alternada, a farinha peneirada e as claras. Untar 2 formas redondas de 22 cm e dividir a mistura pelas duas formas. Levar cada forma a cozer em forno pré-aquecido, a 180ºC, por 12 minutos. Retirar e desenformar, deixando arrefecer.
Peneirar para uma taça a farinha, o chocolate e o cacau. Bater muito bem 3 gemas de ovos com 5 colheres de sopa de açúcar. Noutra taça, bater as claras em castelo. Juntar à mistura de gemas e açúcar, de forma alternada, a farinha com o chocolate e as claras. Untar 1 forma redonda de 22 cm e levar a cozer em forno pré-aquecido, a 180ºC, por 12 minutos. Retirar e desenformar, deixando arrefecer.
Para o recheio e cobertura, bater na batedeira o queijo, o açúcar e o sumol de ananás, até obter um creme homogéneo e espesso. Usar este creme para rechear os bolos e para cobrir. 
No prato de servir, colocar um dos bolos "brancos", picar com um garfo e regar com um pouco de sumol de ananás. Barrar com um pouco do recheio de queijo-creme. Colocar o bolo de chocolate e voltar a barrar com o recheio de queijo-creme. Colocar o terceiro bolo, picá-lo com um garfo e regar com um pouco mais de sumol. Cobrir o bolo com o restante queijo-creme. Enfeitar generosamente com raspas de chocolate e nozes. Servir frio.


Bom Apetite!







sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

Salada de Salmão Fumado com Alcaparras



Mais uma salada, comida nesta semana de calor. Também de peixe, desta vez com salmão fumado. Uma forma leve de comer ainda que saborosa e, porque não, bonita!...


Ingredientes


Alface
Tomate coração de boi
Salmão fumado
Alcaparras
Azeitonas
Salsa


Preparação


Cortar o salmão fumado em cubinhos, juntar um pouco de maionese e uma mão cheia de alcaparras. Envolver bem. Numa saladeira ou em pratos individuais, dispor folhas de alface, rodelas de tomate e, por cima, o salmão. Polvilhar com salsa fresca e enfeitar com azeitonas.


Bom Apetite!



quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

Salada de Peixe




Pelos vistos estavam-nos reservados mais uns dias de calor... Daquele calor que devia ter acontecido, com consistência,  no pico do Verão. E estes dias de um Setembro tão quente têm pedido saladas frescas. Para contrapor.


Ingredientes


2 medalhões de pescada cozidos e à temperatura ambiente
folhas de alface
1 ovo cozido
maionese
azeitonas
rodelas de limão


Preparação


Lascar o peixe e envolver suavemente  na maionese, a gosto. Numa saladeira ou em pratos individuais, colocar a alface e, por cima, o peixe com a maionese. Cobrir com ovo cozido picado finamente, e enfeitar com as azeitonas. Servir com rodelas de limão, partidas em quartos.


Bom Apetite!



quarta-feira, 14 de Setembro de 2011

Canelas de Coelho (Minhota)



Para mim, é um restaurante do dia-a-dia, na Baixa do Porto. Pequeno mas irresistível na decoração e no aconchego. Impossível não nos sentirmos bem. Pelo menos ao almoço, a escolha é simples. Há uma sopa do dia, um prato de carne e um prato de peixe. Se nenhum destes agradar, há ainda a Salada do Chef, uma Massa e um Risotto. Opto muitas vezes pela Salada do Chef. Uma salada "surpresa" que vai variando consoante os produtos que a estação tem para oferecer. Achei esta última que comi deliciosa, já que combinava duas das minhas frutas preferidas: cerejas e figos. Alface, rúcula, tomate, laranja e toranja, queijo feta, morangos, cerejas e figos com um bom vinagrete e um delicado molho pesto a acompanhar. Um sítio de regressar.

terça-feira, 13 de Setembro de 2011

Coxas de Frango Assadas no Forno



Comida de forno é tão reconfortante... Dos cheiros que se vão formando à textura inegualável que apresentam. Numa tentativa de variar as refeições do dia-a-dia, preparei estas coxas de frango no forno que ficaram suculentas e muito apetitosas. Acompanhei com batatinhas assadas (com pele, para os adultos, e descascadas para as crianças) e foi um sucesso de um assado!...

Ingredientes

4 coxas e sobrecoxas de frango
azeite, sal, ervas da provence, noz moscada, 
2 folhas de louro, 2 dentes de alho,
1 colher de chá de massa de pimentão
sumo de 1/2 limão


Preparação

Limpar o frango da pele e de todas as gorduras. Dar um golpezinho na parte da sobrecoxa, para melhor penetrar o tempero e facilitar a cozedura. Numa assadeira, colocar um fio de azeite e pousar as coxas. Temperar com um pouco de sal grosso, ervas da provence e noz moscada. Barrar cada uma um pouco de massa de pimentão e colocar um pouco de alho picado. Regar com o sumo de 1/2 limão. Deixar a tomar gosto por, no mínimo, 30 minutos. Levar a forno pré-aquecido, a 180ºC, por cerca de 1h e 15 min. A meio da cozedura virar o frango para que toste dos dois lados e, se necessário, regar com um pouquinho mais de azeite.
Acompanhar com batatinhas assadas, feitas do seguinte modo: lavar muito bem as batatinhas e dar um golpe em cada uma. Levar a cozer em água sem sal por 10 minutos. Quando se virar o frango, a meio da cozedura, aproveitar para colocar as batatinhas na assadeira, que só aí se temperam com um pouco e flor de sal e um fio de azeite. Vão, então, ao forno para, juntamente com o frango, acabarem de cozinhar.


Bom Apetite!


segunda-feira, 12 de Setembro de 2011

Risotto de Polvo

 



Este risotto é simplesmente divinal. Uma festa para os sentidos: são os cheiros que vão tomando conta da cozinha enquanto o vinho tinto evapora e se funde ao caldo aromático; é a expressiva tonalidade deste arroz tão rico e são os sabores que se vão adivinhando enquanto o garfo não chega à boca... Já disse que é divinal?... Isso mesmo: divino!


Ingredientes

1 copo pequeno de arroz para risotto (arbório ou carnaróli)
3 pernas de polvo já cozido
1 dente de alho
margarina (2 colheres de sobremesa)
azeite
água de cozer o polvo (1/2 litro)
2/3 de um copo de um bom vinho tinto
salsa 

Preparação

Num tacho largo, colocar o alho picado, um fio de azeite e uma colher de sobremesa de margarina. Quando aquecer juntar o arroz e mexer bem, até que este mude de cor (cerca de 2 minutos). Deitar o vinho tinto e deixar que evapore. Juntar, a pouco e pouco, a água de cozer o polvo, que deve estar quente, mexendo sempre o arroz até que este absorva o líquido. A meio do processo juntar o polvo partido em pedaços e envolver bem. Continuar a juntar o caldo até que acabe. No final deste processo o arroz deve estar cozido (mais ou menos 25 a 30 minutos). Depois de pronto, e já fora do lume, juntar salsa picada, uma colher de sobremesa de margarina e envolver bem. Deixar tapado por uns minutos antes de servir. 

Bom Apetite!