quarta-feira, 31 de Agosto de 2011

Bolo de Maçã



Gosto que as receitas tenham nome. Trazem a história e a memória de quem mas confiou. Este será, por isso, o Bolo de Maçã da C. Feito para um lanche de um dia de Verão. Delicioso!...


Ingredientes 

3 ou 4 maçã saborosas
2 chávenas de chá de farinha com fermento
1 chávena de chá de açúcar branco
1 chávena de chá de açúcar amarelo
1 chávena de chá de manteiga derretida
1/2 chávena de amêndoa laminada
3 ovos grandes ou 4 pequenos


Preparação


Laminar as maçãs com casca. Numa tigela, misturam-se a farinha com fermento, a amêndoa e o açúcar. Untar e forrar uma forma com papel vegetal. Colocar na forma uma camada de maçã laminada, depois uma camada da mistura seca e assim sucessivamente até acabar com uma camada de maçã. Noutra taça, bater os ovos ligeiramente  com um garfo e verter sobre as camadas. Por fim, verter a manteiga. Vai ao forno, pré-aquecido, a 175ºC, por cerca de 40 minutos. Servir o bolo morno simples ou, como sugere a C., com uma boa colherada de chantilly.


Bom Apetite!


terça-feira, 30 de Agosto de 2011

Lombos de Pescada com Leite de Côco


Normalmente sigo receitas à risca e planeio antecipadamente as refeições que se fazem lá em casa. Mas outros dias há em que a rotina é quebrada, quer por falta de tempo ou de imaginação. E, nesses dias, surgem por vezes combinações que se vão desenhando quase por si só enquanto estou na cozinha. Foi assim que uns modestos lombinhos de pescada num rotineiro dia de semana ganharam estatuto de prato nobre, conquistando o palato de quem os provou. O sabor é excelente! 

Ingredientes

4 lombinhos de pescada
1 cebola
1 dente de alho
1 tomate
1 colher de chá de massa de pimentão
1 colher de sopa de vinho branco
1/4 de lata de leite de coco
Azeite, sal, noz-moscada, louro moído, salsa
Cebolinho fresco q.b. e fatias de pão torrado para servir

Preparação

Num tachinho, refogar a cebola e o alho picados num pouco de azeite. Deitar o tomate fresco partido em pedaços, a massa de pimentão e a salsa e envolver bem. Pousar os lombinhos nessa cama de legumes e regar com o vinho branco. Temperar com sal, noz-moscada e um pouco de louro deixar cozer, em lume brando, por cerca de 15 a 20 minutos. Retirar o peixe do tacho (mantendo-o quente) e juntar o leite de coco, deixando fervilhar por 5 minutos. Triturar o molho com a varinha mágica. Rectificar os temperos, se necessário. Servir o peixe pousado numa fatia de pão torrado e coberto com o molho. Enfeitar com cebolinho fresco.

Bom Apetite!

segunda-feira, 29 de Agosto de 2011

Bolo para o Chá


Sim, este Verão tenho ligado o forno muitas vezes. Como o tempo está muito instável, há dias frescos em que ao lanche apetece uma fatia de bolo com chá. Este está no meu livrinho de receitas com o nome de "bolo simples para o chá". Acho mesmo que não podia ter outro nome... O difícil foi escolher o chá: "english rose" ou "lemoncello"?...


Ingredientes


500 gr de farinha com fermento
500 gr de açúcar
2 colheres de sopa de margarina
6 ovos
250 ml de leite
raspa de 1 limão


Preparação


Bater o açúcar com a margarina até obter um preparado volumoso e esbranquiçado. Juntar de seguida as gemas e bater bem. Adicionar então a raspa do limão, o leite e a farinha. Por fim, bater as claras em castelo e envolvê-las bem no preparado. Coze em forno moderado (175ºC), por cerca de 40 a 45 minutos. 


Bom Apetite!



sexta-feira, 26 de Agosto de 2011

Compota de Nectarina



Este Verão trouxe muitas nectarinas à minha cozinha. Que foram comidas ao natural, em doces e compotas e até em bolos. Esta compota, por exemplo, é uma delícia. Para servir aos de casa e aos convidados, como ilustra o caderninho de receitas que me foi oferecido pela P., a amiga "metadinha" da minha mãe. Um caderninho lindo, com uma capa cor de ... nectarina!


Ingredientes


1,5 Kg de nectarinas (peso já descascadas e sem o caroço)
1 kg de açúcar
2 paus de canela
sumo de 1 limão médio


Preparação


Descascar as nectarinas e cortá-las em cubinhos. Levar as nectarinas envolvidas no açúcar ao lume, num tacho largo. Juntar a canela e o sumo do limão. Deixar ferver até obter um ponto estrada (colocar um pouco do doce num prato raso: com uma colher traçar um sulco; se esse sulco se mantiver, ou seja, se ficar uma "estrada" no doce, está obtido o ponto), cerca de 30 a 35 minutos. Retirar do lume. Guardar em frascos esterilizados, que só devem ser fechados depois do doce completamente arrefecido.


Bom Apetite!




quinta-feira, 25 de Agosto de 2011

Salada Fresca para o Verão


Pois o blog anda como o Verão... Num dia coloco uma sopa quente e no outro uma salada que grita "Verão"! Nada a fazer... Este Verão indeciso tem inspirado combinações inusitadas... Como ultrapassar? Nos dias solarengos e quentes comam esta Salada. Nos outros, reconfortem-se com uma bela sopa, quente e aromática...


Ingredientes


1 ovo cozido
1 tomate coração de boi
1/2 pepino
queijo feta
castanha de cajú
azeitonas
sal, azeite, vinagre de vinho branco
sementes de sésamo


Preparação


Numa saladeira ou em pratos individuais, colocar o tomate e o pepino partidos em cubos pequenos. Temperar com sal. Colocar de seguida o queijo e o ovo em cubinhos, as azeitonas e a castanha de cajú previamente torrada numa frigideira, com um pouco de sal. Regar com um fio de azeite e um pouco de vinagre. Polvilhar com sementes de sésamo e servir de imediato.


Bom Apetite!





quarta-feira, 24 de Agosto de 2011

Creme de Couve-flor com Aipo e Gengibre


Bastou esse travo. Esse pequeno toque dado pelo gengibre. E a sopa, que já estava aromatizada com o aipo, ganhou nova vida. Sopa renovada! Para quem já gosta de sopa, só vai passar a gostar ainda mais...


Ingredientes


3 cenouras (usei biológicas)
1 batata grande
2 cebolas grandes
1 couve-flor pequena
1 lata pequena de feijão branco
2 talos de aipo (usei biológicos)
4 cm de gengibre fresco

cerca de 1 litro de caldo de legumes
sal, azeite q.b.
salsa fresca para servir

Preparação
 

Cortar todos os legumes finamente, juntar o feijão, cobrir com o caldo de legumes (o necessário para cobrir todos os legumes) e levar a ferver, reduzindo depois o lume e deixando cozinhar por cerca de 40 minutos. Reduzir a puré com a varinha mágica. Rectificar o sal, se necessário, e adicionar um fio de azeite. Polvilhar com salsa fresca, na altura de servir.



Bom Apetite!



terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Quiche de Tomate Fresco com Queijo de Cabra


Outra boa opção para uma refeição ligeira de Verão e para aproveitar as remessas de tomate que têm chegado à minha cozinha. Esta foi acompanhada de uma boa salada verde e um vinho verde muito fresquinho...


Ingredientes


1 massa quebrada fresca
4 ovos
2 dl de leite
100 gr de queijo de cabra esfarelado
1 tomate coração de boi partido em cubinhos
2 rodelas grossas de salpicão partidas em cubos pequenos
sal e pimenta, a gosto

Preparação

Forrar uma tarteira com a massa, picá-la e cozer por 10 minutos a 180ºC e reservar. Numa taça, bater os ovos, juntar o leite e temperar com sal e pimenta. Sobre a massa, pré-cozida, espalhar o tomate, o queijo e o salpicão. Verter a mistura de ovos e leite. Levar a cozer, em forno pré-aquecido, nos 180ºC, por 25 minutos. Servir morna.

Bom Apetite!



segunda-feira, 22 de Agosto de 2011

Gratidão



Pelo convite da I. Pela generosidade que foi o acto de me incluir, a mim e aos meus três rapazes, no almoço que todos os anos, na mesma data, oferece aos amigos. O reencontro que a vida proporcionou à minha mãe e a estas duas boas amigas estendeu-se como uma raíz. E nós, os filhos, percebemos que essa amizade é muito especial. E sentimo-nos abrangidos por ela. Com uma naturalidade difícil de explicar. Parece impossível conhecermo-nos há apenas um ano...






A I. é encantadora e uma anfitriã nata. Tudo nesse dia estava pensado com carinho e bom gosto, e o desfile de sobremesas era digno de registo. Bolos, semi-frios, tartes, mousses, cheese-cakes e outras iguarias apresentaram-se divinos e arrancaram elogios de todos os comensais...


Um beijo à I. e outro ao H. por toda a simpatia. E a nossa gratidão.

sexta-feira, 19 de Agosto de 2011

Salada de Atum com Feijão Branco


No Verão como muitas saladas. São opções práticas para o dia-a-dia e, dependendo do que lá que se coloca, bastante saudáveis. Ainda que este Verão esteja muito tímido no que toca a calor, as opções de saladas lá têm aparecido... Esta, por exemplo, ficou muito saborosa!


Ingredientes


Alface Roxa
Alface Frisada
1 lata de atum
1/2 lata de feijão branco cozido
Salsa, Azeitonas
Sal, azeite e vinagre de vinho tinto

Preparação

Numa saladeira ou em pratos individuais, colocar as alfaces, o feijão branco e o atum bem escorrido. Dispor azeitonas, a gosto. Regar com um fio de azeite e um pouco de vinagre de vinho tinto. Polvilhar com salsa picada. Servir de imediato!

Bom Apetite!



quinta-feira, 18 de Agosto de 2011

Pizza Itália


Um pedido de um dos meus filhos para as férias: Pizza!... Missão cumprida! Que nome dar a uma pizza com ingredientes de cor verde, vermelha e branca?... Pizza Itália, pois então!...

Ingredientes

½ desta receita de massa de pizza
½ desta receita de molho de tomate
200 gr de fiambre em cubinhos

1 queijo mozzarella de búfala
alcaparras
queijo ralado, a gosto
folhas de manjericão

Preparação

Estender a massa de pizza e forrar com ela um tabuleiro de forno. Barrar a massa com o molho de tomate e dispor queijo ralado, a gosto, o fiambre e as alcaparras. Cortar a mozzarella de búfala em fatias e distribuir pela pizza. Levar ao forno pré-aquecido, nos 200ºC, por 12 a 15 minutos. Depois de retirar do forno, colocar folhinhas de manjericão e servir de imediato.

Bom Apetite!




quarta-feira, 17 de Agosto de 2011

Chantilly de Chocolate


... ou Mousse de Chocolate Molecular. Quando vi a receita publicada pela Ana, e o vídeo que a acompanha tive vontade de saltar logo para a cozinha para a experimentar. Não deixei passar a primeira oportunidade para testar esta receita estupenda e tão simples de preparar.


Ingredientes


225 gr de chocolate (usei com 70% de cacau)
200 ml de água
água fria e gelo q.b.
raspas de chocolate branco e raspas de limão para enfeitar


Preparação


Numa taça larga colocar água e gelo. Reservar uma outra taça mais pequena. Num tachinho, levar a água ao lume a aquecer, juntar o chocolate e derretê-lo, misturando bem. Verter essa mistura sobre a tigela vazia e mergulhá-la rapidamente na taça com o gelo, sem deixar que entre água! Com uma batedeira eléctrica, bater o preparado até obter uma mousse com a consistência desejada. Enfeitar com raspas de chocolate branco e raspas de limão. Levar ao frigorífico até à altura de servir.


Bom Apetite!





terça-feira, 16 de Agosto de 2011

Bolo Patriarca



... ou bolo inventado pelo meu pai... É um bolo muito saboroso, e merece ser feito com um bom cacau, para intensificar o seu sabor tão especial. Com a licença do pai, aqui fica a receita:


Ingredientes 


2 chávenas de chá de farinha
1,5 chávenas de chá de açúcar
1 chávena de chá de cacau
1 chávena de chá de óleo
1 chávena de chá de leite quente
5 ovos inteiros
2 colheres de chá de fermento


Preparação


Numa tigela, misturar bem os ingredientes secos, i.e, a farinha, o açúcar o cacau e o fermento. Juntar então, aos poucos, o óleo, depois o leite aquecido e os ovos inteiros. Levar a cozer (o forno não precisa de ser pré-aquecido), numa forma untada e polvilhada de farinha, no 165ºC por 4o a 45 minutos.


Bom Apetite!



sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

Comemorando


Ainda durante o nosso período de férias, houve lugar a uma comemoração muito especial. Muito importante na vida profissional da minha irmã. Uma grande conquista. E por aqui, como sabem, os sucessos e os fracassos são partilhados por inteiro pela "tribo", o nome carinhoso a que damos à família nuclear que nos serve sempre de rede nos desaires e de trampolim nas alegrias...


E nada melhor do que uma comemoração em roda de uma mesa, com tempo e com conversas entre todos. Foi assim na casa dos meus pais: uma mesa recheada de afectos e orgulho no sucesso alcançado. 


A minha irmã escolheu o que queria comer, a minha mãe fez o prato principal, e o meu pai, para além do bolo, fez questão de pôr por escrito a ementa... Pouco trabalho para a Babette, então, que se limitou a colaborar numa parte da sobremesa.


Aqui fica essa ementa tão especial...


Ementa para a Ni

"Quem tem tapa
Sempre escapa!
Há-de S. Miguel, Castelões
E também Camembert
Para glutões e "experts".
Ainda as há de paio,
Para encher o bandulho,
saborosas em Maio,
mas também no mês de Julho.
Porém o prato "principale"
a pedido da Nininha,
é um gostoso Timbale,
recheado de galinha.
O arroz sem nome acompanha
com salada multi-sabor
e regado com a "champanha"
p'ra combater o calor.
Claro que há outras bebidas:
água, coca-cola e Montes Ermos
todos eles bem servidos,
com regra e bons termos.
Há fruta da ocasião
mais o Bolo Patriarca,
inventado pelo João.
Quer deixar a marca
de bolo especial
em qualquer kitchenette,
e não fica nada mal
com a mousse da Babette.
E p'ra Nininha
p'ra ela só
um bolinho louro e belo:
um pequenino pão-de-ló
feito em Viana do Castelo!..."

Bolo Patriarca
Chantilly de Chocolate

quinta-feira, 11 de Agosto de 2011

Das Férias - II




Londres é uma das minhas cidades. Revisitada sempre que é possível. Porque há sempre alguma coisa de novo, porque é obrigatório rever alguns lugares, porque se há pessoas que são de Paris eu sou definitivamente de Londres! Este ano, num contexto muito diferente. Com os meus dois meninos, num programa ajustado ao que os olhinhos de 5 anos querem ver. Por isso, muitos dinossauros. Duas idas ao Museu de História Natural. Experiências no Museu das Ciências. Muitos passeios nos autocarros de 2 andares. Corridas no Hyde Park à procura de esquilos. O Relógio que aparece no filme do Harry Potter. 





Houve poucas concessões aos divertimentos dos adultos, mas ainda consegui almoçar num dos meus sítios preferidos - o jardim do Victoria and Albert Museum -, rever duas ou três salas da Tate Modern, e dar um salto a Covent Garden e outro a Notting Hill, ao Portobello Market. Aos meus meninos, a certeza de lhes estar a dar mundo. De lhes abrir horizontes e incutir a curiosidade e o prazer de viajar... Memorável, esta sensação...




Por último, uma nota de perplexidade e de tristeza relativamente aos dias de violência que se têm feito sentir um pouco por toda a Inglaterra. Reflexos do mundo estranho em que vivemos... Lamentável.

quarta-feira, 10 de Agosto de 2011

Mendi




De volta ao Mendi. Um dos meus restaurantes preferidos. Para mim, o melhor restaurante indiano do Porto. Um lugar a que ia repetidamente nos tempos de namoro. Um lugar a que regresso sempre que preciso desses sabores exóticos a que estou habituada desde pequena. Nestas férias foi assim. Umas saudades imensas da entrada mista do Mendi. Reservámos um dia ao almoço para ir lá. A primeira vez com os nossos meninos. Os olhares cúmplices do dono a dizer-lhes que conhece os pais há muitos anos. A surpresa que tivemos ao perceber que, como quem sai aos seus, adoraram o espaço e a comida. Bom, regressar aos sítios onde somos repetidamente felizes. Um sítio de voltar. Sempre que apetece muito a entrada mista...




Entrada Mista
(Pakora, Samosa Vegetariana, Hara Bara Kabab, Onion Bahaji)



Caril de Frango, Arroz Pulau e Pão Naan

terça-feira, 9 de Agosto de 2011

Das Férias - I



É sempre assim. Passam a correr, os dias de férias. As nossas tiveram descanso e, apesar do tempo incerto, uma praia linda e um mar imenso. Passeios demorados pelo centro do país. Dias felizes com tempo para quem é mais importante. Nas comidas, a memória de peixe e mais peixe, com o sabor da nossa costa... 



segunda-feira, 8 de Agosto de 2011

Mais afectos


 


A teia dos meus afectos tem mais um fio. De Fa(da). A empatia com a Fa surgiu há muito tempo atrás. No tempo em que a Fa tinha um outro blog, que eu acompanhava anónima mas assiduamente. Depois, uns tempos largos sem aparecer na sua cozinha. E, entretanto, o meu blog. Pouco tempo depois a Fa regressa com as Nossas Cozinhas. E a presença passou a ser recíproca. Cá e lá. Por diversas vezes pensei em conhecê-la... Mas foi preciso uma Mar agregadora para o conseguir! Num domingo de Julho. Num sítio sem tempo. Numa evocação a outros tempos, em que ir às termas era mais do que um ritual. Com todo o significado que pressupunha. Nesse sítio sem tempo, as horas voaram. Entre cristais de outrora e um almoço de hoje, a concretização de um encontro. Pelas três desejado. Foi muito bom, querida Fa. É sempre muito bom, querida Mar. Na Curia, num certo domingo de Julho...