quarta-feira, 30 de Junho de 2010

Noodles com Frango e Pistachio


Mais uma massa, mais uma vitória!... Não me canso de repetir que os pratos de massa são super versáteis: casam bem com carne, com peixe, com vegetais. São rápidas de confeccionar e normalmente agradam e miúdos e graúdos!... Estes noodles estavam particularmente saborosos, com o pistachio a dar uma graça especial!...


Ingredientes (para 2 pessoas)

1 cebola
1 dente de alho
1 embalagem de legumes congelados (“mistura chinesa”)
1 peito de frango partido em tiras
Azeite, sal , cebolinho, azeitonas pretas às rodelas e molho de soja, q.b.
Pistachios a gosto
2 novelos de noodles

Preparação


Marinar o frango, já cortado em tiras, num pouco de molho de soja. Cozer os noodles em água a ferver, temperada com sal, por 3 minutos, ou segundo as indicações da embalagem, escorrer e reservar. Num wok, refogar a cebola partida em meias luas e o alho picado no azeite por uns minutos. Adicionar o frango, com a marinada, e deixar saltear um pouco. Juntar os legumes directamente do congelador e as azeitonas e deixar cozinhar por cerca de 15 a 20 minutos. Rectificar o sal. Adicionar os noodles e envolver com cuidado, levando ao lume apenas até obter uma temperatura homogénea dos ingredientes. Fora do lume, polvilhar com cebolinho e pistachios, a gosto. Servir de imediato.

Bom Apetite!




terça-feira, 29 de Junho de 2010

Salada Caprese


Mais uma vez não é propriamente uma receita, mas sim apenas uma sugestão, neste caso de uma salada fresca de Verão. Sou um bocado de “modas” ou “temporadas”, no sentido em que, se não me obrigar a mim mesma a variar, engatando num prato / ingrediente repito-o até à exaustão. E depois, também não sei por obra de que Santo, quando me esqueço dele, é por uns tempos… Como aquele Verão em que descobri o queijo Feta e o usei semanas a fio, e agora há anos que não o como!... Ou então a Salada Caprese que comia quase todas as semanas, e agora já nem me lembro bem da última vez que a comi… Se forem como eu, e a salada caprese tiver, assim, a modos que meia caída no esquecimento, olhem que é boa, muito boa mesmo!... Ah, e o manjericão é caseiro, directamente da varanda, o que faz a diferença!...


Ingredientes

1 tomate grande
1 bola de queijo mozzarella fresca
Folhas de manjericão fresco, a gosto
Sal, azeite e vinagre balsâmico (na foto ainda não tinha temperado com o vinagre)

Preparação

Numa saladeira dispor, alternadamente, fatias finas de tomate, de queijo mozzarella fresco e folhas de manjericão. Temperar a gosto com sal, azeite e um bom vinagre balsâmico.


Bom Apetite!

segunda-feira, 28 de Junho de 2010

Muffins de Laranja com Chocolate



Estes Muffins são deliciosos!... Muito fáceis de fazer, são ideais para um lanche volante ou um piquenique. A combinação de laranja com chocolate é um clássico da gastronomia: o sabor cítrico da laranja corta o doce do chocolate e juntos fazem a festa!.... E que festa!.... Obrigada, Elvira, pela partilha desta receita!...

Ingredientes

- 3 chávenas de chá de farinha
- 3/4 chávena de açúcar
- 1 boa pitada de sal fino
- 3 ovos
- 1 chávena de leite
- 1/2 chávena de óleo
- 2 colheres de sopa de raspa de casca de laranja
- 125 g de pepitas de chocolate (amargo)
- 1 colher de chá bem cheia de fermento
- 1 colher de sopa de sumo de laranja


Preparação


Pré-aquecer o forno a 180ºC. Na batedeira, bater bem a farinha e o fermento com o açúcar, o sal, os ovos, o leite e o óleo até obter uma massa homogénea. Juntar a raspa de laranja, as pepitas de chocolate e o sumo de laranja. Envolver delicadamente com o auxílio de uma colher de pau. Distribuir a massa por forminhas de papel (sem untar) até 2/3. Levar a cozer a 170ºC no meio do forno por cerca de 20 minutos.

Bom Apetite!

sexta-feira, 25 de Junho de 2010

Tarte de Bacalhau com Queijo e Azeitonas



Mais uma forma de aproveitar umas postas de bacalhau que já estavam cozidas e pernoitavam calmamente no frigorífico.... A receita vem da querida Laranjinha e fica deliciosa!... Com uma saladinha verde, é uma óptima sugestão para uma refeição leve de Verão (até rimei!!!)

Ingredientes

1 base de massa folhada fresca (usei rectangular)
2 postas pequenas de bacalhau, já cozido e desfeito em lascas
3 ovos
2,5 dl de leite
100 gr que queijo flamengo, partido em pedaços finos
150 gr de azeitonas pretas descaroçadas
Queijo das Ilhas, sal e pimenta a gosto

Preparação

Forrar uma tarteira previamente untada com a massa, picá-la com um garfo, e levar a cozer em forno pré-aquecido, por 10 minutos a 180ºC.  Numa tigela, bater os ovos com o leite, juntar o bacalhau, o queijo e as azeitonas e envolver bem. Temperar a gosto com sal e pimenta. Colocar este recheio sobre a massa e polvilhar com um pouco de queijo das ilhas ralado. Vai ao forno, a 180ºC, por cerca de 30 minutos.

Bom Apetite!

quarta-feira, 23 de Junho de 2010

Brioche de Iogurte





Esta é a receita oficial de Brioche cá da casa. Também faço outros, mas este, da saudosa Nanda, enche as medidas sem encher demasiado as calças, já que leva menos quantidade de gordura do que outras receitas, enquanto que o iogurte lhe confere uma leveza ímpar. Antes da minha querida máquina-de-fazer-pão avariar, fazia a massa na máquina e depois cozia-o no forno. Agora faço à mão (ou melhor, na Kitchen Aid), com os mesmos resultados, ie, continuam a marchar 2 fatias de cada vez….


Ingredientes

2 iogurtes naturais
1 ovo + 1 gema para pincelar
1 colher de café de essência de baunilha
100 gr de açúcar
1/2 colher de café sal
500g de farinha sem fermento
50gr de margarina à temperatura ambiente
1 pacote de fermento seco (11 gr)

Preparação

Bater todos os ingredientes na batedeira, com o gancho para massas. Retirar a massa da batedeira com as mãos enfarinhadas e deixar a levedar por 1 hora. Colocar a massa numa forma de bolo inglês previamente untada e enfarinhada e deixar levedar mais 45 minutos a 1 hora. Pincelar o brioche com a gema batida com um pingo de água e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC. Deixar cozer até dourar, cerca de 30 minutos.


Bom Apetite! Bom S. João!
 
    

terça-feira, 22 de Junho de 2010

Pão de Centeio com Sementes de Abóbora




Mais um pão artisan bread. Este é denso mas muito saboroso. Ficámos fãs da combinação da farinha de centeio com as sementes de abóbora!... Qualquer dia abro uma padaria!...


Ingredientes

1 saqueta de fermento de padeiro seco (11 gr)
1 colher de sopa de sal fino
700 ml de água morna
600 gr de farinha de trigo
100 gr de farinha de centeio
100 gr de farelo de trigo
40 gr de gérmen de trigo tostado
80 gr de flocos de aveia
80 gr de sementes de abóbora

Preparação

Num recipiente de plástico com tampa colocar o fermento, o sal e a água morna. Bater com varas de arame. Incorporar as farinhas e as sementes, mexendo com uma colher de pau, do centro para fora, apenas até ligar os ingredientes. Fica uma massa de consistência bastante pegajosa. Tapar o recipiente e deixar levedar por 2 horas. Está pronta a utilizar ou a ser guardada no frigorífico. Moldar os pães, a gosto, amassando-os muito pouco, para não libertarem as bolhas de ar que se tiverem formado no interior. Pré-aquecer o forno a 200ºC por 10 minutos e colocar no fundo do forno um tabuleiro de inox. Colocar os pães numa superfície enfarinhada, polvilhar com farinha e dar uns golpes no pão com uma faca afiada. Levar ao forno. Imediatamente a seguir, deitar sobre o recipiente previamente aquecido uma chávena de chá de água. O vapor criado ajudará a criar uma côdea estaladiça. Cozer no 190ºC por 40 minutos.


Bom Apetite!


segunda-feira, 21 de Junho de 2010

Pão de Banana, Côco e Nozes


Poucos ovos no frigorífico. Bananas a pedir um destino digno. Pão de Banana!... A receita, da Gasparzinha, pedia avelãs, mas eu só tinha nozes. Feita a adaptação aqui está ele: saboroso, diferente e muito aromático!.... A repetir!

Ingredientes

210 gr de farinha para bolos
50 gr de farinha de trigo integral
1 colher chá de sal fino
2 colheres de chá de fermento
100 gr de açúcar
100 gr de margarina
2 ovos
3 bananas maduras esmagadas com um garfo
1 colher chá de essência de baunilha
½ chávena de chá de nozes partidas grosseiramente
50 gr de côco ralado

Preparação
 
Numa taça, misturar os ingredientes secos e reservar. Moer as nozes grossieramente e reservar também. Amaolecer a margarina, juntar os ovos e bater na batedeira. Adicionar a essência de baunilha e as bananas esmagadas e continuar a bater. Fora da batedeira, juntar os ingredientes secos e bater apenas o suficiente para que fiquem misturados. Envolver o côco e as nozes. Deitar a massa numa forma de bolo inglês untada e enfarinhada e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC por 50 minutos.

Bom Apetite!


sexta-feira, 18 de Junho de 2010

Tagliatelli com Cogumelos Selvagens e Rebentos de Soja



Comida de fusão, no sentido em que combina uma "pasta" italiana com os sabores orientais da soja…. Foi um almoço simples de fim-de-semana, totalmente vegetariano e muito saboroso.

Ingredientes (para 2 pessoas)

200 gr de tagliatelli
1 embalagem de cogumelos selvagens congelados
1 cebola
1 lata de rebentos de soja
Azeite, molho de soja, sal, salsa e cebolinho q.b.

Preparação

Cozer a massa em água temperada com um pouco de sal de acordo com as indicações da embalagem e de forma a ficar al dente. Escorrer e reservar um pouco da água da cozedura. Numa frigideira larga aquecer um fio de azeite e saltear a cebola, partida em meias luas finas. Juntar os cogumelos (congelados) e deixar cozinhar por 10 minutos com cerca de uma colher de sopa de molho de soja. Adicionar os rebentos de soja e envolver. Rectificar os temperos, se necessário (o molho de soja é salgado). Juntar a massa reservada e envolver bem. Se necessário juntar um pouco da água de cozedura da massa, para não a deixar secar. Polvilhar com salsa e cebolinho picados, a gosto. Servir imediatamente.

Bom Apetite!

quinta-feira, 17 de Junho de 2010

Torta de Bacalhau



Era uma vez um lombo de bacalhau solitário que morava no frigorífico.... Em três tempos uma fada madrinha transformou-o num belo almoço! Um conto de fadas dos tempos modernos: rápido, saboroso e (sempre) com um final feliz!!! A inspiração veio daqui.

Ingredientes

1 cebola
2 dentes de alho
3 colheres de sopa de azeite
4 colheres de sopa de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
3 dl de leite quente magro
200 gr de bacalhau cozido e limpo de peles e espinhas (usei um lombo grande)
1 colher de chá de sal, pimenta q.b.
1 ramo de salsa
4 ovos separados

Preparação

Desfiar finamente o bacalhau. Aquecer o forno a 180º e forrar uma forma larga e baixa com papel vegetal, barrando-o ligeiramente com azeite. Refogar no azeite a cebola e o alho até cozinhar um pouco. Juntar a farinha, previamente misturada com o fermento, e adicionar o leite sem parar de mexer. Juntar o bacalhau bem desfeito e envolver bem. Fora do lume, temperar com sal, pimenta e salsa picada, a gosto. Juntar as gemas e envolver bem. Bater as claras em castelo e adicioná-las delicadamente. Espalhar uniformemente sobre o tabuleiro. Vai ao forno cerca de 35 minutos. Retirar do forno, desenformar sobre um pano de cozinha e utilizar o pano para enrolar. Servir morna ou fria.


Bom Apetite!


quarta-feira, 16 de Junho de 2010

Cachorros!...


Esta receita não tem nada que saber. Se calhar nem merece o nome de receita…. É um pão com fiambre, queijo e salsicha, enriquecido com um pouco de dijonnaise (uma mistura muito agradável de maionese com mostarda). Mas o pão foi feito por mim (a receita está no post anterior!...) e foi a primeira vez que os meus meninos comeram um cachorro “assim igual aos que aparecem no filme que andou aí do Chovem Almôndegas”…. Para mim, só isso já merece registo!

Ingredientes


4 pães para cachorro
4 fatias de fiambre
4 fatias de queijo
molho dijonnaise
4 salsichas tipo Frankfurt (tamanho médio)

Preparação

Mergulhar as salsichas em água a ferver por 5 minutos. Barrar os pães com o molho dijonnaise. Abrir os pães e colocar em cada um: uma fatia de fiambre, uma fatia de queijo e uma salsicha aberta ao meio. Servir frios ou prensados numa tostadeira.



Bom Apetite!

terça-feira, 15 de Junho de 2010

Pãezinhos Rápidos



Estou de volta à cozinha com uns pãezinhos super saborosos! Foram comidos frescos ao lanche, torrados ao pequeno-almoço, congelados e posteriormente usados nos lanches dos meninos no colégio e ainda como pão de cachorro (que vai aparecer no próximo post!...). Com manteiga, com compota, com manteiga e mel (uma delícia), com queijo, com nutella e até com salsicha e mostarda. Ficaram bem com tudo! Ora bem, pãezinhos rápidos….. de fazer? talvez não tanto… de comer?... com certeza que sim! A receita veio daqui, mas já foi feita pelo menos aqui e ali. Recomendável a fazer num longo e prazeiroso dia de férias...

Ingredientes

500 gr de farinha de trigo
150 ml de leite morno
1 pacote de fermento de padeiro seco (11 gr)
50 gr de açúcar
75 gr de margarina amolecida
2 ovos (reservar 1 das gemas para pincelar)
1/2 colher (chá) de sal fino

Preparação
 
Amolecer a margarina e reservar. Dissolver o fermento no leite morno juntamente com o açúcar e o sal. Esperar 5 minutos. Deitar de seguida a farinha e só depois a margarina e os ovos. Bater na batedeira com o gancho próprio para pão, até obter uma massa homogénea e elástica. Cobrir com um pano e colocar no forno, frio, pondo no fundo do forno uma vasilha rasa de água quente para ajudar a levedar. Esperar 30 minutos a 1 hora. Depois de levedar, sovar de novo a massa com as mãos. Formar uma bola grande e dividir a massa em 12 porções de 80 gr. Tender cada pão, dando-lhe um formato alongado e deixar repousar mais 15 minutos num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal, ligeiramente afastados. Pré-aquecer o forno a 170ºC. Pincelar os pães com gema de ovo e levar ao forno cerca de 20 minutos ou até se apresentarem cozidos.

Bom Apetite!

segunda-feira, 14 de Junho de 2010

Só não vi a pequena Sereia...


... que estava na China, num elogio a essa tão presente globalização. Gosto de viajar. Transportar-me para outras culturas. Abrir horizontes. Estas mini-férias foram passadas por cá mas também pelo Reino da Dinamarca. Gostei. Muito. Das pessoas, dos palácios, dos museus, do design, de anoitecer às 23h, de passear...




Não podia deixar de visitar a casa-museu de Karen Blixen, a escritora dinamarquesa que escreveu o livro "Out of Africa" (uma auto-biografia verdadeiramente cinematográfica) e o conto "A Festa de Babette", que deu o nome a este blog... Um museu pequeno, que visitámos a caminho de um outro verdadeiramente fantástico (Louisiana), num magnífico dia de sol. Intimista mas totalmente revelador da vida e obra desta mulher de uma elegância e inteligência intemporais.




Em Copenhaga o passado e o presente fundem-se perfeitamente, num elogio coerente a um país que evolui. Impressionou-me o número de crianças e jovens: imensos. Sinal de um país saudável, que faz as apostas correctas. Desemprego baixo, um dos mais baixos índices de corrupção do mundo, elevado nível de vida. Um país que me deixa boas recordações!...



quarta-feira, 2 de Junho de 2010

Rocambole Salgado e Uns Dias de Férias



Já não é a primeira vez que refiro que adoro tartes, empadas e empadinhas e outras massas que me obriguem a, literalmente, “pôr a mão na massa”. Para mim é algo prazeiroso e terapêutico! Sabendo disso, a minha amiga AB passou-me uma receita de “rocambole salgado”, trazida por uma tia que esteve há pouco tempo no Brasil, e que é de-li-ci-o-sa!... Fui fiel à receita da massa, mas inovei um pouco no recheio base. A seguir a uma sopa de legumes e acompanhado de uma salada verde foi um óptimo jantar de domingo!

E agora aqui a "Festa" vai entrar nuns merecidos (mas curtos) dias de férias.... A Babette vai arejar uma semanita, mas depois volta, certo? A ver se alguém vai ter saudades....

Ingredientes (Para 2 rocamboles)

Massa

500 gr de farinha
½ chávena de chá de óleo
½ chávena de chá de margarina derretida (coloquei 1 colher de sopa)
1 chávena de chá de leite
2 ovos
1 pacote de fermento de padeiro
Sal q.b.

Recheio
200 gr de queijo mozzarella em fatias
200 gr de fiambre
1 tomate
1 cebola
Orégãos

Preparação

Numa tigela grande, misturar todos os ingredientes com as mãos (que prazer!...). Descansar por 1 hora num local abrigado de correntes de ar. Dividir a massa ao meio e estendê-la com um rolo. Rechear cada metade com queijo mozzarella e fiambre. Dispor sobre cada metade da massa ½ tomate partido em cubos pequenos, ½ cebola partida em cubos e polvilhar com orégãos secos. Formar com cada metade de massa um rolo, enrolando-o como se fosse uma torta. Levar a forno pré-aquecido, no 180ºC, por 20 a 25 minutos.

Bom Apetite!



terça-feira, 1 de Junho de 2010

Bolachas Jurássicas para o Dia da Criança


Os meus filhos são os maiores fãs de dinossauros que eu conheço. Eles é livros de dinossauros, puzzles de dinossauros, réplicas (de vários tamanhos) de dinossauros, roupa de dinossauros, cuecas de dinossauros (!)  e ... moldes de bolachas de dinossauros, claro! Foi uma tarde bem passada com eles na cozinha a (des)ajudar. Lamento, mas não houve tempo para tirar fotos às bolachinhas jurássicas já prontas!... É que uns certos "predadores" trataram delas num ápice!... Estão, portanto, "extintas". Uma sugestão para um momento lúdico e saboroso neste Dia da Criança!

Ingredientes

125 gr de margarina
125 gr de açúcar
250 gr de farinha
1 ovo

Preparação

Amolecer a margarina e misturar com o açúcar. Juntar o ovo previamente batido com um garfo e a farinha. Amassar apenas até formar uma bola. Levar a massa ao frigorífico cerca de 20 min, embrulhada em película aderente, para ser mais fácil trabalhá-la. Na pedra enfarinhada ou por cima de papel vegetal, esticar a massa com o rolo . Cortar como desejar, no caso, em forma de Dinossauros!!! Levar a assar em forno pré-aquecido a 200ºC, cerca de 10 minutos.

Bom Apetite!