quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

Bolo Salgado de Feta, Tomate Seco e Manjericão


Adoro bolos salgados, e apesar de serem uma excelente opção para uma refeição leve de Verão ou até um piquenique, curiosamente são por mim associados mais frequentemente a entradas ou refeições ligeiras de dias mais frios... Esta receita, da querida Elvira, foi anotadíssima mal foi publicada. A preparação deste "jantar mediterrânico" tornou a sua preparação quase obrigatória: feta, tomate seco e manjericão "saíram à rua" nesta versão de bolo salgado que convenceu todos os presentes (e até um dos miúdos: o meu R. deliciou-se com estes sabores!)

Ingredientes

150 gr de farinha
1 colher (chá) de fermento em pó
3 ovos
100 ml de azeite
150 ml de leite
15 folhas de manjericão
100 gr de tomate seco em azeite
150 gr de queijo feta
sal & pimenta moída no momento
margarina para a forma


Preparação


Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma tipo bolo inglês com margarina e forrar com uma folha de papel vegetal. Reservar. Numa tigela grande, misturar a farinha com o fermento. Juntar os ovos e envolver com uma vara de arames. Adicionar o azeite e o leite. Misturar muito bem com a vara de arames até obter uma massa lisa e homogénea. Reservar.
Cortar as folhas de manjericão em tiras finas. Escorrer e secar os tomates secos com papel absorvente e picar grosseiramente. Secar também o queijo com papel absorvente e cortá-lo em cubos pequenos. Juntar o manjericão, o tomate seco picado e os cubos de queijo à massa. Temperar com sal (pouco, pois o queijo e o tomate já têm bastante) e pimenta. Envolver muito bem com uma colher de pau. Transferir o preparado para a forma e levar ao forno por 45 minutos, a 180ºC. Retirar o bolo do forno e deixar amornar ligeiramente. Desenformar sobre uma rede ou grelha, de lado, para que conserve a forma. Deixar arrefecer por completo antes de fatiar e servir.

Bom Apetite!

quarta-feira, 29 de Setembro de 2010

Uma Mesa Mediterrânica e Outonal



Como ontem expliquei, neste jantar oferecido a amigos que vivem na Alemanha procurei que os sabores os transportassem para a Europa do Sul, e lhes propiciassem não só lampejos de um Verão que estava a terminar, mas também as apropriadas notas outonais que já se fazem sentir. A minha amiga T. é visita diária deste blog, e é uma amiga muito atenta aos pormenores!... Por isso redobrei os cuidados na preparação da ementa e da mesa...


Para a mesa, pensei sobretudo no Outono, quando adquiri estes guardanapos lindos na Casa Alvarinho (e ainda em saldo!...). As cores e os frutos estampados, com destaque para uns belos cachos de uva a fazer lembrar as vindimas, remetem para esta estação do ano. Para o centro da mesa, uma original abóbora fez companhia a dois paliteiros da Bordalo Pinheiro (oferta da minha mãe), cujas figuras e cores me remetem novamente para o Outono. O resto foi composto em torno destes motivos: toalha da Zara Home, Chemins da Casa Alvarinho, Serviço da SPAL, copos de água da Marinha Grande, copos de vinho da Leonardo, marcadores da Carré Blanc, pratinhos de pão em forma de folha da Geneviève Lethu.

terça-feira, 28 de Setembro de 2010

O Mediterrâneo à Mesa!....


Numa sexta-feira de Setembro, recebi a minha amiga T. (ou D., como comenta aqui no blog!...), o L. e o pequeno M. para jantar. A T. é minha amiga desde os tempos da faculdade e protagonizou uma história de amor linda, que a levou hoje a viver na Alemanha. As suas vindas a Portugal são relativamente esporádicas, e desta vez só tinha livre na sua agenda a noite de sexta-feira. Isso obrigou aqui a Babette a uma ginástica maior na preparação da mesa e ementa, e à escolha de pratos relativamente fáceis e rápidos de preparar. Como tema do jantar, e dado que a minha amiga refere várias vezes as saudades que tem de alguns produtos típicos da Europa mais do Sul, resolvi trazer à mesa o Mediterrâneo, com feta, tomate, manjericão, massa e presunto, entre outros ingredientes. Penso que ela apreciou a intenção de lhe devolver a luz e o Sul de que ela tanto sente a falta, e espero que realmente tenha gostado!... Foi óptimo recebê-los e ver os nossos 3 filhos a brincar!...

A ementa (e a mesa!...) foi pensada para esta altura do ano, em que o Verão estava quase a terminar e as notas de Outono já pairavam no ar. Assim, apareceu este bolo salgado que (pelo menos para mim) é sinónimo de Outono (consumo muito mais estes bolos salgados no tempo frio!....), enquanto que as Nectarinas eram um remate perfeito do Verão. O prato de camarão e a sobremesa foram pensados especialmente para a T., porque sabia que eram sabores do seu agrado!...



segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

A Babette foi almoçar fora!...


Fiquei em pulgas quando a nossa querida Mónica anunciou a abertura do seu restaurante e estava ansiosa por ir conhecer o espaço. Entre férias, fins-de-semana fora ou na praia, ainda não tinha sido possível... até este fim-de-semana. No sábado, madame Babette e seus Babettinhos foram almoçar ao "Pratos e Travessas"! Foi muito engraçado entrar no espaço que já conhecia do blog, e comprovar a atmosfera clean e ao mesmo tempo acolhedora que se faz sentir mal se passa da porta. A decoração é despretensiosa mas cuidada, e tem pormenores que criam um todo muito consistente e "saboroso". Apetece estar!...





De entrada, bastaram os acepipes que num ápice apareceram na mesa: pasta de grão-de-bico, requeijão com nozes, azeitonas temperadas e um pão delicioso prepararam o estômago para os pratos escolhidos: para mim, fofos de polvo com arroz do mesmo; para o Z., lombo de novilho barrosão com alecrim, e para os gémeos bifinhos de porco marinados com arroz de feijão. Que dizer da comida?.... Ingredientes de imensa qualidade, confecção genuína e muito honesta, doses generosas (que no Norte é mesmo assim!...). Tudo regado com alma e coração, que essas coisas também passam para o prato. Serviço simpático, atencioso e muito prestável. E sentimo-nos bem, quase como se estivéssemos em casa!... Para o final, bolo mousse de chocolate para as crianças e tarte de maçã para os adultos. Ambos deliciosos!...






E a Mónica? Uma simpatia, uma cozinheira de mão cheia, um sorriso franco e alegre. 
A 1ª blogueira que conheci pessoalmente e a quem me revelei, saindo do meu habitual anonimato... Foi uma emoção, e apetecia-me dizer isso e dizer-lhe o quanto admiro o seu blog e a sua maneira de ver o mundo, as receitas e a família e o quanto me inspirou (entre outras blogueiras) a criar o meu blog .... mas não fui capaz (por isso fica aqui escrito!...)
Felicidades para o vosso projecto, que tem tudo para dar certo!.... Até breve!




sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

Bolo de Amêndoas e Pêssegos



No domingo, a minha mãe fez anos. Ao contrário do que é habitual, festejámos a data num almoço fora. Mas a sobremesa comêmo-la em casa, para podermos cantar bem alto os parabéns e conviver um pouco mais... O Bolo de Aniversário foi uma das minhas prendas para a mãe... Quando penso na minha mãe penso em pêssegos doces e em amendoeiras em flor, de perfume sereno e cor suave.... Quando vi este bolo no blog da Gasparzinha pensei imediatamente que seria o bolo perfeito! Fiz umas pequenas alterações e foi, de facto, perfeito...

Ingredientes

Para o bolo:
220 gr de miolo de amêndoa moída
200 gr de açúcar
1/2 colher de sobremesa de sal
6 ovos grandes
120 gr de margarina sem sal, temperatura ambiente
100 gr de farinha de trigo
1 colher chá de fermento em pó

Para o recheio e cobertura:
2 embalagens de queijo philadelphia light
100 gr de açúcar em pó
2 colheres de sopa de leite
2 pêssegos + 2 colheres sopa de açúcar
doce de pêssego diluído em água

Preparação

Para o bolo: Bater na batedeira as amêndoas, o sal , o açúcar, os ovos e a margarina apenas até juntar os ingredientes. Peneirar a farinha e o fermento e misturar com uma colher de pau somente até obter uma mistura homogénea. Dividir a massa por 2 formas redondas de 22 cm, previamente untadas e polvilhadas com farinha. Levar cada forma ao forno durante aproximadamente 18 a 20 minutos, em forno pré-aquecido (170ºC). Deixar os bolos arrefecer completamente antes de desenformar.

Para o recheio e cobertura: Descascar os pêssegos, partindo-os grosseiramente. Polvilhá-los com 2 colheres de sopa de açúcar, misturar bem e deixar macerar por 30 minutos.

Depois disso, desfazê-los com um garfo e deixar repousar por mais 30 minutos. Ao fim deste tempo, coar o sumo, reservando a polpa e o sumo obtido em 2 taças distintas. Bater na batedeira o queijo, o açúcar e o leite até obter um creme homogéneo e espesso. Utilizar uma colher de sopa bem cheia deste creme e misturar com a polpa de pêssego.

Pincelar os bolos com o suco de pêssego obtido, deixando que os bolos o absorvam. Rechear um dos bolos com o creme de pêssegos e cobrir com o outro bolo. Barrar os bolos com o creme de queijo. Enfeitar com doce de pêssego diluído num pouco de água.


Bom Apetite!

quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

Lombinhos de Pescada com Molho de Tomate


No dia-a-dia as receitas têm de ser simples. Esta receita de pescada é de confecção rápida, é saborosa e agradou aos miúdos e graúdos lá de casa. E até é fotogénica!...

Ingredientes

4 lombinhos de pescada
1 cebola
1 dente de alho
1 tomate
4 colheres de sopa de polpa de tomate
1 colher de sopa de vinho branco
Azeite, sal, noz-moscada, cebolinho fresco q.b.

Preparação

Num tachinho, refogar a cebola e o alho picados num pouco de azeite. Deitar o tomate fresco partido em pedaços, a polpa de tomate e envolver bem. Pousar os lombinhos nessa cama de legumes e regar com o vinho branco. Temperar com sal e noz-moscada e deixar cozer, em lume brando, por cerca de 15 a 20 minutos. Retirar o peixe do tacho (mantendo-o quente) e triturar o molho com a varinha mágica. Rectificar os temperos, se necessário. Servir o peixe coberto com o molho de tomate e polvilhar com cebolinho fresco.

Bom Apetite!

quarta-feira, 22 de Setembro de 2010

Pudim de Pêssego e Hortelã


Mais uma variação da "sobremesa-moda" deste Verão. Uma combinação que me parecia excelente e que a prova confirmou. Mais um final feliz!

Ingredientes

1 embalagem de gelatina de manga e pêssego em pó
250 ml de água a ferver
2 iogurtes gregos açucarados
150 gr de pêssegos maduros (mais um pouco para decoração)
folhas de hortelã


Preparação


Numa taça, deitar a água a ferver e a gelatina e mexer vigorosamente com uma vara de arames até estar completamente dissolvida. No liquidificador, bater os iogurtes com os pêssegos partidos em pedaços, até obter um preparado homogéneo. Verter esta mistura na gelatina, e voltar a mexer bem, até todos os ingredientes estarem ligados. Deitar em taças individuais, enfeitar com folhas de hortelã (para um sabor mais intenso poderá triturar-se a hortelã juntamente com a fruta) e levar ao frigorífico por umas horas. Imediatamente antes de servir, enfeitar a superfície com fatias de pêssego e folhinhas de hortelã. Servir frio.


Bom Apetite!


terça-feira, 21 de Setembro de 2010

Batatinhas no Forno com Alecrim


Estas batatinhas são deliciosas!... A receita é da Fa, ainda do tempo do anterior blog "A minha cozinha". É apenas um acompanhamento, mas brilhou ao lado do prato principal!

Ingredientes

2 embalagens de batatinhas pequenas (tipo primor)
1 molho de alecrim
3 alhos picados
azeite e flor de sal


Preparação

Cozer as batatinhas em água (sem sal) por 10 minutos. Escorrer e colocá-las num recipiente de ir ao forno. Deitar sobre elas os alhos esmagados e polvilhar com um pouco de flor de sal. Dispor os raminhos de alecrim e regar com um fio de azeite. Levar ao forno, no 180ºC, por 20 minutos ou até as batatas alourarem.

Bom Apetite!

segunda-feira, 20 de Setembro de 2010

Medalhões de Porco com Cebolinhas


Esta sugestão da Elvira estava na lista do "to do" há muito tempo. A ocasião pareceu-me perfeita para a experimentar. Não me enganei: a receita, sendo simples é também muito saborosa e agradou a quem provou.

Ingredientes

- 800 g de lombinhos de porco
- 3 dentes de alho picados finamente
- 1 folha de louro
- 100 ml de azeite
- 300 g de cebolinhas descascadas
- 150 ml de vinho do Porto
- sal & pimenta moída na altura
- salsa picada

Preparação

Remover as eventuais gorduras dos lombinhos e cortar a carne em medalhões. Temperar com sal, pimenta, o alho picado e o louro. Aquecer o azeite e selar os medalhões de todos os lados em lume forte. Juntar as cebolinhas inteiras e deixar alourar um pouco, reduzindo o lume. Regar com o vinho do Porto e cozinhar em lume brando por aproximadamente 20 minutos, até a carne ficar macia e o molho se apresentar apurado. Rectificar os temperos e polvilhar com um pouco de salsa picada. Servir de imediato.

Bom Apetite!

sexta-feira, 17 de Setembro de 2010

Tartelettes de Cogumelos e Queijo-Creme


Estas Tartelettes foram uma surpresa muito agradável! Muito delicadas e apetitosas!... Diria mesmo: viciantes. Abriram este jantar entre compadres queridos!

Ingredientes

6 tartelettes folhadas  de compra
100 gr de cogumelos brancos
azeite
1 dente de alho
salsa, sal e pimenta q.b.
1/2 embalagem de queijo-creme

Preparação

Lavar e picar os cogumelos. Numa frigideira aquecer um pouco de azeite e saltear lentamente o alho com os cogumelos por cerca de 10 minutos. Temperar a gosto com sal, pimenta e salsa picada. Deixar arrefecer. Juntar o queijo-creme e misturar bem com um garfo. Rechear as tartelettes e levar a forno pré-aquecido por 15 a 20 minutos.

Bom Apetite!

quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

Mesa posta para os Compadres!...


Como já expliquei noutros posts, quando preparo uma refeição gosto muito de pensar não só na combinação de ingredientes como também na cinematografia da mesa, e nas cores que melhor se associem a um determinado acontecimento. Como um filme, para além dos "actores" (os convidados), há sempre um "guião" (uma ementa impressa que serve mais tarde de recordação) e "guarda-roupa" a condizer (as louças, as toalhas e os outros acessórios que ajudam a compor uma mesa de festa). O pormenor da ementa impressa (mania que me acompanha desde 2002!...) já é a "minha imagem de marca" e é giro ver a família e os amigos a chegar a nossa casa e a dirigir-se para a mesa para dar uma espreitadela ao menú que lhes estará reservado...

Esta mesa volta a misturar as minhas coisas de sempre com uma pequena novidade: uns pratos cor-de-rosa lindos da Bordalo Pinheiro que também trouxe da minha última ida às Caldas. A toalha é da Geneviève Lethu, os chemins da Lethes Home, os guardanapos da Casa Alvarinho, os marcadores da Area, os pratos ladeiros da SPAL, os copos de água da Marinha Grande e os de vinho da Leonardo. No centro, dois castiçais da Kosta Boda. E não, não tenho (pelo menos para já!...) o patrocínio de nenhuma marca....

quarta-feira, 15 de Setembro de 2010

Ementa para os Compadres!...


Ainda em Agosto convidei a minha amiga S. para um jantar lá em casa. A S. é minha amiga desde os 3 anos. A minha primeira amiga. Amigas há 31 anos!... A amiga de infância a quem se promete (mutuamente) vir a ser madrinha do primeiro filho. Promessas cumpridas. Ela é madrinha do meu gémeo D. (S.: não contávamos era que eu tivesse gémeos!...) e eu sou madrinha da M. Os nossos filhos nasceram com 6 meses de diferença. Nós
as duas fazemos 6 meses de diferença de idade. É giro...
A ementa agradou, e em volta da mesa houve conversas e risadas. Muito bom, queridos amigos! 


terça-feira, 14 de Setembro de 2010

Salada de Tomate com Beringela Grelhada


É tempo de aproveitar o que a natureza nos dá!... Como o caso destes tomates e desta beringela, biológicos e oferecidos pela I. Quase nem tiveram tempo de ir à cozinha!... O tomate foi fatiado e disposto numa travessa. A beringela grelhada arrefeceu uns minutos e fez-lhe companhia. O manjericão foi apanhado na hora e utilizado para espevitar os dois sabores. Uma delícia!....

Ingredientes

1 tomate coração-de-boi grande
1 beringela
manjericão seco, manjericão fresco
sal, azeite, vinagre

Preparação

Partir a beringela em fatias, pincelá-las com um pouco de azeite e polvilhar com manjericão seco. Aquecer um grelhador e grelhar as rodelas de beringela por uns minutos de cada lado. Num prato de servir, dispor o tomate às rodelas, a beringela e as folhas de manjericão fresco e temperar com um fio de azeite e vinagre e um pouco de sal.

Bom Apetite!

segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

Tulipas de Gelado com Fruta Fresca


Mais uma "não receita". Apenas uma sugestão de apresentação de uma sobremesa rápida de executar, bonita de ver e ainda melhor de comer!... Encerrou em beleza este "Jantar leve de Verão"...


Ingredientes

Tulipas de Bolacha
Gelado de Baunilha e Morango (usei da Carte D'Or, de soja)
Pêssegos fatiados
Polpa de Maracujá

Preparação

Nada que saber: pegar na bolacha, colocar uns pêssegos fatiados e 1 ou 2 bolas de gelado. Cobrir com polpa de maracujá, a gosto. Pronto a servir!

Bom Apetite!

sexta-feira, 10 de Setembro de 2010

Bôla de Carne


Para mim, as receitas de Bôla de Carne são como as de Tarte de Maçã.... estou sempre à procura de uma melhor. Da perfeita. E faço uma, e provo outra e faço muitas outras e guardo algumas e não repito outras tantas. Esta receita vai ser para repetir!.... Apesar de não conseguir dizer que terminei a busca e as experiências de massas e recheios...


Ingredientes

Massa
500 gr de farinha
3/4 chávena de chá de azeite
1 chávena de chá de leite
2 ovos
1 pacote de fermento de padeiro
Sal q.b.

Recheio
200 gr de fiambre
200 gr de chourição
fatias de carne assada (1 lombinho de porco)

Preparação

Numa tigela grande, misturar todos os ingredientes da massa com as mãos. Descansar por 1 hora num local abrigado de correntes de ar. Dividir a massa em 3 partes e estender cada parte com um rolo. Untar um tabuleiro rectangular que possa ir ao forno com azeite, colocar um terço da massa e rechear com uma camada de fiambre e outra de carne assada. Cobrir com outro terço de massa e rechear com o chourição e a restante carne assada. Cobrir com a terceira placa de massa. Pincelar a cobertura com um pouco de leite e levar a forno pré-aquecido, no 180ºC, por 25 minutos.

Bom Apetite!

quinta-feira, 9 de Setembro de 2010

Salada de Alface e Rúcula com Queijo de Cabra e Vinagrete Balsâmico


Serviu para quebrar (mas também juntar) os restantes petiscos deste jantar. Nem merece receita, é mais uma dica de como embelezar, em cor e sabor, uma simples salada. O queijo de cabra esfarelado dá-lhe um sabor apimentado e o molho vinagrete de balsâmico doçura e balanço. Uma combinação muito simples mas saborosa...

Ingredientes

Alface
Rúcula
Queijo de Cabra
Azeite e Vinagre Balsâmico

Preparação

Lavar a alface e a rúcula e dispor, em partes iguais, numa saladeira grande. Esfarelar sobre as folhas de alface e a rúcula o queijo de cabra, a gosto. Preparar um molho vinagrete com 1 medida de vinagre para 2 medidas de azeite. Agitar os temperos vigorosamente num copo misturador até emulsionar o molho e este se apresentar com uma certa cremosidade. Regar sobre a salada.

Bom Apetite!

quarta-feira, 8 de Setembro de 2010

Figos com Presunto


Continuando o desfile dos petiscos que compuseram este "Jantar leve de Verão", uns simples figos com lascas finas de um bom presunto e um fio de azeite!... De uma simplicidade desconcertante...

Ingredientes

figos frescos lavados
fatias finíssimas de presunto
azeite

Preparação

Numa travessa colocar os figos abertos ao meio (ou em cruz se forem grandes). Dispor à volta as fatias de presunto. Colocar um fio de um bom azeite. Está pronto a servir!

Bom Apetite!

terça-feira, 7 de Setembro de 2010

Maionese Caseira


Eu sei que a maionese caseira não aparece na Ementa... E que os ovinhos eram para ser servidos apenas com molho de iogurte. Mas eis que o marido olha para a Ementa e reclama "ovinhos de codorniz sem maionese caseira?". (Como se estes petiscos viessem necessariamente a par...). Ainda tentei argumentar que o molhinho de iogurte era suficiente. Mas veio a recarga: "A tua Tia L. faz SEMPRE maionese a acompanhar os ovinhos". Tentei não me incomodar... Passado uma hora: "Já fizeste a maionese?...." "Já", respondi. E de facto, é um casamento mais que perfeito, este. Do género "Queijo com Marmelada", ou "Romeu e Julieta"...

Ingredientes

1 gema
1 colher de chá de mostarda (usei mostarda de dijon com grãos)
sumo de limão (cerca de 2 colheres de sopa)
sal, pimenta
Azeite em fio q.b. (cerca de 1,5 dl)

Preparação

Numa taça, emulsionar (com uma vara de arames) uma gema de ovo com a mostarda e o sumo de limão. Temperar com sal e pimenta. Aos poucos, juntar o azeite, sempre em pequenas quantidades (apenas umas gotinhas), batendo continuamente com uma vara de arames. Juntar o azeite necessário até obter a consistência desejada. Rectificar os temperos. Servir no próprio dia ou no prazo de 24 horas, mantendo bem refrigerada.

Bom Apetite!

segunda-feira, 6 de Setembro de 2010

Ovinhos de Codorniz


Este pequeno mas grande petisco é muito simples de preparar. O mais trabalhoso é mesmo descascar estas miniaturas de ovo!... Pura paciência de chinês, ou como eu digo "4 minutos a cozer; 40 minutos a descascar". Mas compensa de tão saborosos que são!

Ingredientes

 2 dúzias de ovinhos de codorniz
água e sal

Preparação

Cozer os ovinhos em água com um pouco de sal por 4 minutos. Escorrer e, com alguma dose de paciência, descascá-los. Servir como aperitivo com molho de iogurte ou maionese caseira.

Bom Apetite!

sexta-feira, 3 de Setembro de 2010

Espetadinhas de Mozzarella Fresca e Tomates Cherry


Começando o desfile dos petiscos que constituíram este “Jantar leve de Verão”, apresento uma versão da salada caprese em espetadinhas. É mais uma sugestão diferente de apresentação, que fica visualmente muito bonita, para além de saborosa…



Ingredientes


1 embalagem de tomates cherry
1 embalagem de bolinhas de queijo mozzarella fresca
Pauzinhos de espetada, tamanho médio
Folhas de manjericão, azeite, vinagre, sal

Preparação


Preparar as espetadas alternando os tomatinhos, as bolinhas de mozzarella e as folhas inteiras de manjericão. Temperar com um pouco de sal, um fio de azeite e um bom vinagre balsâmico.

Bom Apetite!
 

quinta-feira, 2 de Setembro de 2010

Uma Mesa para um Jantar leve de Verão



A mesa deste jantar permitiu-me estrear mais uma das minhas belas compras na loja de fábrica da Bordalo Pinheiro. Este peixe já andava debaixo de olho há algum tempo. Desta vez mordeu o anzol e veio fresquinho até casa!... É um jarro lindo, não é? O resto da composição girou em torno do peixe, pois claro. Uma toalha da Geneviève Lethu, uns chemins da Lethes Home, marcadores da Area, copos de água da Marinha Grande, o serviço de todos os dias da SPAL. Em baixo, uma vista geral dos petiscos, prontos a serem degustados!...


quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

Um Jantar leve de Verão


Ainda no mês de Agosto convidei a minha irmã e o F. para um “Jantar leve de Verão”. O pretexto era ver o DVD com as fotos de uma semana de férias deles em Lanzarote. “Eu faço uns petiscos e vêm cá a casa”, sugeri. O jantar foi perfeito. Demos ainda uma volta com os meninos pelos jardins perto da nossa casa, já que estava uma noite quente. Regressados a casa, os miúdos já dormiam, a mesa estava arrumada e sentámo-nos a ver o DVD. Incompatível com o nosso leitor. Serão arrumado. “Vão depois a nossa casa ver as fotos, ok?”, disse a minha irmã. “Ok. Mas o jantarito já ninguém nos tira!...”, rematei!

As receitas, como habitualmente, seguem nos próximos dias...