segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Jantar de Sábado com Amigos



Num destes sábados de Janeiro, convidei os meus amigos S. e JP. para jantar. A S. é a minha amiga da adolescência. A minha melhor amiga do tempo do colégio. Para além dos nossos afazeres escolares a S. era a minha amiga que dançava, enquanto que eu era a que tocava piano. Actividades que nos tornaram diferentes e, julgo eu, mais completas. Adoro a S. Não estamos juntas tantas vezes quanto gostaríamos, mas pensamos muito uma na outra. Acontece muitas e muitas vezes passar um dia inteiro a pensar na S. e no final do dia ela liga-me!... Coincidências. Ou não, se calhar são apenas ondas no espaço que se procuram. A S. é boa. É muito amiga. Com ela dou gargalhadas francas e sonoras. Foi um jantar excelente com estes amigos. Que ainda por cima traziam consigo uma boa-nova. Daquelas que nos deixaram a sorrir de alegria!... Boa! Parabéns!... Para a ementa deste jantar pensei que estes amigos gostam do diferente e do exótico. Um caril de legumes bailou-me no pensamento.... De entrada, umas chamuças e um queijo de cabra ladeado por molhinhos vários, incluindo o meu chutney de maçã e pimento, e pão Naan. De sobremesa, algo cítrico que fosse fresco e que combinasse visualmente com os tons do prato principal: uma Tarte de Limão Merengada. Foi um jantar perfeito!...



Chutney de Maçã com Pimentos
Caril de Legumes com Arroz Basmati
Tarte de Limão Merengada

sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011

La Ricotta


Porque ontem era um dia especial, o almoço a meio do dia de trabalho foi feito aqui, neste simpático restaurante da baixa portuense. O La Ricotta (de cujo site retirei estas fotos) tem um serviço simpático e umas pizzas muito muito boas. Como eu gosto: massa fina, ingredientes diferentes, combinações inesperadas. O menú de ontem consistiu numa Bruschetta com queijo de cabra e meloa, Pizza com tomate cherry, braesola, malagueta e rúcula e uma Panna cotta de chocolate. Bom pão. Bom vinho. Bom ambiente. Gostei muito. A reter e repetir.

quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011

Babette de Folga


Hoje estou de Folga. Estou de Parabéns e por isso quem cozinha para mim vai ser a mãmã. Com a certeza de que vou jantar muito bem, com as pessoas que amo, e acabar o dia a soprar uma vela estrategicamente colocada numa travessa de Aletria. Que é sempre o meu bolo de aniversário...

quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011

Pudim de Couve-Flor



Objectivo: reinventar um acompanhamento. Transformar um simples legume cozido num acompanhante sofisticado. De carne ou de Peixe. Ou até como uma refeição leve, agora brilhando por si só, acompanhado por umas galantines ou uma salada verde. Ou então assim, servido simples, só com uma colher de maionese...


Ingredientes


1 couve-flor de 750 gr
3 ovos
1,5 colheres de sopa de maizena
1 colher de sopa de margarina
1 colher de sopa de queijo das Ilhas
2 dl de leite
sal e pimenta


Preparação


Cozer, em água e sal, a couve-flor por 10 minutos. Escorrer, partir em pedaços e reservar. Numa taça bater os ovos. Desfazer a maizena num pouco de leite morno e juntar aos ovos. Adicionar a margarina derretida, o queijo e o leite e mexer bem. Temperar com um pouco de pimenta. Juntar os pedaços de couve-flor e envolver bem. Deitar o preparado numa forma untada com margarina e levar ao forno, pré-aquecido, a 180ºC, por 25 minutos. Servir com molho branco ou maionese. Como refeição leve ou acompanhamento.


Bom Apetite!



terça-feira, 25 de Janeiro de 2011

Doce de Pêra


É um dos meus doces preferidos. Receita da Tia L.  Um doce que me acompanha no Inverno e que fica uma delícia a barrar umas waffles ou a acompanhar um requeijão, por exemplo. Gosto destes pedaços grandes de pêra, suavemente envolvidos numa calda doce e lânguida. Gosto do desafio de equilibrar um pouco de pêra numa tosta, procurando que a calda não se escape por entre os dedos. Delicioso. Momentos deliciosos guardados numa compoteira secular, da casa dos sogros de uma Tia-Avó...


Ingredientes

1,5 Kg de pêras ainda firmes
750 gr de açúcar
sumo de limão


Preparação

Descascar as pêras, cortá-las em quartos e cortar cada quarto em quatro pedaços. Regar abundantemente com sumo de limão para que não oxidem. Levar as pêras envolvidas no açúcar ao lume, num tacho largo. Deixar ferver até obter um ponto espadana, cerca de 40 minutos. Retirar do lume. Deixar arrefecer de um dia para o outro e levar então novamente ao lume para ferver mais uns minutos. Guardar em frascos esterilizados, que só devem ser fechados depois do doce completamente arrefecido.



segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

Tarte de Carne, Cebola Caramelizada e Cerveja Preta


A receita original é da Mafalda Pinto Leite, a adaptação é da minha irmã. O sabor, esse, é maravilhoso e pode ser de todos!... Experimentem!...


Ingredientes

500 gr de carne de vitela picada
250 gr de cogumelos frescos
2 cebolas grandes laminadas
1 dente de alho picado
30 gr de farinha
300 ml de cerveja preta
300 ml de caldo de carne
3 colheres de sopa de molho inglês
1 colher de sopa de polpa de tomate
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa de tomilho
azeite, sal, piri-piri
1 embalagem de massa quebrada

Preparação

Misturar a farinha com sal e piri-piri. Passar a carne picada por esta mistura e depois cozinhá-la em azeite, em lume alto, até alourar. Reservar o resto da mistura de farinha e reservar a carne alourada. Saltear os cogumelos em azeite. Num tacho, dispor a cebola laminada em azeite e juntar o açúcar. Deixar caramelizar (cerca de 20 minutos em lume médio-alto). Juntar depois o resto da mistura de farinha, o caldo de carne e a cerveja preta. Depois adicionar o alho, o molho inglês, a polpa de tomate e o tomilho. Juntar por fim os cogumelos e a carne. Deixar cozinhar lentamente até ao molho engrossar. Colocar o recheio numa tarteira e cobri-la com a massa quebrada (3 mm). Esta deve ser ligeiramente maior do que a tarteira, para que cubra o bordo do recipiente. Levar a cozer no forno a 200ºC até estar dourado.    

Bom Apetite!

sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

Mini Fritatas de Cogumelos, Pesto e Queijo Creme


Um petisco delicioso, que serviu de entrada a um jantar leve. Uma fritata em versão miniatura. Um sabor muito leve e aromático. Não deixem de experimentar esta proposta da colher-de-pau!...

Ingredientes para 6 fritatas


6 cogumelos de Paris
1 colher de sopa bem cheia de farinha de trigo
2 ovos
50 ml de leite
1 colher de sopa bem cheia de queijo creme
1 colher de chá de pesto
sal e pimenta q.b.

Preparação

Numa taça, bater os ovos com o leite, a farinha, o queijo creme e o pesto. Temperar de sal e pimenta e acrescentar os cogumelos partidos em quartos. Dividir a mistura por 6 ramequins untados e levar a forno pré-aquecido, a 180ºC, durante 20 minutos, ou até estarem cozidas. Servir mornas ou frias com uma salada verde.

Bom apetite!

quinta-feira, 20 de Janeiro de 2011

Chic Sandwich


Uma sandwich pode ser chic, até mesmo glamourosa!... Como esta combinação, que eu adoro, de queijo-creme com salmão fumado. Quase que apetecem dias de pressa para justificar este recurso!...


Ingredientes

Pão
1 embalagem de salmão fumado (usei com ervas)
Queijo-creme para barrar
Folhas de alface
1 fio de azeite


Preparação

Abrir o pão e barrar um dos lados, generosamente, com o queijo-creme. Dispor as folhas de alface e, por cima, as fatias de salmão. Regar com um fio de azeite e cobrir com a outra metade do pão. Está pronto a servir.


Bom Apetite!



quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011

Pizza com Cogumelos, Rúcula e Presunto




Volta e meia o ritual repete-se. Normalmente é o R. que uns dias antes começa a perguntar quando é que eu faço pizza…. O “coro” engrossa e o D., o R. e o pai cantam a uma só voz e de forma muito afinada a ladainha do “faz pizza… vá lá…”. Pronto, depois eu cedo e vamos todos para a cozinha. Entre molho de tomate, massa a levedar e a preparação dos ingredientes passam-se uns bons momentos juntos!... E depois come-se!...o que é muito bom…


Ingredientes

½ desta receita de massa de pizza
½ desta receita de molho de tomate
1 bola de Queijo Mozzarella Fresco
Cogumelos frescos
Queijo ralado, a gosto
Oregãos
Fatias de presunto finas
Rúcula
Azeite

Preparação


Estender a massa de pizza e forrar com ela um tabuleiro de forno (ou dividi-la ao meio e fazer duas pizzas médias). Barrar a massa com o molho de tomate e dispor a mozzarella fresca e os cogumelos laminados. Polvilhar com orégãos. Levar ao forno pré-aquecido, nos 200ºC, por 15 minutos. Retirar do forno, dispor folhinhas de rúcula e presunto, a gosto. Temperar com um fiozinho de azeite.

Bom Apetite!

terça-feira, 18 de Janeiro de 2011

Scotch Scones




No domingo fomos com os meninos ao seu 1º Concerto a "sério" na Casa da Música. Um concerto de domingo, às 12h00, comentado, com programa alegre. Já foram a inúmeros concertos e workshops para bébés e crianças, mas assim, "a sério", e para "adultos", como eles dizem, foi a 1ª vez. Quero muito que a música lhes entre no corpo e no espírito, e essa ida ao concerto de domingo, foi, por isso, importante. Portaram-se bastante bem para os seus ainda incompletos 5 anos. Durante o concerto, e na minha memória, passavam flash-backs da 1ª vez que eu própria fui assistir a um concerto "a sério". Foi no salão do Ateneu Comercial do Porto, eu teria uns 10/11 anos, e fui ouvir as Quatro Estações de Vivaldi. Uma ida que me marcou para sempre. Um deslumbramento perante esse momento de partilha e entrega tão grande que nos eleva enquanto seres humanos. O coração a bater forte. A certeza que ia estudar música. A música que tem sido tão importante na minha vida. Neste domingo, o coração bateu forte outra vez. Por eles, que são o prolongamento de mim... Chegados a casa pensei que o dia era de celebração. A concerto de adulto devia corresponder um lanche de adultos! Chá e Scones. Com a receita da casa dos meus pais. Cadência Perfeita de um dia de Sinfonia...      


Ingredientes


2 chávenas de chá de farinha
3 colheres de chá de fermento para bolos
2 colheres de sopa de açúcar
2 ovos
1/2 chávena de chá de leite
1/3 de chávena de chá de margarina derretida


Preparação


Numa taça, misturar a farinha, o açúcar e o fermento. Noutro recipiente, bater os ovos com um garfo, a que se junta o leite e a margarina derretida. Misturar com os ingredientes secos apenas até obter uma massa homogénea. Colocar colheradas de massa no tabuleiro de forno untado com margarina. Levar ao forno pré-aquecido, a 180ºC, por 15 a 18 minutos. Servir quentes ou mornos, com manteiga, compotas ou mel. 


Bom Apetite!



segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011

Tarte de Pêras Belle Hélène e Uma Imodéstia



Para "terminar" o almoço de "começar" o ano com Babette, uma tarte simples mas deliciosa. Pêras e chocolate, essa combinação perfeita imortalizada na sobremesa de Pêras Belle Hélène, cozidas numa calda de baunilha e cobertas de chocolate, aparece aqui transfigurada numa versão de tarte doce irresistível... Uma receita da Mónica que, sei agora, tenho guardada há demasiado tempo sem experimentar. Substituí apenas a massa e ficou aprovadíssima. Massa folhada, pêras e chocolate... Quem resiste?...

Ingredientes

1 base de massa folhada (fresca)
pêras Rocha maduras
75 gr de margarina
75 gr de açúcar
1 ovo
20 gr de amêndoas moídas
75 gr de farinha com fermento
1 colher de chá de fermento em pó
25 gr de cacau em pó
60 ml de leite
açúcar em pó para polvilhar


Preparação

Untar uma tarteira de fundo amovível com margarina e forrá-la com a base de massa folhada. Picar o fundo com um garfo e reservar. Descascar as pêras, tirar-lhes o caroço, cortá-las ao meio e dispô-las em cima da base de massa com a parte redonda virada para cima. Bater a margarina amolecida com o açúcar, juntar o ovo e as amêndoas e misturar tudo. Juntar a farinha peneirada em conjunto com o fermento e o cacau, o leite, e misturar tudo bem. Com uma colher colocar esta massa de chocolate à volta das pêras, sem as cobrir. Alisar o recheio e levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, por 30 minutos. Depois de arrefecer, polvilhar com açúcar em pó. Servir simples ou com gelado de baunilha.

Bom Apetite!



E agora uma imodéstia... Na Revista Index, parte integrante da edição de fim-de-semana do Jornal i, veio, este sábado, uma sugestão de receita aqui da Babette.... Foi bom ver esta referência... 


sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011

Pescada de "Mesa Lauta"


Mais uma receita do meu belo livro "Receitas Saudáveis da Cozinha Portuguesa". Que trazia uma história: "No século passado distinguiam-se as refeições lautas, compostas por 8 a 10 pratos, e as simples, que «apenas» constavam de 4 ou 5. Tudo faz crer que esta receita fosse o terceiro ou quarto prato de uma ementa lauta, da qual teria tomado o nome". Este preâmbulo aguçou-me logo o apetite! E nem o facto de esta ser uma das poucas receitas sem fotografia a acompanhar me demoveu. Tinha de experimentar. É uma delícia!.... Digna de uma mesa lauta!...


Ingredientes


4 postas de pescada fresca
6 colheres de sopa de azeite
2 dentes de alho
1 ramo de salsa
2 gemas
2 colheres de sopa de pão ralado
50 gr de avelãs, pisadas num almofariz
1 fio de água
1 colher de sopa de sumo de limão
sal e pimenta


Preparação


Temperar as postas de pescada com sal. Numa taça preparar o molho: picar finamente a salsa e bater levemente as gemas com um garfo. Misturar as restantes 4 colheres de sopa de azeite com a salsa picada, o pão ralado, as gemas batidas e as avelãs pisadas. Temperar de sal e pimenta e juntar um fio de água. Num tacho grande, aquecer 2 colheres de sopa de azeite e alourar os dentes de alho esmagados. Quando o alho estiver a estalar, saltear as postas de pescada dos dois lados. Deitar o molho sobre a pescada e deixar fervilhar em lume brando durante cerca de 10 a 15 minutos. Depois de retirar do lume, regar cada posta de pescada com um pouco de sumo de limão. 


Bom Apetite!



quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011

Bolo Salgado de Salmão e Mostarda


Andava com saudades de um bolo salgado. E o primeiro Almoço Babette do Ano 2011 foi o pretexto... Um Bolo salgado de salmão com mostarda à antiga, a partir desta sugestão da Pipoka matou as saudades e inundou a casa de aromas maravilhosos!...

Ingredientes

180 g de farinha
3 ovos

1 iogurte grego não açucarado
75 ml de óleo
100 gr de salmão fumado
3 colheres de chá de
mostarda à antiga
2 colheres de chá bem cheias de fermento


Preparação

Ligar o forno a 180 graus. Untar uma forma de bolo inglês com manteiga e polvilhar com farinha. Numa tigela, misturar os ovos, o óleo, a mostarda e o iogurte. Adicionar a farinha e o salmão cortado aos pedaços. Temperar com sal e pimenta. Por fim, incorporar o fermento delicadamente. Verter a massa na forma e colocar imediatamente no forno. Cozer por 50 minutos. Deixar arrefecer antes de desenformar.

Bom Apetite!

quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011

Mesa para "Começar o Ano com Babette!..."



Dizem frequentemente que usar algo azul no início do ano é um bom augúrio. E por isso o azul tinha que marcar presença na mesa desse primeiro "Almoço Babette" de 2011. Saíram, assim, à cena, os meus pratos Bordalo Pinheiro azul turquesa e os beige que lhes servem de companhia. Dizem também que dá sorte estrear algo novo no início de um ano. E por isso aproveitei a ocasião para estrear uns chemins e uns guardanapos comprados na Zara Home. A conjugação de cores fez-me entretanto lembrar de uns copos da casa da minha Avó A., que guardo como um tesouro. De estilo Arte Nova, encaixaram-se perfeitamente na decoração na mesa, e deu-me uma enorme alegria usá-los nesse dia, lembrando-me da minha querida Avó. O resto foi composto em função destas escolhas: toalha Zara Home, copos de vinho da Leonardo. Uma orquídea a enfeitar. Tudo a postos para marcar o início do ano Babette!... As iguarias vão desfilar já já...   




terça-feira, 11 de Janeiro de 2011

Começar o ano com Babette!...



Quis começar o ano com um "Almoço Babette". Feito para os meus pais, para marcar mais um início de ano e celebrar assim a vida com quem mais amo. A ementa para assinalar o primeiro "Almoço Babette" do ano 2011 tinha que surpreender e ser de Festa. Para entrada, um bolo salgado (que para mim é comida de Inverno) de salmão com mostarda à antiga. De prato principal, umas belas postas de pescada "de mesa lauta", que intrigaram os comensais... Para acompanhamento, um inusitado spaghetti all'aglio e peperoncino, uma escolha original e um toque de modernidade a acompanhar um prato que, como vão ver, é secular na gastronomia portuguesa. Para sobremesa, uma Tarte de Pêras Belle Hélène, uma forma também original de apresentar a famosa sobremesa de pêras cozidas em calda de baunilha e molho de chocolate. Passou-se um domingo feliz, em família, com o sol a trazer mais alegria e calor à casa...



Bolo Salgado de Salmão e Mostarda
Pescada de Mesa Lauta
Tarte de Pêras Belle Hélène

segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

Fim de tarde perfeito...


... em casa. A reler alguns dos livros de culinária favoritos. Ontem foram os do Jamie Oliver. Que faz parecer tudo extraordinariamente simples. Assim como há o clube dos que gostam de cães e o dos que gostam de gatos, penso que há o clube dos que são fãs do Jamie Oliver e os que são fãs da Nigella. Também deve haver quem goste dos dois, claro, ou quem simplesmente adore cães e gatos. Não duvido. Mas eu diria que sou mais "cães e Jamie Oliver".... E deliciei-me a projectar novas receitas e a anotar algumas dicas. Um simples fim de tarde que foi perfeito. Com flores na mesa, velas a arder e música no ar.

sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011

Pão de Côco



Um pão, que é um bolo, muito saboroso. E muito rápido de fazer. Ideal para um pequeno almoço, para um lanche, para um snack a meio da manhã, para acompanhar um copo de leite morno antes de deitar... ooopsss... já acabou?....


Ingredientes


1 e 1/3 chávena de chá de farinha
2 colheres de chá de fermento
1 pitada de sal
2 ovos
1/2 chávena de chá de açúcar
1 colher de café de baunilha
90 gr de côco ralado
4 colheres de sopa de água morna
90 gr de margarina derretida


Preparação


Colocar o côco numa taça e juntar a água. Noutro recipiente, colocar a farinha, o fermento e o sal, misturando bem. Na taça da batedeira, colocar os ovos, a baunilha e o açúcar e bater bem. Adicionar depois a mistura da farinha e envolver. Por último, juntar o côco e a margarina misturando bem. Levar a forno pré-aquecido, no 180ºC, numa forma de bolo inglês untada e polvilhada, por 35 a 40 minutos. Servir às fatias, umas a seguir às outras...


Bom Apetite!



quinta-feira, 6 de Janeiro de 2011

Pequeno Almoço de Ano Novo



Em Dia de Reis, não partilho ouro, nem mirra ou incenso, mas sim mais uma Mesa. A do Pequeno Almoço de Ano Novo... A minha refeição favorita é, de longe, o Pequeno Almoço. E por isso valorizo, e muito, essa 1ª refeição de um Ano que começa. E esse Pequeno Almoço vai acumulando tradições... É servido na sala. Com uma mesa bem posta. Tem de ter sumo de laranja, bôla de carne e rolinhos de azeitona. E tem de ser tomado a ver (ou ouvir) o Concerto de Ano Novo, directamente do Salão Dourado do Musikverein, Viena de Áustria, que este ano estava decorado em tons de rosa. Como a minha mesa. Que este ano também teve flores. E tem de demorar. Rituais que se vão consolidando e que sabem tão bem...





quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011

De restos umas empadas...




O fim do ano é sempre uma altura de balanço.... até do congelador! Umas sobras moravam no congelador há demasiado tempo... Descongelei um resto deste recheio de frango delicioso. Descongelei um pedaço de massa folhada e outro desta massa de ricotta, sobras de outros momentos felizes. Depois da actividade "terapêutica" de untar forminhas, estender massa, colocar pequenos pedaços de recheio, deliciámo-nos com umas empadas de frango absolutamente fantásticas!... Um balanço feliz, portanto!...


Ingredientes


1/2 base de massa folhada fresca
1/2 desta receita da massa de pasteis de ricotta 
1/4 desta quantidade de recheio de frango com molho aveludado
1 gema de ovo para pincelar


Preparação


Ter paciência para untar pequenas forminhas, cortar discos de massa e forrá-las. Colocar1,5 colher de chá de recheio em cada uma delas e cobrir com um disco de massa. Uni-las bem nas bordas (podem moldar-se diferentes formatos), de forma que não abram quando estiverem no forno. Pincelar com gema de ovo batida e levar ao forno, pré-aquecido, a 180ºC, por 20 minutos ou até se apresentarem douradas.


Bom Apetite!



terça-feira, 4 de Janeiro de 2011

Risotto de Grelos


Mais um risotto de sucesso!... Um risotto bem português: com grelos e queijo das Ilhas. E mais uma vez feito pelo meu querido Z. Que bem que ficam os grelos em risotto... Surpreendente!... E cheira-me que teria ficado mesmo bem a acompanhar o lombo de novilho em massa folhada que ontem publiquei...


Ingredientes (para 2 pessoas) 


1 copo pequeno de arroz para risotto (arbório ou carnaróli)
1 molho pequeno de grelos
1 dente de alho
margarina (2 colheres de sobremesa)
azeite
flor de sal
caldo de galinha (1/2 litro)
1 gole de vinho branco
queijo das Ilhas


Preparação


Num tacho largo, colocar o alho picado, um fio de azeite e uma colher de sobremesa de margarina. Quando aquecer juntar os grelos e deixar cozinhar em lume brando por 10 minutos. Adicionar o arroz e mexer bem, até que este mude de cor (cerca de 2 minutos). Deitar um gole de vinho branco e deixar que evapore. Juntar, a pouco e pouco, o caldo de galinha, que deve estar quente, mexendo sempre o arroz até que este absorva o líquido. Repetir a operação até que o caldo acabe. No final deste processo o arroz deve estar cozido (mais ou menos 25 a 30 minutos). Depois de pronto, e já fora do lume, temperar com flor de sal, se necessário. Juntar queijo das Ilhas ralado a gosto e uma colher de sobremesa de margarina e envolver bem. Deixar tapado por uns minutos antes de servir.


Bom Apetite!

segunda-feira, 3 de Janeiro de 2011

Lombo de Novilho em Massa Folhada


Curioso. Não foi planeado este agendamento, mas.... há um ano atrás, quando iniciei o meu blog, a 1 de Janeiro de 2010, a primeira receita que publiquei foi a do prato principal servido no Dia de Natal de 2009. E agora aqui estou de novo, no primeiro post do Ano, a publicar a receita do prato principal servido no Dia de Natal de 2010... No primeiro ano foi tudo novo. As Datas, as Festas de Calendário, tudo foi aqui vivido pela primeira vez. Sinto que um novo e segundo ciclo se inicia. Hei-de festejar as mesmas datas, os mesmos aniversários, as mesmas festividades. E hei-de receber outros amigos, outra família, ter também, e por certo, outros momentos de partilha que hoje nem antevejo. Mas não é isto a vida?... Aqui cristalizada nas imagens e nos instantes publicados...


Ingredientes
(do Livro Receitas Saudáveis da Cozinha Portuguesa)


1 Kg de lombo de novilho
1 dl de vinho branco
1 dl de azeite
1 colher de sobremesa de molho inglês
1 colher de chá de mistura de ervas aromáticas secas (usei ervas da Provence)
2 dentes de alho
sal e pimenta q.b.
1 base de massa folhada fresca
1 gema para pincelar


Preparação


Numa taça, preparar uma marinada com os dentes de alho picados, o vinho branco, o azeite, as ervas aromáticas e o molho inglês. Temperar com um pouco de sal e pimenta, a gosto. Cobrir a carne com esta marinada e levar ao forno, pré-aquecido a 200ºC, por 20 a 25 minutos. Deixar esfriar e secar a carne bem, com papel de cozinha, reservando o molho num tachinho. Depois de esfriar completamente, envolver a carne na massa folhada, tendo o cuidado de que a união da massa fique para baixo. Pincelar com gema batida e levar novamente ao forno, a 180ºC, por cerca de 30 minutos. Entretanto, levar ao lume o molho, até que reduza um pouco. Servir a carne fatiada fina e regar com molho, a gosto.


Bom Apetite!

sábado, 1 de Janeiro de 2011

Um blog que foi uma resolução de Ano Novo


O meu blog começou como uma resolução de Ano Novo. E nasceu mesmo no 1º dia do ano que passou. Nasceu tímido, mas depressa se habituou à luz do dia.... e já passou um ano inteiro! Um ano em que partilhei receitas, celebrei a vida e as pessoas que me são queridas, fisica e virtualmente. Um ano que voou. Custa-me até a acreditar que foi já há um ano que tudo começou...


Disciplinada, impus-me a publicação de um post todos os dias (úteis) da semana. Tirando as 3 semanas de férias de Verão, cumpri essa "auto-imposição". Fez-me bem e deu-me prazer. E deu prazer a outros, que eu sei... Mas não sei se conseguirei ou se quererei manter este ritmo. Não ficam aqui resoluções de Ano Novo. Espero o que o Ano me traga. Se me mantém disciplinada ou se me dá volatilidade e tira regras.  

A todos um Feliz Ano de 2011, cheio de motivos para celebrar!... Por aqui, prometo que vai continuar a ser uma Festa!.... de Babette, pois então!...