quinta-feira, 30 de Junho de 2011

Risotto de Espumante com Ervilhas



Um Risotto maravilhoso. Inesperada, a combinação. Surgida do acaso de, do Almoço da Mar, terem sobrado ervilhas e espumante. Tudo aliado ao facto de apetecer, num certo dia, aquele arroz que é cremoso e que nos "reconcilia com o mundo". Ficou tão simples mas tão bom... Este foi prato principal, mas pode ser um óptimo acompanhamento de carne ou peixe. 


Ingredientes


1 copo pequeno de arroz para risotto (arbório ou carnaróli)
1 copo de ervilhas já cozidas
1 dente de alho
margarina (2 colheres de sobremesa)
azeite
flor de sal
caldo de legumes (1/2 litro)
2/3 de um copo de espumante
queijo das Ilhas q.b.

cebolinho para enfeitar


Preparação

Num tacho largo, colocar o alho picado, um fio de azeite e uma colher de sobremesa de margarina. Quando aquecer juntar o arroz e mexer bem, até que este mude de cor (cerca de 2 minutos). Deitar o espumante e deixar que evapore. Juntar, a pouco e pouco, o caldo de legumes, que deve estar quente, mexendo sempre o arroz até que este absorva o líquido. A meio do processo juntar as ervilhas e envolver bem. Continuar a juntar o caldo até que acabe. No final deste processo o arroz deve estar cozido (mais ou menos 25 minutos). Depois de pronto, e já fora do lume, temperar com flor de sal, se necessário. Juntar queijo das Ilhas ralado a gosto e uma colher de sobremesa de margarina e envolver bem. Deixar tapado por uns minutos antes de servir. Polvilhar com cebolinho picado. 


Bom Apetite!

quarta-feira, 29 de Junho de 2011

Bruschettas de Morangos Balsâmicos com Queijo de Cabra


Uma sugestão de um snack ou de uma entrada para uma refeição informal de Verão. Os morangos envoltos em vinagre balsâmico ficam reforçados na sua doçura, que combina perfeitamente com o sabor intenso do queijo de cabra. As folhinhas de manjericão são uma explosão de frescura que ajudam a combinar todos os sabores. Muito recomendável para petiscar em dias de calor!...

Ingredientes
(Receita daqui)

Fatias de pão 
Queijo de cabra cremoso ou para barrar
100 gr de morangos
1 colher de sobremesa de Vinagre Balsâmico
Folhinhas de Manjericão fresco

Preparação

Arranjar e fatiar os morangos, envolvendo-os delicadamente no vinagre balsâmico. Tostar ligeiramente as fatias de pão. Barrar o pão com queijo de cabra, dispor os morangos em cima e polvilhar com manjericão fresco. Está pronto a servir!

Bom Apetite!



terça-feira, 28 de Junho de 2011

S. João




É a Festa do Porto, por excelência. Uma Festa democrática, de todos. Vivida por toda a cidade, na rua, em festas e bailaricos. Com martelinhos e alho porro. Sardinhas e Fogueiras de S. João. E balões S. Joaninos, os meus preferidos... A cidade de granito que é por norma solene e austera, fica nessa noite mais leve e descontraída. E o nosso, em particular, foi um S. João tão bom.... Tripeiro, caseiro, com caldo verde e sardinhas. Lançámos balões de S. João e, como em todos os anos, pedimos um desejo quando vimos o primeiro balão lá no alto, um ritual de fertilidade e de adoração ao sol. Os meninos ficaram eufóricos a ver os seus balões a conquistar o céu: "o meu já está em Lisboa" ... "o meu está a chegar à Lua"...







segunda-feira, 27 de Junho de 2011

Uma Mesa de Presente




O Registo de um jantar especial. O aniversário do meu Tio, irmão da minha Mãe. Feitas as contas, há demasiados anos que os irmãos não festejavam esta data juntos. Proporcionou-se este ano e foi muito bom. Apesar de ter sido celebrado na casa dos meus pais, a minha tia - a famosa Tia Pantagruélica (aqui e aqui) - não descurou a ementa que o meu Tio queria ter neste dia. E por isso aí veio ela de farnel às costas. A minha mãe pôs a mesa, enquanto os petiscos saíam de cestas de vime para serem finalizados com a exigência da frescura. Um desfile de coisas deliciosas, que a minha Tia L. faz como ninguém: uma boa Salada de Figos com Presunto, Salada de Tomate com Mozzarella de Búfala e Manjericão, Azeitonas gregas, Salada de Rúcula com Cebolas, Folar de Carnes, Panados com Lima e Limão. À sobremesa, um Bolo de Noz e um Clafoutis de Cerejas. Com muitos dos ingredientes produzidos localmente, pelas suas mãos. E o mais importante: com muito amor... Uma mesa posta pela mãe e recheada pela tia. Presentes para um tio que faz anos na "véspera da véspera de S. João"...




quarta-feira, 22 de Junho de 2011

Artemísia




Um dos melhores restaurantes a que tenho ido nos últimos tempos. Visitei o Artemísia ainda durante a iniciativa do Porto Restaurant Week. E fiquei deslumbrada com a comida. Verdadeiramente especial. Deixo as fotos, com as legendas. E recomendo uma visita... Quem sabe se num destes dias de fim-de-semana prolongado?...



Trouxa de Alheira de Caça com Couve Lombarda



Salada de Bacalhau com Puré de Grão e Pimentos Assados


Caril de Tamboril e Gambas com Chutney de Laranja


Bochechas de Porco Preto confitadas em Vinho Tinto do Douro e Favas


Gaspacho de Frutos


Bolo de Chocolate com Espuma de Crème Anglaise

terça-feira, 21 de Junho de 2011

Bolo de Banana e Chocolate




Uma combinação elementar. Infantil, diria até. Simplicidade e sabor num bolo a que é difícil resistir. Foi um bolo para celebrar uma data. A que se vai associar para sempre banana com chocolate... E, agora, Verão!


Ingredientes
(Adaptado do Livro "Cozinha para quem quer poupar" - Mafalda Pinto Leite)


Bolo
1 e 1/2 chávena de chá de farinha integral
3/4 de chávena de chá de farinha com fermento
2/3 de chávena de chá de cacau
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
chávena de chá de açúcar
2 ovos batidos
2 bananas maduras esmagadas
1 iogurte grego natural
1/2 chávena de óleo vegetal


Cobertura
3 colheres de sopa de açúcar em pó
1 colher de sopa de cacau
2 colheres de sopa de leite morno


Preparação


Numa tigela colocar as farinhas, o cacau e o bicarbonato de sódio. Misturar. Adicionar o açúcar e voltar a misturar. Fazer um buraco no centro. Noutra tigela, misturar os ovos, a banana, o iogurte e o óleo. Deitar a mistura no buraco e envolver bem com uma colher de pau. Verter a massa numa forma pequena de buraco previamente untada com margarina. Levar a forno pré-aquecido, a 170ºC, por 45 minutos. Deixar arrefecer antes de desenformar. Preparar a cobertura, deitando numa taça o cacau e o açúcar peneirados e juntando o leite, mexendo bem até obter um creme homogéneo. Cobrir o bolo já arrefecido com a cobertura e deixar endurecer.


Bom Apetite!






segunda-feira, 20 de Junho de 2011

Um Quase Risotto do Mar


Mais uma utilização estupenda do nosso arroz carolino. Feito num dia de sol, em que a brisa da manhã cheirava a maresia. Camarão e ameijoas. Mais o dito arroz. Ficou um arroz cremoso e encorpado, a fazer jus a um dia que cheirava a água e sal... 


Ingredientes

1 cebola média
1 dente de alho médio
350 gr de ameijoa
8 camarões médios com casca
1 chávena de chá de arroz carolino
1/2 chávena de chá de vinho branco bom
2 chávenas de chá de água
1 colher de chá de manteiga
1 colher de café de massa de pimentão
1/2 limão
Azeite, salsa, cebolinho, sal, pimenta q.b.

Preparação

Picar muito finamente a cebola e o alho, que se põe a refogar em azeite de forma a cobrir o fundo do tacho. Quando estiver translúcida, juntam-se as ameijoas, um pouco de sal, a massa de pimentão, a pimenta e o limão. Assim que as ameijoas abrirem, juntar o vinho branco, a salsa e o cebolinho. Deixar levantar fervura, ferver um pouco e acrescentar então a água. Assim que levantar novamente fervura, juntar os camarões e o arroz carolino sem lavar. Cozer em lume muito brando cerca de 15 min. No final acrescentar a manteiga. Fica cremoso e húmido.

Bom Apetite!

sexta-feira, 17 de Junho de 2011

Alma



Um restaurante com Alma, o Alma... Primeiro o branco muito branco de todo o espaço. Muito convidativo. Relaxante até. Depois a ementa: branca, também. De um cal perfeito. Optámos os dois pelo Menú Alma, que nos oferece uma entrada, um prato e uma sobremesa. As escolhas desse dia recaíram sobre:



Camarão e lulinha salteados em chilli e alho com compota de tomate cereja, salada e parmesão e Salada de Lascas de Bacalhau com chicória, maçã e beterraba.


Seguiu-se Corvina com favas e tomate e Peito de frango recheado com tomate seco e queijo de cabra e esparguete com pesto.





A finalizar, Tarte de chocolate negro(65%) com gelado de tomilho e Crème brûlée de erva príncipe e framboesas com telha de coco.




Muito bom, o restaurante do Chef Henrique Sá Pessoa. Pratos bem confeccionados, sabores que juntos resultavam muito bem, alguns bastante inesperados. Uma confissão: o gelado de tomilho é maravilhoso!...

quinta-feira, 16 de Junho de 2011

Magret de Pato caramelizado em Vinho do Porto e Uvas


Um prato requintado mas absolutamente simples de preparar. Uma receita que me foi dada pela minha tia pantagruélica, a tia L., e que é realmente deliciosa. Fica perfeito acompanhado de esparregado e de arroz basmati. E de bons amigos, claro!...


Ingredientes (Para 4 a 6 pessoas)


3 magrets (peitos) de pato
Sal, Azeite, Vinho do Porto
1 Kg de Uvas Red Globe


Preparação


Começar por preparar as uvas, retirando-lhes a pele e as grainhas. Reservar. Esfregar cada peito de pato com sal grosso. Num tacho largo aquecer um bom fio de azeite com um cálice de Porto e selar bem a carne em lume espevitado. Reduzir a temperatura e deixar cozinhar por 30 minutos. Controlar a caramelização alternando entre períodos de cozedura com e sem tampa. Se necessário mais líquido, juntar um pouco mais de Vinho do Porto. No final, juntar as uvas e envolver bem, de forma a que os sucos se incorporem. Rectificar os temperos, se necessário.


Bom Apetite!




quarta-feira, 15 de Junho de 2011

Tartelettes de Ervilhas com Chèvre





Para entrada deste almoço com a Mar queria sabores da Primavera. Ervilhas e hortelã pareceu-me uma combinação feliz. São umas tartelettes delicadas, de sabor muito equilibrado. O chèvre, as ervilhas e a hortelã abriram com chave de ouro este nosso almoço demorado.


Ingredientes (Para 5 tartelettes)
(Receita adaptada da Mafalda Pinto Leite - Dias com Mafalda)


1 embalagem de massa quebrada
150 gr de ervilhas já cozidas
1 ovo
1 colher de sopa de hortelã picada
100 ml de leite
60 gr de queijo chèvre esfarelado
sal e pimenta


Preparação


Untar 5 formas pequenas de tarte. Cortar a massa quebrada em 5 rodelas e forrar com elas as forminhas de tarte. Picar o fundo com um garfo e levar ao frigorífico por 10 minutos. Entretanto, ligar o forno a 180ºC. Triturar metade das ervilhas. Numa tigela colocar as ervilhas inteiras, o puré de ervilhas, o ovo, a hortelã e o leite. Misturar bem. Juntar 2/3 do queijo de cabra e temperar a gosto com sal e pimenta. Reservar. Colocar as tartes num tabuleiro de forno e levar a cozer por 10 minutos. Retirar do forno e dividir a mistura pelas 5 formas. Polvilhar com o restante queijo de cabra e levar ao forno por 20 minutos. Servir quente ou à temperatura ambiente.


Bom Apetite!



terça-feira, 14 de Junho de 2011

Mesa para A'Mar





Tal como a ementa, também a mesa foi pensada para receber a Mar com as coisas de que gosta. Tons sóbrios e flores eram imperativos. A base foi dada por uma toalha cinza rato da Casa Alvarinho, com um chemin de linho crú e guardanapos brancos da mesma Casa. Marcadores da Area, pratos ladeiros da Bordalo Pinheiro e pratos de sobremesa da SPAL. Faqueiro das Continhas da Topázio e uma mistura de copos: flûtes da casa da avó do Z., copo de água da Leonardo e cálices de licor da Atlantis. Chávenas de café da Vista Alegre. No centro, flores brancas, um bule de outros tempos e um açucareiro em forma de maçã.  Uma composição a pensar nos bons momentos que seriam passados em torno da mesa. A Babette e a Mar...





segunda-feira, 13 de Junho de 2011

E A'Mar acontece


Foi imediata a empatia quando, por acaso, como aqui já o descrevi, me cruzei na vida com a Mar.  Foi muito natural entrarmos na vida uma da outra. Com muita naturalidade, muitas sintonias, muitos mimos e muita atenção. Como se querem as amizades. Ainda é recente, nós sabemos, mas é muito cheia e intensa, a nossa amizade. Por isso foi muito natural receber a Mar e a sua família aqui em casa. Muito ansiada, até. Preparada a pensar em coisas de que a Mar gosta. Ervilhas. Pato. Esparregado. Maracujá. O último pedacinho de chutney de pimentos com maçã. Coisas d'amar para a Mar. E foi a primeira vez que os nossos rapazes se encontraram. Os grandes e os pequenos. Superou as expectativas: muita conversa entre os crescidos e brincadeiras cúmplices dos 3 mais pequenos. Um almoço prazeiroso e uma tarde longa que soube a amizade. Grata pela Mar. Grata pelas coisas boas que uma amizade pode trazer. Um sábado feliz porque, afinal de contas, a'Mar acontece...



Tartelettes de Ervilhas com Chèvre
Magret de Pato Caramelizado com Vinho do Porto e Uvas
Bolo de Maracujá

quinta-feira, 9 de Junho de 2011

Frango com Caju



Uma inspiração de última hora salvou uns peitos de frango de serem reduzidos aos inevitáveis bifinhos grelhados. Apeteceu-me cor e sabor, num jantar de sexta-feira. O cajú e o molho de soja ajudaram a apaladar esta refeição que se fez num ápice.


Ingredientes


2 peitos de frango
2 cebolas novas pequenas
2 cenouras pequenas
azeite
molho de soja
sal
cajú


Preparação


Cortar o frango em cubinhos. Colocar numa taça e deixá-lo marinar num pouco de azeite e molho de soja (o suficiente para envolver a carne), por 20 uns minutos. Num wok saltear as cebolas partidas às meias leias num fio de azeite. Adicionar as cenouras partidas em palitos e refogar por 5 minutos. Adicionar o frango e a marinada. Deixar cozinhar por 20 minutos. Uns minutos antes, rectificar o sal e juntar uma mão cheia de cajús. Servir com arroz branco.


Bom Apetite!

quarta-feira, 8 de Junho de 2011

Harvard à nacional


Gosto do que é português. Gosto das nossas louças da Vista Alegre e do requinte que as suas lojas emanam. Gosto muito de alguns Serviços clássicos, que são de sempre, intemporais. Presentes em todo e qualquer enxoval de uma menina de bem, ou heranças que transportam as memórias da família entre gerações. Mas gosto também de perceber que a marca acompanha o ritmo da vida de agora. Que se reinventa. Que se supera. A montra desta loja da Vista Alegre, na Baixa do Porto, atraiu-me imediatamente. O desenho das peças, a lembrar outras Arte Nova,  mas claramente contemporâneo nos motivos e nas cores, prendeu-me. Cativou-me esta linha que tem nome estrangeiro mas que é made in Portugal. Bravo!...